segunda-feira, 22 de outubro de 2012

103. Esse seu Deus é incoerente.

Eu, Oscar Maroni, RG 4688247, Brasileiro, estou começando a sentir vontade de voltar a me comunicar neste blog. Estou com vontade de voltar a falar de Deus.

Eu acho que esse Deus que existe por ai, que cobram 10% de dizimo em nome dele, que tem representantes pedófilos, que deixa com que os pastores explorem pessoas que não tem o que dar de comer para os filhos, que permite tanta injustiça e não faz nada e que lá de cima ou lá de baixo só quer saber de ser elogiado pelos homens, acho que esse Deus não existe. É uma farsa. E se ele existe é um grande covarde porque não interfere nas injustiças, nas covardias, nas mediocridades dos homens. Ele só quer elogios, “pai nosso que estais no céu, santificado seja o vosso nome...”

Esse Deus não existe. O meu Deus, é simples, é humilde .

O meu Deus é o meu próximo com alegria e uma lágrima na face, o meu Deus é o desejo pela mulher amada, é o amor pelas crianças e pelos idosos, é perdoar, é abraçar o inimigo e ficar com os olhos cheios de lagrima, pela emoção nobre de estar perdoando. O meu Deus ama tanto a liberdade que me deu o livre arbítrio de questionar se ele existe. O meu Deus me deu o direito de refletir sem impor regras ou normas, me deu a liberdade de escrever esses questionamentos que aqui escrevo. O meu Deus é ver beleza até mesmo na mediocridade dos medíocres e saber que os medíocres poderão, através da reflexão baseada na liberdade, tornarem-se altivos . O meu Deus colocou dentro de mim a força do tesão que ao enfiar o meu cacete na vagina da minha mulher e ficar socando e olhando em seus olhos, bebendo o beijo de sua boca, explodo de prazer, nessa mistura de tesão e um imenso amor, eu senti Deus olhando para nós transando. E no momento em que explodi dentro da minha amada, lançando minha porra quente, poderia ter feito um novo ser.

Esse texto reflete, sem hipocrisias ou falsidades, como estou me sentindo neste momento.

Me aguardem.

Estou voltando.

Eu que nasci do amor entre Deus e o Diabo pergunto:

O que esse Deus medíocre fazia, e de quem ele enchia o saco com seus moralismo e regras hipócritas, antes de inventar o universo?

Se com esse texto eu te choquei, te deixei perplexo com a sinceridade dessas palavras que são reflexões de um homem que pensa com liberdade, alcancei meu objetivo, pois acho que no mínimo, você que esta lendo, ira pensar ao menos um pouquinho sobre Deus. O meu mérito é gerar duvidas, inseguranças e reflexões.

“Eu carrego minha loucura como um facho arder na noite escura”

Estou só me aquecendo!

Abraços,

Oscar Maroni.

27 comentários:

Nietzsche está vivo disse...

A melhor coisa que eu posso pensar sobre Deus é que Ele não existe.
(Se existir é bem filho da puta)

Anônimo disse...

texto de filosofia de boteco, quem disse que tem que ter um Deus mesmo que seja este seu que é igual ao de todas meninas bicho grilo que tem preguiça de ir a cultos seja la qual seja. DEUS NÃO EXISTE

Anônimo disse...

Se Deus inventou o Mundo, quem inventou Deus???

Rixardi Dauquins disse...

Deus é um delírio! Ôhhhh, se é!...

Anônimo disse...

Moronão, surpreendeu caro amigo!
Pensei que nunca mais voltaria a postar por aqui!
Bem vindo ao mundo virtual !

Anônimo disse...

Não posso imaginar Oscar Maroni abraçando seu inimigo, Gilberto Kassab, em um gesto de perdão!
Isso é politica e na politica não tem perdão...só na novela.

Oi Oi Oi
ASS: Carmem Lucia

Anônimo disse...

Ta, mas e o Bahamas?

ABRE OU NÃO ABRE?

Por Uma São Paulo Mais Justa, Queremos Mais Putarias


Anônimo disse...

Boa Noite,
Sr. Oscar Maroni Filho, li a materia da SEXY e vi a putaria que esta acontecendo na sua vida empresarial. Mas de puria o Sr entende bem!
Torço p que ganhe o direito de reabrir sua casa noturna, mas como ainda consegue fazer sexo depois de ja ter comido 2000 ou mais mulheres?
Dessa parte eu ja duvido!
Boa Sorte!

Anônimo disse...

Não acredito em deus, mas na hora do desespero, sem saída, já apelei por ele, acho que a tendência do ser humano é essa, buscar forças fora de si, e acima de tudo não tenho fé em nenhum deus, mas em mim mesma.
Maroni, sou louca por vc, adoraria ser sua escrava, pra vc eu seria uma puta, mas daria de graça!

Gaby

Chicão de Amsterdã disse...

Ah ah ah... Joga pedra na Gaby...

Anônimo disse...

Krishnamurti: Como sabeis, senhor, que eu encontrei Deus? Não riais, senhores. Esta pergunta é muito séria. Senhor, Deus pode ser conhecido? Deus pode ser achado? Prestai atenção, por favor. Deus é uma coisa que anda perdida e que temos de achar? Pode-se reconhecer aquela Realidade, aquele Deus? Se podeis reconhecê-la, então já tendes conhecimento dela; e se já tendes conhecimento dela, não é coisa nova. Se sois capaz de conhecer (experience) Deus, a Verdade, essa experiência é gerada pelo passado, e por conseguinte já não é a verdade e, sim, meramente, uma “projeção” da memória. A mente é produto do passado, do conhecimento, da experiência, do tempo; a mente pode criar Deus; ela pode dizer: “sei que isto é Deus”, “sei que tive a experiência de Deus”, “sei que há Deus, a voz de Deus me fala”. Mas isso é só memória, - a antiga reação do vosso condicionamento. A mente pode inventar Deus e pode experimentar Deus. A mente que é resultado do conhecido pode “projetar-se” e criar toda a sorte de imagens e visões; tudo isso, porém, se acha na esfera do conhecido. Deus não pode ser conhecido. Ele é totalmente desconhecido. Não pode ser “experimentado”. Se quando não há “experimentador” e não há “experiência”, só então pode a Realidade aparecer. É só quando a mente se acha no “estado do desconhecido” que pode surgir o desconhecido. Só depois de se apagar toda experiência, todo conhecimento, está a mente verdadeiramente tranqüila, silenciosa, e nessa tranqüilidade, que é imensurável, nessa tranqüilidade, nasce Aquilo que não tem nome.
14 de fevereiro de 1954

Nemesis disse...

Um tanto interessante este posicionamento.
Por segundos ao ler este texto pude perceber uma pessoa convicta no que escrevia, presente e até sincera. Não que isso seja um crime, mas nos dias de hoje as pessoas escreve por pura atenção... afinal, porque estaríamos escrevendo aqui neste exato instante?
Mais impressionante, digo, tão impressionante quanto a sua habilidade de expressar-se é a convicção que tens de falar de um Deus diferente. Novamente falo da sinceridade e capacidade de enxergar um Deus diferente, que me deixou um tanto perplexo dado o ambiente que te rodeia, caro Maroni. Digo ainda que fiquei chateado ao ver no final do texto referências que parecem ir contra aquilo que estudastes tanto tempo, ou, por pura ignorância minha, achar que o que estudastes realmente se refere a Deus em algum instante sequer.
Estarei atento a seus posts.

Nemesis b.

Anônimo disse...

Fala um pouco sobre Catarina, a jovem que vendeu a virgindade!
É verdade que ela te procurou?

Davi disse...

Salve Maroni. És um cara inteligente em um país mediano. Fora daqui vc seria no mínimo, uma lenda.

Anônimo disse...

além de ser ridículo, deve ser BROXA! só fala merda, nem mesmo mulher burra deve aguentar um bicho desse! kkkk

Anônimo disse...

piada

A MERDA CONTINUA

Anônimo disse...

Esse ser não tem alma! Queimando o filma até da coitada que queria vender a virgindade! Merece viver muito para pagar pelo prejuízo a vida alheia.
Infeliz

Velomark disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Velomark disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Velomark disse...

http://www.youtube.com/watch?v=yfP8wKMcNDs

Anônimo disse...

A porta que Deus Abre, ninguem fecha
A porta que Deus fecha, ninguém abre!

Lelê disse...

Nossa, que texto ousado, vc é muito moderno pra sua idade!
Queria fotos atualizadas do seu pênis pra ver se ainda ta igual rs

Anônimo disse...

Rs rs rs... Essa aí é 'Lelé da Cuca'...

Anônimo disse...

Qual seu telefone, vadia?

Anônimo disse...

Maroni! para de delirar e fale um pouco do resultado das eleições em São Paulo! Tá feliz em meu véio! viu a cara de pastel do Kassab?

Anônimo disse...

a questão é o seguinte meu caro,o deus do antigo testamento;da lei,do dízimo,das falcatruas,das vingança,muitos dizem que seu nome é javé,jeová,eu sou...bom sei lá qual seu nome,não é o mesmo deus do novo testamento que o messias anunciou,pois o deus do antigo testamento condenava,e o do novo testamento não condena,o messias anunciou a verdade,ou seja amar o inímigo,ser manso e humilde,ser caridoso,anunciou a verdade pois antes tinha a mentira,ou odiar o inimigo,sacrificar animais,sem misericórdia,o próprio messias deu o exemplo de como era o pai verdadeiro,e o que vizeram,o mataram.Resumindo o homem prefere acreditar mesmo que ele não acredite em um deus desgraçado como o deus de moisés,do que em um pai de perdão e amor,que o messias revelou,isso tudo tem respaldo bíblico,mas não farei como manda a tradição em falar capítulos e vercículos,pois isto disvertua o pensamento.

Patrícia Medeiros Vargas disse...

A CULTURITA (Associação de Artistas de Itaperuna-RJ) admira seu posicionamento perante a HIPOCRISIA e por isso resolveu homenageá-lo.Gostariamos que conhecesse a música e o vídeo que segue.
Abraço!

http://www.youtube.com/watch?v=fPrpyRC-JqA

Postar um comentário