quinta-feira, 21 de outubro de 2010

82. “Considero este o texto mais importante deste blog, pelo amor que eu tenho por esse solo chamado Pátria Brasil”

 

lula 45

 

Usuários deste blog:

Estou agora aqui, escrevendo o que eu considero o texto mais importante do nosso blog.

Já falei do Bahamas. Do Oscar´s Hotel. De justiça e injustiça. De perseguição e se Deus existe.

Já coloquei neste blog o meu pau duro e mole e meio azulado. Mas por uma causa justa.

Já coloquei eu trepando e falo constantemente de liberdade, principalmente liberdade de pensamento. Poder dizer que 2+2 é 5.

Mas agora eu quero falar da minha Pátria.

Pátria pra mim é o local que você ama, que você vive com seus familiares, que você cresce, que você ganha o seu pão, que você respeita e é respeitado, que as leis são compridas e principalmente que justiça é o que governa. Caso contrário, estamos na barbárie.

Bem, fui um Petista de carteirinha. Quarenta anos atrás eu era um homem de esquerda, andava com Che Guevara embaixo do braço.

Assisti a formação do PT, quase fui pra Cuba fazer curso de guerrilha. Fui perseguido por militares na Rua Sete de Abril, e num ato romântico de estudante jogava bolinha de gude nas patas dos cavalos. Achava que poderia mudar o mundo pela força, pelo protesto, pela agressão.

Eu era mais um desses jovens românticos de esquerda influenciado por Che Guevara, Mao Tse Tung, Lennin e por ai a fora.

Hoje questiono se nossos militares tivessem cruzados os braços e deixados os movimentos de esquerda que vinham de Cuba dominar nosso País, em que condições estaríamos hoje?

Uma Cuba falida? Uma URSS retalhada? Uma China se adaptando as condições do capitalismo? Ou estaríamos em um verdadeiro caos?

Considerando as dimensões continentais que temos e as nossas liberdades fundamentais, como estaríamos?

Usando uniformes iguais ao de Mao TSE Tung? Vivendo sem liberdade nenhuma de expressão?

Bem, chega, acho que o exemplo já vale. Não estou falando aqui do PT que ainda temos coisas muito boas dentro desse partido, mas de uma forma geral considero que precisamos de renovação e de mudanças de tempo em tempo.

Em psicologia fundamental existe um termo que chamasse controle contra controle. Tem de existir sempre o peso do equilíbrio e contestação ao questionamento, a reflexão, a mudança.

Pra ser sincero no começo da campanha teria até votado na Dilma, mas depois de tantos escândalos, desrespeito com o dinheiro público, falta de respeito com os cargos, a máquina publica sendo utilizada em benefícios de um grupo, propostas absurdas de invasões de terra e repressões aos órgãos de comunicação.

Senhores uma ala de extrema do PT me fez desacreditar das propostas e do que era o PT que eu amei e que carrego até hoje no bolso a carteirinha.

Desculpe-me os companheiros, mas entre partidos e ideologias políticas, prefiro a minha Pátria. E ao analisarmos o passado de uma Dilma e um Serra, tenho algumas duvidas quanto alguns elementos do PSDB, mas a liderança do Serra poderá minimizar esses elementos que são uma minoria, mas que se acham dono do Poder.

Não quero aqui entrar em detalhes, o nosso País esta precisando de uma renovação e como eu digo que quem descobriu o Brasil não foi o Lula e sim Pedro Álvares Cabral. O Senhor Lula que eu admiro muito e cheguei a chorar ao assistir o seu filme. Eu me aparto do sistema, o Brasil é maior que posições partidárias. Quero a renovação.

Bem, como vocês sabem não sou homem de ficar em cima do muro, não tenho medo de minhas reações e minhas atitudes e quem acompanha esse blog sabe da minha história.

Peço que vocês reflitam nesse momento tão sagrado.

“O momento de apertar a tecla verde do futuro Presidente”

Leitores deste Blog espero que o texto acima influencie um pouco a sua decisão de voto, e se você optou por Serra vamos juntos nessa corrente, mande 6 emails para 6 conhecidos que estiverem na duvida e tirem 6 cópias desse material e peça para mais 6 amigos tirarem mais 6, e assim criamos uma corrente progressiva. Façamos a nossa parte.

Oscar Maroni

RG 4.688

Brasileiro com muito orgulho.

51 comentários:

Anônimo disse...

Sr. Maroni,

Creio que o senhor não levou em conta, nas suas considerações, as obras do PAC.
Os brasileiros e as brasileiras já sabem que é possível seguir a trilha do crescimento experimentado nos últimos anos, preservando
os avanços obtidos no período. Já sabem o que precisa ser feito e como fazer. Agora, vão saber que é possível fazer mais, porque o Brasil
aprendeu a crescer e vai continuar crescendo.
O Governo Federal apresentou, há cerca de dois meses, ao País, a segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento - PAC 2. O PAC é o maior projeto estratégico já feito no Brasil e está mudando o jeito de planejar e executar os investimentos.
Assim como na primeira etapa do Programa, o principal objetivo é aumentar o ritmo da economia, combinando esse aumento com geração de empregos, distribuição de renda e inclusão social.
Hoje, o Brasil conhece o caminho que leva ao futuro. Um percurso que começa pelo planejamento de longo prazo, passa pela execução dos investimentose se completa no desenvolvimento do País e na vida das pessoas, com a geração de emprego, moradia, saúde e outras conquistas.
“Agora é chegado o momento de ousar para crescer ainda mais. Crescer de forma sustentável e acelerada, uma vez que a economia
brasileira tem grande potencial de expansão. Tal desenvolvimento econômico deve beneficiar a todos os brasileiros e brasileiras. Nesse
sentido, o desafio da política econômica em 2007-2010 é aproveitar o momento histórico favorável e estimular o crescimento do PIB e do
emprego, intensificando ainda mais a inclusão social e a melhora na distribuição de renda do País.”
Trecho do texto de apresentação do caderno de lançamento do Programa de Aceleração do Crescimento-PAC, de 22 de janeiro
de 2007 Há sete anos, o País estava endividado e sem capacidade de investir. Foi
preciso trabalhar muito para mudar aquela situação. Em 2007, amparado por uma situação fiscal robusta, o País voltou a olhar para frente.

Dalmo Cotrim

Anônimo disse...

PAC II

A estratégia do PAC, de incentivar o investimento privado e público na recuperação e na construção da infraestrutura para alavancar o crescimento do País e, junto com isso, gerar empregos e distribuir a renda, vem mostrando resultados concretos.
De 2006 a 2009, a participação do investimento total no PIB passou de 16,4% para 18,7%. Já a parcela do investimento público – Orçamento Geral da União e estatais – no PIB quase duplicou, subindo de 1,6% para 2,9% nesse período. De janeiro de 2007 a fevereiro de 2010, foram criados 5,67 milhões de empregos formais no País. Em setores ligados às obras do PAC, a geração de postos de trabalho ficou acima da média nacional. Na construção rodoviária e ferroviária, o crescimento foi seis vezes maior que a média e nas obras de saneamento, cinco vezes maior.
Importantes empreendimentos, paralisados há anos, foram retomados. Obras estruturantes se iniciaram e áreas abandonadas receberam prioridade. A indústria naval é um bom exemplo. Ressurgiu das cinzas e hoje é a sexta maior do mundo.
Com o PAC, o Governo não pretende fazer tudo sozinho, nem quer que o mercado resolva todos os problemas. O Programa respeita o Pacto Federativo e estabeleceu diálogo com Estados e Municípios para selecionar projetos que hoje se materializam. No setor de Habitação, 1.800 contratos foram assinados e 1,7 milhão de famílias beneficiadas. No Saneamento, os 1.291
empreendimentos contratados levarão água potável a 5,6 milhões de famílias, esgoto sanitário a 5,1 milhões e obras de drenagem a 1,4 milhão de famílias.
A parceria entre o Governo e o setor privado produziu avanços na política de crédito, nas concessões e na contratação de serviços. As desonerações tributárias decorrentes de medidas do PAC totalizaram R$ 42 bilhões entre 2007
e 2009, com previsão de mais R$ 24,1 bilhões em 2010. O sistema tributário foi aperfeiçoado, com o aumento do prazo de recolhimento de contribuições sociais, a nota fiscal eletrônica e a criação da Receita Federal do Brasil.

Dalmo Cotrim

Anônimo disse...

PAC III

O BNDES bateu recordes históricos em financiamentos. Elevou em 129% a aprovação de créditos e em 167% os desembolsos, entre 2006 e 2009.
Na área de infraestrutura, entre 2007 e 2009 as liberações subiram 84%, enquanto no financiamento das obras do PAC, incluindo as da Petrobras, a elevação foi de 468% no período.

Além de melhorar o ambiente de investimento e de garantir as obras necessárias ao País, o PAC tem sido um exercício permanente de coordenação
entre os órgãos públicos e de modernização da gestão pública.
O PAC introduziu um método inovador de monitoramento, disseminou a cultura de priorização, responsabilização e de transparência das informações.
Medidas adotadas pelo Governo no âmbito do Programa estão ajudando a remover obstáculos ao crescimento. As obras do PAC passaram à categoria de transferências obrigatórias, facilitando o repasse de recursos para Estados e
Municípios. O Ibama simplificou procedimentos e agora trabalha com prazos para concluir o licenciamento dos projetos, sem abrir mão dos cuidados ambientais. Um grupo especial da AGU acompanha os processos judiciais
relacionados ao Programa. Técnicos do Governo monitoram a análise dos projetos pelo TCU para equacionar questionamentos.
O PAC também ajudou o País a enfrentar a crise internacional de 2008/2009. Enquanto outros países tiveram de mobilizar investimentos públicos para gerar empregos, o Brasil já estava com as obras planejadas em andamento.
Com o PAC, os programas sociais e o consumo das famílias, que sustentaram o mercado interno, o País demorou mais a sentir os efeitos da recessão mundial, sofreu menos com eles e foi um dos primeiros a voltar a crescer.
“É óbvio que um Governo responde pelo presente, mas ele responde também pelo futuro. Por isso, além dos projetos realizados neste período, a preocupação do Governo é legar projetos para os próximos governos. Nós iremos fazer também um grande esforço no sentido de deixar na prateleira um portfólio de projetos para os futuros governantes do País.” Lançamento do Programa de Aceleração do Crescimento-PAC, no
Palácio do Planalto

Dalmo Cotrim

Anônimo disse...

PAC IV

Outra iniciativa importante no PAC 2 são as medidas de promoção da eficiência energética, que tem como objetivo a economia de energia, a redução da emissão de gases de efeito estufa e dos custos para os consumidores.
Nos próximos anos, a Petrobras seguirá realizando pesquisas exploratórias, perfurando
poços e construindo plataformas para exploração das reservas do Pré-Sal. Também vai estruturar a cadeia produtiva da indústria do petróleo – indústrias naval, mecânica, metalúrgica, siderúrgica, química e de engenharia de precisão, entre outras.
O Brasil, que já é um dos países com a matriz energética mais limpa, quer consolidar esta posição mundial com investimentos em agroenergia, que utiliza fontes renováveis e de baixa emissão de carbono, como os biocombustíveis e o etanol. O PAC 2 incluiu também investimentos para aumentar a produção
nacional de fertilizantes e, assim, diminuir a dependência externa desse insumo e reduzir o custo da produção agrícola.
Uma das contribuições do PAC ao País é a qualificação da gestão pública. Para
continuar avançando também nesse aspecto, a segunda fase do Programa vai reforçar as áreas de formulação de projetos do Governo Federal e construir uma rede de assistência técnica, especialmente para pequenos municípios.
Além disso, vai trabalhar para aprimorar os marcos regulatórios setoriais.
Ainda em 2010, o Governo vai incluir os projetos do PAC 2 no Plano Plurianual
de Investimentos-PPA e no Orçamento da União para o próximo ano. Assim, o próximo Governo terá melhores condições para executar os projetos no início do mandato.
Os meses restantes de 2010 também serão fundamentais na preparação de parte das ações do Programa, como a seleção de propostas dos Estados e Municípios para habitação, saneamento, mobilidade urbana, pavimentação
e equipamentos sociais e urbanos, que ocorrerá entre abril e junho.
O PAC é planejamento e investimento que geram desenvolvimento. Convidamos
todos para seguir nesse caminho, porque o Brasil vai continuar crescendo.

Dalmo Cotrim

Anônimo disse...

Maronão, vê se não sai do assunto e diz, afinal, por que apoiar o Serra. Porque ele não é comunista? Ora, nem o Lula. Nem o Zé Dirceu, nem a pobre Dilma.
Socialista neste país só a Luiza Helena e o Plínio de Arruda Sampaio, quando ele não está almoçando no Rascal.
Quando você reabrir o Bahamas, doa uma parte dos lucros para entidades da sociedade civil, uma forma bem honesta de você provar que ama o Brasil.

Observador Político

Anônimo disse...

Depois de tanta autopromoção, fico com vontade de atirar um rolo de adesivo na cabeça do Maroni.

Roberto BOLA disse...

Fala Maroni
Eu sou o japonês do Mc Donalds, anote meu email ai bigbrotheraldeia@hotmail.com
Conte comigo!
Abração meu velho!

Erly Junior disse...

Hoje LULA teve aqui no Sul do RS e inaugurou o maior estaleiro do atlântico Sul (o estaleiro Rio Grande). Tal projeto só foi possível ser feito porque LULA implantou-o na base da "cara e coragem", frustando os projetos de FHC de fazer cascos de plataforma em Cingapura onde homens sobem em andaimes de banbú e recebem miséria. Acredito que a disputa está nesses dois modelos LULA X FHC. Um forte abraço a todos.

Anônimo disse...

Concordo com o companheiro Erly: a questão está na opção por um modelo político. O da paralisia, própria do segundo mandato de FHC, ou do modelo sustentável, lúcido e transformador de Lula.

Dalmo Cotrim

Anônimo disse...

Parte I...
Quase emocionante esse "manifesto pró Lula" do sr Dalmo.
Me faz lembrar de uma fábula publicada em 1945, escrita por Eric Arthur Blair, popularmente conhecido por George Orwel .Ele viveu numa época de revoluções (principalmente a Revolução Russa de 1917 e a Guerra Civil Espanhola, mas também a Revolução Mexicana e as duas Grandes Guerras Mundiais)."A Revolução dos Bichos" é uma dura crítica ao fim levado pela Revolução Russa de 1917, à sua burocratização e sua transformação em ditadura. Não é um ataque ao socialismo em si, mas sim ao totalitarismo e a todas as revoluções que terminam com uma nova elite tomando o poder, que acabam sem o povo soberano, sem ser estabelecida a igualdade entre todos.
A revolução dos bichos da granja começa com o esperto porco chamado Napoleão Lula da Silva e seu discursinho ensaiado. Animais explorados pelos homens! Devemos chegar ao poder! Todos os bichos são iguais e devem receber justamente pelo seu trabalho! Greve! Revolução!
Cintia

Anônimo disse...

parte II...E os porcos chegaram ao poder e são agraciados com privilégios.
As reuniões de domingo são proibidas e a canção “Bichos da Inglaterra” é censurada. Os bichos trabalham mais e não são reconhecidos por seus esforços. Todas as condecorações são dadas ao líder.
O burro Benjamim que aprendeu a ler, apesar de ter preferido o silêncio durante todo o período, tenta alertar os demais animais, mas é tarde...
Os animais escravizados ganham alento nas palavras do corvo Moisés que garante que, finda esta vida de sofrimentos “o lugar feliz onde nós, pobres animais, descansaremos para sempre desta nossa vida de trabalho”e a religião arrebanha algumas “ovelhas”.
A dedicação do cavalo Sansão é assustadora, abdica da própria saúde em prol do ideal. Depois de alguns dias é vencido pela fragilidade da avançada idade e do pulmão debilitado... Os porcos simulam uma internação num grande hospital, mas entregam o velho cavalo ao matadouro. Os direitos do trabalhador e do aposentado se encerram na indiferença dos poderosos.
As ovelhas dizem:" Nossa granja está melhor Graças ao Camarada Napoleão!Não sabemos ler corretamente, mas, de acordo com o Camarada Napoleão, as coisas estão bem melhores do que antes. Garganta, todos os meses, anuncia os números que indicam a prosperidade da granja. Os índices positivos se superam mês após mês. Eu, que sou dos bichos menores, não entendo bem a discrepância entre os números e a realidade que vejo ao caminhar pela granja. Mas, se o Camarada Napoleão diz que as coisas vão bem, então é porque vão bem. O Camarada Napoleão tem sempre razão. Apesar de tudo, vez por outra alguém insiste em tentar difamar o Camarada Napoleão. Outro dia, por exemplo, uns papagaios tagarelas andaram falando, maldosamente, que o Camarada Napoleão vinha ingerindo bebida alcoólica e tentava ocultar algumas coisas dos demais bichos da granja. Imediatamente, alguns cães muito zelosos da moral do Camarada, ameaçaram decepar as línguas dos papagaios e as coisas até se acalmaram um pouco.
Cintia

Anônimo disse...

parte III...Até que só restou um único mandamento e mesmo assim adulterado: “Todos os animais são iguais, mas alguns animais são mais iguais que outros”. Depois disto nada mais se estranhava.
No final genial os porcos vão cada vez mais se assemelhando aos homens ( antigos opressores).
“As criaturas de fora olhavam de um porco para um homem, de um homem para um porco e de um porco para um homem outra vez; mas já era impossível distinguir quem era homem, quem era porco.”
FIM...
Cintia

Anônimo disse...

O operário que não virou presidente...
http://www.youtube.com/watch?v=zT4JjTzgdyA

Vale a pena ver...
Cintia

Anônimo disse...

Gabriel o pensador e a revolução dos bichos..

http://www.youtube.com/watch?v=sCgSv6fSizE

Cintia

Anônimo disse...

A Sra. Cíntia parece contentar-se em parafrasear a conhecida fábula orwelliana, como se esta por si só permitisse entrever com clareza suas intenções. Seria mesmo o caso, lembrando-se de outras referências literárias, de dizer que a moral que subjaz ao seu esforço de trazer à luz a alegoria do escritor inglês, é a mesma de quem baba babel, mas não faz o leitor provar nem sal nem mel.
As juvenilidades auri-verdes da sra. Cíntia, por outro lado, talvez valham como exercício de pensamento engajado num momento em que o achincalhe gratuito e truculento é a nota dominante.

Dalmo Cotrim

Anônimo disse...

Milhões de hectares de "amazônia" vendidos a particulares...colocar gente que mal sabe ler em universidades... censura, SIM, censura...controle, poder e muita propaganda mentirosa... escândalo atrás de escândalo...omissão... CPIs que a nada levam...impunidade...
Lula é picareta e já garantiu enormes privilégios a ele e família, via Decreto, que ninguém viu, para depois do mandato. E aquele filho, zelador do zoo que ficou milionário? Quanta imundície... Lula e sua gangue de ex operários são PORCOS corruptos.

Cintia

Anônimo disse...

E só para o sr saber, não, eu não me contento com isso, acredite....

Cintia

Anônimo disse...

...

Anônimo disse...

"Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis. Porventura, colhem-se uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos? Assim, toda árvore boa produz bons frutos, e toda árvore má produz frutos maus. Não pode a árvore boa dar maus frutos, nem a árvore má dar frutos bons. Toda árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo. Portanto, pelos seus frutos os conhecereis".
Mateus 7:15-20

"E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre."
Apocalipse 19:20

Incapaz de um voto de castidade, de um voto em favor da lhaneza e da moral, de um voto em favor da pureza de espírito e das obras pias, eis que de novo o pactário de pé fendido lança-se sobre o povo aquietado em seus lares, doravante, em busca de um outro voto. Ó quanto falsa pletora, quanta iniquidade, quanta malévola intenção e pressuroso ludibrio em cingir a alma dos símplices com a promessa da Terra Prometida, germinada do voto das laboriosas mãos.
Não se sujeiteis, queridos irmãos, às artimanhas do pactário, o qual, já na primeira aurora, com o dedo em riste, apontará o caminho do falso gasofilácio, a fenda enganosa e inebriante, a boca devoradora da pecúnia dos pobres e dos humildes e de qual serventia valeu-se o pactário para juntar tesouros na terra, mas nenhum, eis sua miséria, no Céu.

Adamastor Pastorinho, PhD

Anônimo disse...

Pronto! Li o que eu queria ler. Dou-me por satisfeito.

Anônimo disse...

Depois dos comentários do 'Trimco do mal'! rs rs rs...

Anônimo disse...

Embora, a minha grande paixão política( Sen. Francisco Dornelles) esteja apoiando a Dilma, eu desisti de votar nela por causa da escolha do vice Michel Temer.
Eu vou votar no Serra, a propaganda negativa feita no nome dele pelo PT voltou mais ainda o meu coração para ele.
Vou votar no Serra mesmo carregando no coração o peso de estar traindo a minha paixão.
Ai,ai,ai...

www.adonadosenadofederal.blogspot.com

Anna Flávia Schmitt, Rodeio,S.C.

Anônimo disse...

alguém tá querendo colocar no gasofilácio do Maroni

Anônimo disse...

Não haverei de me deslembrar de me corrigir, sobre a escritura desta manhã, tanta é a curiosidade em torno da palavra "gazofilácio", assim, com "z", grafada de modo escorreito, e relacionada à faina obsedante do pactário em busca de votos. Não vos sujeiteis, irmãos meus.

Adamastor Pastorinho, PhD

Anônimo disse...

agora o direito de resposta é do Theo:

Anônimo disse...

Theo,

Quer morar em Rodeio? Acabou de cair o ultra-leve que fazia propaganda do Vila Country que será inaugurado no dia 6 de novembro.


www.adonadosenadofederal.blogspot.com

Anna Flávia Schmitt, Rodeio,S.C.

Anônimo disse...

Sra. Cíntia,

Não endosse, da forma mais acrítica possível, o que os donos da grande imprensa ensinaram a senhora repetir. Pelo que parece, a senhora é jovem e seu coração de estudante, um tanto puro, um tanto naif, não a ajuda a vislumbrar as engrenagens da mídia. Assista a este vídeo e "veja" como se deformam as palavras de pessoas que dedicaram a vida pela salvaguarda da liberdade: http://www.youtube.com/watch?v=v9gu81t16sQ&feature=player_embedded#!

Dalmo Cotrim

Théo Becker disse...

eu tenho cara de boi ou vaca pra morar em rodeio
FALA SERIO
SOU MAIS EU

Théo Becker disse...

tem mais se ja caiu o ultra-leve ai e certeza que ai e energia ruim
voce anna e uma energia ruim não tenho culpa de sentir uma ENERGIA NEGATIVA COM VOCE ANNA
MA DESCULPE

....amo voce Andressa

anônimo38 disse...

Não acho muito inteligente nem honesto fazer discursinho pró-"renovação" e acabar votando em José Serra, um fiel representante de um passado que todos queremos esquecer: um passado de ineficiência administrativa, incompetencia e corrupção...
Maroni, acho melhor você votar pelo retorno da familia real brasileira e da monarquia, assim você poderia viver sob uma forma de governo mais condizente com seu ramo de negócios e sua postura ética confusa e contraditória.

Anônimo disse...

Maronão no império? um.... até que não seria mal negócio. Seria o GRIGORI RASPUDIM (com pelo ao menos 20cm a menos,ksksksksksksksk)

Anônimo disse...

RASPUTIM, digo. ksksksksksk

Anônimo disse...

Balalaika! Até essa risada aí saiu em russo...

Anônimo disse...

AGORA ESTÃO QUERENDO INDICIAR A ANNA PELA QUEDA DO ULTRALEVE?

Ivanzinho, o quase terrível disse...

Acabei de receber uma ligação da Rússia. Mas foi um trotski dizendo que era o primeiro-ministro russo Boris Karloff Yeltsin (um terror) querendo falar com Serguei Orloff. Eu disse que se ele quisesse mesmo Serguei, ligasse para a o Kremelin. Ele disse que o Kremlin não compensa, e eu, por fim, mandei ele se ocupar mais cuidando de sua vida, da perestroikazinha de sua pátria-mãe e a de sua própria mãe... Ele Vlaidormir putin, putin, putin com essa!

Ivanzinho, o quase terrível disse...

Acabei de receber uma ligação da Rússia. Mas foi um trotski dizendo que era o primeiro-ministro russo Boris Karloff Yeltsin (um terror) que queria falar com Serguei Orloff. Eu disse que se ele quisesse mesmo Serguei, ligasse para a o Kremelin. Ele disse que o Kremlin não compensa, e eu, por fim, mandei ele se ocupar mais cuidando de sua vida, da perestroikazinha de sua pátria-mãe e a de sua própria mãe... Ele Vlaidormir putin, putin, putin com essa!

Anônimo disse...

Vodka, vodlá, vou fazendo minhas piadinhas e postando meus trocaralhos do cadilhos infames.... Tá russo o negócio...

Anônimo disse...

Vodka, vodlá, vou fazendo minhas piadinhas e postando meus trocaralhos do cadilhos infames.... Tá russo o negócio...

Décio Porrette disse...

Conheço uma frase que diz mais ou menos assim:
O que um político diz de si mesmo é mentira (pois ele sempre enaltece a si próprio), mas o que ele diz do outro é verdade (porque ele põe à tona os podres do adversário).
Sei que para votar, de uma forma útil e consciente, eu deveria estudar Economia, para avaliar as propostas dos candidatos, no que diz respeito à gestão dos gastos públicos; Administração, para avaliar se suas idéias condizem com uma gerencia eficiente da máquina estatal; Sociologia e História, para avaliar se as políticas públicas dos que pleiteiam ocupar cargos no alto escalão do governo realmente beneficiarão nossa sociedade e não incorrerão nos mesmos erros do passado. Porém, o que eu mais precisaria estudar é Psicologia, para não me deixar enganar pelas promessas mentirosas que os candidatos filhos da puta sempre fazem...

Anônimo disse...

Carambolas1... E olha que hoje, de madrugada, eu já comi uma puta... E ainda tô doidão.

Dalmo Dalarico disse...

Maroni, sei que você não sabe Direito das Coisas (e dos Deveres), mas talvez possa me responder:
Se eu transar com uma garota de programa e pagá-la com um cheque sem fundo, eu cometo o crime de ‘lesa-puta’?
E se uma puta, na hora em que o cliente mostrar-lhe a ‘pistola’, pegar uma arma de fogo em sua bolsinha (ou bolseta) e der um tiro fatal no cliente, isso caracteriza uma ‘defesa putativa? (Ou seria putaativa???)

Dalmo Dalarico disse...

Maroni, sei que você não sabe Direito das Coisas (e dos Deveres), mas talvez possa me responder:
Se eu transar com uma garota de programa e pagá-la com um cheque sem fundo, eu cometo o crime de ‘lesa-puta’?
E se uma puta, na hora em que o cliente mostrar-lhe a ‘pistola’, pegar uma arma de fogo em sua bolsinha (ou bolseta) e der um tiro fatal no sujeito, isso caracteriza uma ‘defesa putativa? (Ou seria putaativa???)

Anônimo disse...

esse aí de cima se superou, e com éco.....

Théo Becker disse...

sou fan desse cara ai de cima
achava que eu ou o idiota do FÁBIO VALIM fosse melhores
estavamos enganados

Anônimo disse...

VOCÊ QUIS DIZER "EU E EU MESMO"

Anônimo disse...

"Eu, eu mesmo e Irene'

Anônimo disse...

maroni, uma dica: nunca faça coisas como essa deste post. tudo que parecer autopromoção, as pessoas pulam fora. basta você ver o interesse dos internautas em participar da "corrente do maroni".
faz uma coisa, de verdade, pelo país que você ama: inventa alguma coisa que ajude as pessoas. você teve cabeça pra inventar um puteiro de sucesso. chegou a vez de inventar uma empresa tipo século XXI. puteiro é século X a.C.

Anônimo disse...

Cuidado com o ultraleve... Não dá para a Dilma andar de ultraleve para fazer a campanha.Imaginem se a Dilma e o Theo forem fazer campanha de ultraleve juntos?

www.adonadosenadofederal.blogspot.com

Anna Flávia Schmitt, Rodeio,SC

Anônimo disse...

Sr. Maroni e Sra. Cíntia,

Por favor, assistam a este vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=X82etUgy2KU

Dalmo Cotrim

Anônimo disse...

CINTIA,
www.adoidadaassembleialegislativaRS.blogspot.com

Ibrahim Fued disse...

Ibrahim Fued:

Transcreverei as palavras de Jonny, um experto em tudo:

‘Estamos em época de campanha política... Eu queria falar do presidente. Mas já está muito batido falar mal do presidente. Acho que vou falar mal do governador. Não, também tá muito cansativo falar mal do governador. Do prefeito, então. Também não, já viraram lugares-comuns as críticas ao prefeito. E de todos os políticos idem. E a mesma coisa para todos os candidatos eleitos ou não; e todos os eleitores. Porra!... Será que não vai ter ninguém pra eu falar mal ineditamente?! Acho que não. Então vou ter que apelar e falar mal de mim mesmo, que sou o símbolo máximo da perfeição?!...
Jonny D. Cooper, feito para ser lido nas entrelinhas (OCUpação: Crítico Universal, mas pode abreviar.)’
...
Foram as palavras do companheiro, Jonny.

Ibrahim Fued, colunista, calunista e fofoqueiro
(E ademã que eu vou em frente, porque atrás vem gente e se pára de repente...)

Postar um comentário