terça-feira, 23 de março de 2010

67.UFA...ESSE NOVO DECRETO DO KASSAB É ÓTIMO, ATÉ EU, OSCAR MARONI ASSUMO.


Bom dia!
Estou aqui novamente no Blog um pouquinho envergonhado pela minha ausência. Estou passando momentos muito delicados. Já que este blog é para lavar roupa suja lá vai.
Estive de mudança para uma outra casa, estou com problemas familiares, as situações com minhas empresas estão delicadas por motivos políticos, burocráticos mas felizmente a justiça esta ao meu lado e  a consciência profissional e ética existe com alguns funcionários dentro dos órgãos da prefeitura. A ética que é tão importante para quem desempenha funções publicas é de extrema importância a consciência dos funcionários ao analisar os processos. Tenho a impressão que antigamente os processos eram olhados somente como pilhas de papeis e esses funcionários sem ética, sem escrúpulos e sem sensibilidade empurravam com a barriga, se esqueciam de uma forma insensível e que por de trás destes processos existem seres humanos, famílias, empregos, sonhos, projetos de vida e responsabilidades empresariais assumidas. Mas felizmente isso esta mudando dentro da prefeitura de São Paulo com novos sub prefeitos, coordenadores,engenheiros e técnicos e com secretários mais responsáveis.
Com esta maquina maravilhosa chamada computador junto a internet que possibilita ao contribuinte fiscalizar junto a prefeitura, acompanhar seus processos e cobrar dos técnicos o andamento destes, dando satisfações, explicações técnicas e cabíveis aos paulistanos. Sinceramente voltei a me sentir gente, pois antigamente eu era simplesmente um processo com o numero arquivado em prateleiras empoeiradas. Os processos ficavam passeando de órgãos públicos em órgãos públicos, a revista Vejinha, aquela que fala dos IPTUs e dos milhões que a cidade de SP está perdendo, na página 38 cita:  "Por falta de comunicação entre as diversas setores da prefeitura, a analise dos processos de regulamentação de imóveis pode levar anos", sem ninguém assumir responsabilidades e o pior, ninguém assumia a batata quente que eram os processos. Hoje com as leis de descentralizações das Sub prefeituras, 

Decreto nº 42.670.02 que no intuito de promover a descentralização administrativa determinou a transferência de instâncias decisórias da Secretaria de Coordenação da Subprefeituras para as Subprefeituras, especialmente em relação à deliberação sobre processos e questões referentes ao parcelamento, uso e ocupação do solo.


 a responsabilidade legal, técnica  e social ficam na responsabilidade direta dos Sub prefeitos, acabou o jogo de empurra, os subprefeitos tem que honrar seus salários e não ficar mais em cima do muro assim como os técnicos (engenheiros e ficais) Ainda existe um certo ranço político em algumas regionais. Infelizmente as  analises não estão sendo feitas de uma forma unicamente técnica e o jogo de empurra ainda continua,  e como eu já disse, alguns ranços políticos de alguns subprefeitos influenciam decisões de uma forma subjetiva, pois este políticos parecem que ficam com suas lunetas ou binóculos enxergando mais o seu futuro político do que a responsabilidade técnica presente e com isto quem perde muito é a cidade de São Paulo segundo o jornal Foha de São Paulo, Estadão e Vejinha 70% dos seus pontos comerciais de São Paulo estão em condições irregulares, curiosamente se esses 70% forem as regionais tentar a regularização a cidade de São Paulo entra em estado de caos e as regionais não teriam condições de absorver esta demanda, é pode parecer incoerente , ilógico até meio bobo mas essa é a realidade da 4º maior cidade do mundo.
Muitos imóveis como baladas, restaurantes, lanchonetes, até pet shops não apresentam as mínimas condições de segurança ou higiene para os freqüentadores. Cite o pet shop por que até os animais são prejudicados...hahaha.  não esqueçamos dos shoppings, cinemas, estádios, que colocam em risco a vida de nós paulistanos por não apresentarem condições técnicas de uso.
Olha eu tenho motivos para criticar e não gostar do senhor Kassab. Vocês leitores deste blog souberam das histórias, da mídia sensacionalista e dos meus textos colocados neste blog. Mas com muita humildade tiro meu chapéu para o senhor Kassab. O decreto que ele fez de numero 49. 969 de 29 de agosto de 2008

Regulamenta a expedição de auto de licença de funcionamento, alvará de funcionamento,alvará de autorização para eventos públicos temporários e termo de consulta de funcionamento, em consonância com as leis numero 10205 de 4 de dezembro de 1986 e numero 13885 de 25 de agosto de 2004; revoga os decretos e a portaria que especifica.
Gilberto Kassab, prefeito do município de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei.




 É muito eficiente, desburocratiza em muito esta  lei que é para aquisição de autos de licença de funcionamento, alvarás provisórios e definitivos. Tudo isso fiscalizado pela internet e os processos podem ser acessados constantemente pelo contribuinte segundo um código. Nestes termos até comprimento o nosso prefeito Gilberto Kassab.  Mas aqui sugiro ao nosso prefeito que de um puxãozinho de orelha em alguns funcionários públicos que usam ou que estão usando seus cargos públicos para se promoverem politicamente. Não esqueçamos que são cargos técnicos e que se usados politicamente podem atrapalhar o desempenho da analise técnica de engenheiros e fiscais e com isto prejudicando milhares de paulistanos e empresários, a nossa tão amada cidade não merece isso de um ou outro funcionário publico preocupado somente em se promover politicamente. Kassab, Friso. De um puxãozinho de orelha pois estes funcionários públicos mais preocupados com a sua posição pessoal política estão atrapalhando a nossa cidade e prejudicando o seu desempenho como prefeito da nossa amada São Paulo.

Obs 1:Platão ao ser questionado sobre política respondeu em seu discurso:
“Política é a arte de fazer o mundo ficar mais justo”
E quando perguntado a Platão quando a política estaria sendo usada de uma forma nociva a sociedade ele respondeu:
“Quando usada em beneficio próprio e não da coletividade”

38 comentários:

Hefestos disse...

Burocracia é algo terrível.
O burocrata cria dificuldade para vender facilidade.
Mas se o Kassab está se esforçando para melhorar isso, merece elogios.

Anônimo disse...

Ok, torçamos para que isso aí viabilize o mais rápidamente a reabertura do Bahamas. Informe-nos como está esse processo Maroni...

Robert

Comunicação - CAVC disse...

Bom dia Oscar,

Por acreditar que a Universidade seja o fórum sagrado da liberdade, da justiça e do debate, gostaríamos de convidá-lo a participar de um evento junto aos alunos da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP), a ser promovido pelo Centro Acadêmico Visconde de Cairu (CAVC). Imaginamos alguma atividade que pudesse trazer ao alcance dos alunos, informações e experiências sobre o mercado do entretenimento adulto, do erotismo, os significativos valores (e os empregos gerados) que esse segmento movimenta anualmente e, ainda, o crescimento desse setor no Brasil. Acreditamos que Oscar Maroni seja a figura ideal para esse tipo de evento, dada a sua projeção e prestígio junto a todo publico FEAno. Temos certeza que haverá uma troca impactante de experiências, que derrubariam as barreiras do formalismo e da mesmice presentes em uma faculdade de negócios.

Contamos hoje com dois formatos para palestras. Temos a forma mais tradicional de palestra, já conhecida por todos, e ainda um novo projeto implantado a partir deste ano, o "Conversa de Botequim", que coloca o palestrante em um ambiente mais informal e próximo aos alunos, uma espécie de "Roda Viva" Universitária. Caso o senhor tenha interesse em atender nosso convite, passaremos então a escolher juntos o formato e a data do evento.
Aguardamos sua resposta,
Att,

Ricardo Guimarães Vieira

Diretor de Comunicação – CAVC
(13)9167-0010 – comunicacaocavc@gmail.com
Conheça nosso C.A – www.CAVC.com.br

Anônimo disse...

Maroni,

Eu tenho fé que o Kassab é um administrador público que tenta acertar na sua administração.
Ele é um para governar umas cabeçinhas ôcas que estão ao redor dele.
É muito difícil ser Prefeito, Governador e Presidente da República neste país...Por causa disso eu aspiro uma carreira no legislativo. Para ser Prefeito o camarada tem que ter talento,talento o Kassab tem de sobra. Eu acredito que pode demorar, mas ele irá procurar dois pesos e duas medidas no teu caso pelo o quê ouço do pessoal do partido dele aqui em SC,_ aqui o Kassab tem um fã clube.

Anna Flávia Schmitt, Rodeio,S.C.

www.adonadosenadofederal.blogspot.com

Anônimo disse...

A 'adoidadosenadopontocom' deve estar 'apirando uma carreira' mesmo!!!

Anônimo disse...

Cara,

Mesmo com muita boa vontade, o tal de deixar de lado o "preconceito" (de repente, não existe mais conceito, só "preconceito") não dá pra te desejar sucesso na tua batalha para reabrir o prostíbulo. O programa do Roberto Cabrini demonstra como tua profissão é triste, retrógrada, verdadeira marcha-ré na libertação da mulher. Assiste e vê se dá pra deixar de chamar o teu mundo de "submundo". Desculpe, mas são homens como você que continuam mascarando a prostituição e não deixando que as coitadas que trabalham na tua casa enxerguem como perdem a mocidade e a dignidade.
Você se sente feliz tendo feito fortuna com a prostituição?
Assiste aí: http://www.sbt.com.br/conexaoreporter/videos/

Anônimo disse...

Tem pessoas que insistem em querer ser o ‘Sassá Mutema’ da nossa sociedade, querem ser os ‘salvadores da pátria’, querem ser os óculos (ou binóculos) das pessoas, para ajudá-las a enxergar melhor e/ou mais longe, ou, até, ser os seus (delas) próprios olhos. Essas pessoas se metem num sistema que está autogerindo-se e funcionando satisfatoriamente para atender as necessidades de ambas as partes (de quem procura e de quem oferece sexo). Apelam para o conceito de dignidade como só elas entendessem o que é dignidade...
Cabrini mostrou um recorte de um mundo (submundo, na concepção desse(a) blogueiro(a)). Claro que o repórter teria que pincelar, editar, recortar, etc. para dramatizar e, assim, valorizar sua matéria. Sendo um freqüentador, conheço razoavelmente esse mundo, conheço as garotas de programa que se valem desse recurso (prostituição) para cada uma levar sua vida de uma forma que eu não diria de jeito nenhum ser indigna; elas pagam suas contas trabalhando com menos suor do que muitas operárias por aí, isso é verdade, porém um menor gasto energético, menos calorias consumida em tal atividade, não faz com que o trabalho seja indigno. Além do mais, não acho que suor se traduza obrigatoriamente em dignidade, pois se assim fosse, nenhum atleta seria indigno. Tenho observado que as gps mais simplezinhas tiram, em poucas horas, uma grana superior àquela tirada, no decorrer de um mês, pela maioria das empregadas domésticas, e isso não as deixa tão frustradas a ponto de lhes tirar o sono ou a paz de espírito. Elas, essas gps (a maioria delas), não se importam em ‘dar’ (algumas até gostam muito), não se acham tão exploradas (e isso ainda em puteirinhos que levam a metade da grana delas); elas procuram essas casas (mais simples, onde são meeiras), para ganhar, devido à grande rotatividade, uma grana que não diria ser absolutamente fácil, mas é muito menos suada do que a de empregadas domésticas. Nas boites da Rua Augusta, por exemplo, dificilmente as meninas saem de lá com menos de duzentos reais por noite; agora, pergunte para elas se prefeririam, em nome dessa ‘dignidade’ propalada por ‘juízes do comportamento humano’, ficar de quatro no chão, ralando completamente os joelhos, para a limpeza desse mesmo piso e, com isso, ganhar uma mixaria, ou se prefeririam ficar de quatro na cama (ralando bem menos os joelhos) dando a buceta (ou o rabinho), para ganhar uma soma considerável (???). Eu sinceramente acho que o que é ou não conveniente para uns pode ser ou não conveniente para outros. Deixemos, então, que as pessoas escolham; ou será que deveríamos instituir como regra e obrigatoriedade a moral e os padrões de comportamento que algumas apresentadoras de tv, como Dondoca Luciana Gimenez, por exemplo, preconizam tanto? A buceta de cada mulher deve ser usada de acordo com os próprios interesses (sejam quais forem); inclusive, aquelas que não querem dar a buceta de jeito nenhum têm todo o direito, sem pena de achincalho por interessar-lhes a conservação da incolumidade de seu precioso órgão sexual (ou potencial fonte de renda).
O que mais me preocupa nesses moralistas é que muitos querem impor seus conceitos e estilo de vida, desrespeitando a vontade dos outros em APENAS levar a vida da forma que lhes convém.

Anônimo disse...

Mulher inteligente e culta demais é um pé no saco...

Anônimo disse...

Acabei de ler um texto que me pareceu resposta ao OM, mas de repente o texto sumiu! (???). Parecia ser réplica (ou tréplica, sei lá) da internauta que condenava o OM...

Anônimo disse...

O texto, inclusive, terminava dizendo para o OM amar mais e contabilizar menos, algo assim. Cadê o texto?

Oscar Maroni Filho disse...

Maroni agradece
REFERINDO-SE ao texto da faculdade FEA-USP centro acadêmico Visconde de Cairu (CAV)

Ricardo Guimarães estou a inteira disposição de vocês para fazer palestras, com direito a debates e todas as perguntas que possam me fazer em sua faculdade. Sou um homem liberal, acredito na livre opção de cada um sou um homem com formação acadêmica, psicólogo e profundo conhecedor da sexualidade humana e também um grande questionador das hipocrisias da sociedade. Sou um empresário comecei em um trailer vendendo cachorro quente, hoje sou proprietário de cinco empresas, uma delas da qual muito me orgulho o Hotel e Balneário Bahamas Club, um estabelecimento licito, não é minha opinião nem a de promotor publico nem a de repórter sensacionalista e medíocre, e sim de Desembargadores e Juízes. Um grande repórter faz grandes reportagens, os medíocres arrastam-se com temas sensacionalistas repetitivos e sujam o pilar mais importante de uma democracia, o direto de liberdade total de expressão, transformando este pilar tão nobre da comunicação com sensacionalismos baratos e medíocres.

Desculpem meu desabafo, mais fiquei tão alterado com esta postura da próxima resposta que darei em seguida que acabei misturando as estações.

Ricardo Guimarães, amanhã entrarei em contato com vocês e irei em sua faculdade, no seu diretório acadêmico para exercemos o que é mais importante em uma democracia e que dou minha vida por isso , a liberdade de pensamento que é externada pelas palavras e atitudes. Já dei palestras na Faculdade São Francisco de direito e também na Fundação Álvares Penteado e na PUC de São Paulo, será um grande prazer conversarmos livremente. Um abraço.

Oscar Maroni Filho disse...

Maroni responde texto de 24 de março de 2010as 21:23

Anônimo é muito interessante seu texto onde você diz que algumas pessoas querem ser Sasá Mutema. Bom, esta mulher que fez algumas criticas no texto das 18:28 é curiosamente uma desta pessoas que é o seu oposto, ela se acha a dona de todas as verdades é extremamente limitada sem senso critico a um programa de televisão, se deixa influenciar por frases sensacionalistas. Más ate ai tudo bem, só demonstra uma mediocridade, o que é grave, é que ela tenta colocar toda sua frustração sexual de mulher em cima da sexualidade de outras mulheres. Aos 58 anos de idade conheci freiras, virgens, mulheres sexualmente frias, mulheres mal amadas, fêmeas extremamente sensíveis, mulheres assumidas e de bem com a vida. Felizes e que gozam com um cassete no meio das pernas fogosas e que fodem muito, que realizam-se em uma hora e meia de sexo e orgulham-se de terem vaginas e por que não dizer deliciosas bucetas que durante uma hora dedicam-se ao sexo são bem realizadas e que nas outras horas de suas vidas são grandes intelectuais mulheres sensíveis que amam e são amadas, que gostam de entregar-se a seus machos e tem orgulho de serem fêmeas. Agora, conheci também garotas de programa ou prostitutas, dezenas delas que realizam-se como garota de programa que tem dentro de si uma sexualidade bem resolvida como disse a ex deputada federal Ruth Scobar “o intelectual aluga o cérebro o trabalhador braçal os músculos, a prostituta aluga a fantasia” . Que fique claro, as pessoas bem resolvidas sexualmente não tem problemas com sexo, as não resolvidas sentem-se incomodadas com o prazer alheio porque não sabem o que é o prazer só conhece a frustração.
Separem o joio do trigo. Com muito orgulho sou dono de dois hotéis, um é Hotel e Balneário que o conhecido internacionalmente, Bahamas Club, que é um local freqüentado por homens mulheres e casais, adultos que gostam de sexo. O Bahamas é famoso nacional e internacionalmente. Já falei e continuo afirmando, é uma atividade LICITA, é um espaço liberal. Acho curioso todo essa alarde, escândalo e criticas que fazem ao Bahamas. É só um estabelecimento noturno como milhares que existem em São Paulo, no Brasil e no mundo. O diferencial é que ele é o mais famoso do Brasil e conhecido internacionalmente.

Oscar Maroni Filho disse...

Referindo-me agora sobre a matéria jornalística do SBT que eu aqui gostaria que vocês acessassem em http://www.sbt.com.br/conexaoreporter/videos/

e analisem a besteira o sensacionalismo a irresponsabilidade dito pelo Zé do MP e o irresponsável nada ético repórter Roberto Cabrini que pincelou aspectos e fez este lixo de reportagem achando-se com o direito de julgar e condenar segundo seus valores Morais hipócritas e repressivos.
No tocante aos dizeres do Zé do MP eu particularmente Oscar Maroni tenho todo respeito aos elementos do Ministério Público que tanto trabalho tem prestado à nossa sociedade principalmente em razão as denuncias de corrupção em nosso pais. Tiro meu chapéu e comprimento o ministério público,mas no caso da besteira que o Zé do MP falou em relação à o que ocorre nas casas noturnas de são Paulo é digno de gargalhadas, estas afirmativas ridículas.
Eu, Oscar Maroni repudio o sensacionalismo do senhor Roberto Cabrini e os dizeres e afirmativas tão pouco éticas do senhor Zé do MP
Refiro-me como Zé do MP não como uma falta de respeito, como já disse respeito e sempre respeitarei o Ministério Publico. E digo Zé do MP, pois não quero aqui dar a ele a oportunidade que ele vive procurando se promover de qualquer jeito, custe a quem custar, machuque a quem machucar, destrua a quem destruir. Tudo e validado por alguns segundos de mídia.

Com relação a imagem de minhas empresas que de uma forma vil, repulsiva pouco ética tentaram parear com estes dizeres absurdos meus advogados mais uma vez fará com que a justiça seja respeitada. Direito de liberdade de expressão sim, total, más com responsabilidade. Não é justo que para alguns minutos de reportagem em televisão passem a caluniar minha pessoa e minhas empresas. Observem! Peço a vocês internautas que analisem as besteiras que foram ditas.
Eu um boêmio, um homem apaixonado pela noite trabalho a 30 anos na noite paulistana não posso admitir as besteiras que foram ditas em relação às casas noturnas, que são centenas em São Paulo, no Brasil e no mundo, geradoras de emprego que recolhem impostos, são locais de trabalho, lazer e turismo. Somos sindicalizados, pertencemos ao Sindicato de Bares, Hoteis e Similares. Foram pinceladas palavras e imagens, não se pode por causa de uma marginalidade que existe na cidade de São Paulo como traficantes, e outros marginais generalizar a noite paulistana, é um desrespeito a todo empresário. Esta generalização é desonesta, conheço a noite paulistana, dos cantos boêmios mais simples de São Paulo e ate mesmo os mais luxuosos, não é justa esta generalização, garotas de programas existem e sempre existirão.
fica aqui o meu desafio ao Zé do MP e ao senhor Cabrini de um debate .pois este pareamento que tentaram fazer de atividades criminosas com a imagem de minhas empresas e a generalização maldosa em relação a noite paulistana não foi justa tampouco ética, também considero não ser honesto usarem de cargos públicos com salários pagos com os nossos impostos para difamar julgar e condenar pessoas visando alguns segundos de mídia na duvida senhores leitos deste blog consultem meus textos anteriores principalmente o de nº 58.
Quero também informar à você leitor que todas as casas noturnas de São Paulo que foram lacradas estão abertas e em pleno funcionamento, sem exceção. Curioso não. Reflitam!
Uma boa noite


Que prazer, que orgasmo intelectual viver em uma democracia onde temos esta ferramenta tão maravilhosa chama Internet para nos expressar quando nos sentimos injustiçados.
Oscar Maroni Filho, RG 4688247 brasileiro e que acredita que só teremos um pais mais justo com a participação da população criticando e exigindo seus direitos.

Oscar Maroni Filho disse...

Esclarecimento

Poderia simplesmente remover com a pressão de meus dedos e algumas teclas de meu computador este texto que começa com a palavra cara e termina sugerindo o acesso a reportagem do Cabrini, texto das 18:28 mas assim eu estaria censurando nosso blog e preservando minha imagem mais isso não seria justo afinal acredito ser sagrado o direito de liberdade de expressão tenho consciência que também estou dando IBOPE para o SBT, mais achei ótimo pois transformei este azedo e indigesto limão em uma doce e refrescante limonada.
Boa noite

Obs 1 estou cansado de tanta injustiça e arbitrariedade que fizeram comigo e minhas empresa. Até fiquei ausente, não postei mais tantos textos, mas agora voltei.
Beijos meus amigos de letras escritas neste blog que tem sim erros de português e concordância mas o que defendo não e a ideal gramática e sim um mundo mais justo e tento fazer minha parte
Beijos tchau

Obs 2 não consigo dormir estou com o espírito agitadíssimo minha alma delira neste prazer de expressar minha opinião.



Maroni perdeu o sono e agora no computador, com um cafezinho na xícara de fundo uma musica do Tim Maia.Pasmem leitores deste blog! Todos os estabelecimentos, casas noturnas, boates e hotéis lacrados na época da nuvem de falso moralismo, hipocrisia e sensacionalismo que pairou na boêmia paulistana estão abertos e em pleno funcionamento agora enquanto vocês lêem este texto. Quinta feira passada eu Oscar em um ato até meio sádico pois fiquei muito deprimido e revoltado fiz questão de pegar meu Jaguar com a docinho do lado que e minha cachorrinha, rodei todos os estabelecimentos que foram lacrados. Friso, insisto, todas elas estão abertas sem nenhuma exceção, e agora me pergunto com a xícara de café na boca:
Como ficam estas afirmativas absurdas para não dizer até ridículas?
Obs - todas as casas noturnas estão em pleno funcionamento enquanto vocês estão aqui lendo este texto, e agora o que dizer friso, todas funcionando, pessoas divertindo-se, a bebida rolando solta o sexo profissional e não profissional acontecendo, pessoas dando gargalhas e divertindo-se a musica alta na zona leste na zona norte na zona sul e na zona oeste. Vivemos em uma democracia, a prostituição em meu pais não é ilegal e se alguém afirmou com falta de conhecimento jurídico que o que e ilegal no Brasil é a facilitação à prostituição, saibam leigos no assunto que a facilitação só é punida pela lei quando for dirigida especificamente a uma pessoa. Quando for generalizada não a o que se falar de facilitação ou ilegalidade. Quem faz esta afirmativa não sou eu e sim as Jurisprudências, pois se a facilitação generalizada fosse ilegal os donos dos Jornais “Folha de São Paulo, Estadão, O Globo e outros meios de comunicação” estariam todos atrás das grades pelos classificados que ali são inseridos, basta abrir os jornais e procurar nos classificados verão inúmeros anúncios propondo sexo.

Anônimo disse...

OM perdeu o sono e o senso porque apagou minha resposta à mais um dos seus arroubos em favor da prostituição. Eu dizia a esse senhor que não se trata de comparar a empregada com a prostituta, já que nenhuma mulher quer ralar o joelho no chão, mas sim ficar de quatro para o homem que ama. O suor que a primeira derrama no trabalho mal remunerado não pode, assim, ser comparado com o pouco esforço (supõe-se) da segunda. E agora me dirijo ao OM: porque você não lembra da mulher jovem, bonita e bem remunerada que tem um emprego inteligente e que a emancipa como pessoa e profissional? Essa mulher perceberia, como eu, que tua profissão é de fato uma marcha-ré na história da emancipação da mulher, tua empresa é retrógrada, não avançou nada em termos de relacionamento humano porque não aprendeu nada com a mulher, só que muitas delas continuam, como há milhares de anos, presas à própria limitação afetiva, intelectual e moral.
Se uma das tuas profissionais ficasse a vida inteira no teu prostíbulo,não aprenderia nada além de fazer abordagens de cliente e subir e descer escada. Por outro lado, toda mulher que se atreve a criticar o teu negócio é logo tachada de recalcada e frígida.
Tua máscara cai toda vez que você afirma ser um profundo conhecedor da sexualidade de homens e mulheres. Ora, por favor, OM, logo você que faz sexo como quem digita números em uma calculadora. Contabiliza menos e ama mais. Um dia você consegue.

Anônimo disse...

Não é a primeira vez que o maroni apaga mensagem de internauta. vai se acostumando, minha filha. contradição, teu nome é maroni.

Anônimo disse...

O OM foi dormir com o diabo no corpo ou muita cafeína na cachola. Só mesmo efeito de uma dose cavalar de café leva uma pessoa que a todo momento diz que é instuída e inteligente a comparar o serviço oferecido por um prostíbulo com a veiculação de anúncio de prostituta em jornal. Que que é isso, seu Maroni? Quer dizer, então, que um jornal só vive desse tipo tipo de anúncio? Jornal anuncia propaganda e vende exemplar; puteiro oferece um ponto de trabalho para as meninas; puteiro oferece cama para o casal; puteiro dá desconto pra mulher na entrada; puteiro tem dor de consciência porque sempre se apresenta como balnerário. A Folha, o Globo e o Estadão podem a qualquer momento deixar de anunciar putaria, porque isso deve corresponder a um milhonésimo por cento do faturamento deles. Já o Bahamas, se não coloca mulher na vitrine...

Anônimo disse...

Porquanto os sequazes teçam loas ao espírito folgazão de seu ídolo, o pactário do pé fendido junge-os com sua pletora corruptora e permissiva com o fito de mais ainda entorpecer-lhes a alma e o tino; entanto, atreva-se aquele ou aquela, sejam ele ou ela oriundos de humilde ofício ou de universitária estirpe, para da bífida língua tornarem-se alvo da mais infame aleivosia. Melancólicos dias são estes em que o Mal dardeja incessante, campeia impune e corrói os santos hábitos e os probos valores.

Adamastor Pastorinho, PhD

Anônimo disse...

Lady Gaga, Beyonce, Madonna, Marilena Chaui, Martha Suplicy, Marília Gabriela, Lygia Fagundes Telles, as estrelonas e as estriinhas das novelas das 6, 7 e 8, a Ruth Escobar, Paris Hilton, Sinésia dos Santos (gari), Cleusa Brito (contabilista), Isabel Brandão Teixeira, Carol Civita, Maria Antonia Civita, Susana Jeha, Marina Brandão Teixeira, Antonia Brandão Teixeira e Francisca de Paula Harley, mulheres da família Civita, cuja revista do patriarca Roberto Civita chamou OM de proxeneta, Yvete Sangalo, Daniela Mercury, Maria Sylvia Carvalho Franco (sabe quem é?), Carla Bruni, Marina Silva e a nossa futura presidenta dão um duro danado, suam a camisa e não se venderam; não são contra a prostituta, mas certamente deploram a prostituição. Você está sozinho, OM.

Erly Junior disse...

Assim que soube que este blog voltou a funcionar, corri para ver se era verdade. Para minha grata surpresa, realmente, as postagens voltaram e este espaço retornau com sua proposta inicial. A internet precisa de mais espaços assim e pessoas como OM são personalidades que tem crédito de sobra para atrair debates. Uns o chamam de arrogante, ha quem diga que a humildade ali passou longe, outros o chamam simplesmente de proxeneta. O fato é que OM é um cara de inteligência acima da média, experiente, na frente de seu tempo e que suas atitudes, assim como suas frases, servem de exemplo para muitas pessoas. Muitos que aqui acessam admira, odeia ou o inveja. E é por isso que esse blog não pode parar. Um forte abraço a todos. erlyjr.

Anônimo disse...

Ah ah ah... Menos, Erly, menos.

Anônimo disse...

Ah, ah, ah... Menos, Erly, menos.

Anônimo disse...

Erly do Sul esteve ausente durante meses porque estava fazendo um curso de Relações Públicas e outro de musculação para puxar o saco de OM com mais vigor. Vai que vai, garoto!

Anônimo disse...

Deixa o Barramas funcionar pra ver se o Oscar Marone esta sozinho ou não. Embora muitos se ponha contra ele, tem um enorme numero de pessoas que é a favor da abertura de todas as casas de prostituição. Tem clientes e tem putas, tudo em grande numero. Oscar Marone não esta soxinho nessa, de forma nenhuma! Quando o Barramas voltar à funcionar e eu ficar sabendo, eu volto praqui pra SP e venho com meu amigo prestigiar a casa desse cara. Eu sou mais um que gosto dessa agitação noturna.
Leonardo Ceres de Curitiba

Anônimo disse...

A INVEJA É UMA MERDA!!!

Anônimo disse...

Acho que em matéria de sexo, o OM tem muito a aprender com aquela velhinha simpática da TV a cabo. Ela repetiria para o nosso bom Oscar (que é Maroni, não o Wilde) que "aquele que conheceu apenas a sua mulher, e a amou, sabe mais de mulheres do que aquele que conheceu mil", como ensinou Leon Tolstoi.
A internauta que sugeriu ao Maroni para que ele "contabilize menos e ame mais" é uma sábia. Parabéns.

Ruth

Anônimo disse...

Ricardo Guimarães, da USP, convida o Adamastor Pastorinho para debater com o OM. "Deus e o diabo na Terra do Sol II".

Promíscuo disse...

‘Internauta sábia’ por quem D. Ruth demonstrou ter admiração,
Essa conversa de emancipação da mulher é um pé no saco. Mulher intelectualizada fica extremamente chata, sendo preferível até agüenta-las durante a TPM. Além do mais, é algo falso. Por que a mulher não se emancipa e adquire os hábitos de nós homens, por exemplo, o de se relacionar com o maior número possível de espécimes (dentro de nossas espécies) do sexo oposto (no nosso caso mulheres; no caso de vocês, homens)? Falo pela maioria que age espontaneamente e não se contaminou por orientações veiculadas pelas diversas mídias. Vamos fazer desse mundo uma tremenda ciranda amorosa, onde todo mundo cata todo mundo (sempre se forma heterossexual, claro, pois isso está de acordo com a lei natural, em minha opinião). O problema dessas mulherezinhas intelectualizadas, e ditas ‘emancipadas’, querendo igualdade, é que na hora de agir de forma análoga à forma com que nós agimos, elas recuam. Parem com esse papo de amor e ofereçam mais a buceta para que nós possamos ofertar-lhes o cassete; vamos fazer do amor-livre, entre nós machos e vocês fêmeas, uma fonte permanente de prazer e satisfação.

Anônimo disse...

A homofobia é sinal de que o colega acima tem entrelinhas (ou raias do cu) para serem interpretadas. O moço quer catar todo mundo com seu peruzinho, pôr na buceta de mulherzinhas burrinhas, provavelmente como algumas que servem de modelo pra ele. Vai dar o cu, bicho, e abre a cabeça. Experimenta um mundo mais igualitário, uma espécie de 1 X 1 harmonioso e democrático. O resto é papo de macho obsoleto e crepuscular (ou "prepuscular").
Além disso, o argumento é furado nele mesmo: a tal Ruth que elogiou a crítica ao OM fala de amor conjugal, daí a citação do escritor russo, mas não a outra internauta, que fala de amor, só isso.
Agora,uma coisa é certa: se todo mundo se comer, acabou puteiro, e aí é o OM que vai ficar puto...

Neno Trigueirinho - Cipó - PR

Anônimo disse...

...E o colega pode ter a opção dele, porém não me parece estar bem resolvido com ele mesmo, pois tal desequilíbrio evidencia isso. O que é bom para você, amigo, não é necessariamente bom pra mim, portanto, ofereça suas pregas anais para quem lhe convier. Faça-o no meio de mulheres inteligentes, que apreciaram seus inteligentes argumentos e discursos, enquanto suas ‘entrelinhas anais’ são passo a passo analisadas rs rs rs... Amigo, neste nosso país pode-se fazer de tudo, inclusive apreciar o que quiser; eu aprecio mulheres só mulheres, e menos intelectualizadas, e daí?! Seria o eminente internauta que deveria dizer-me o que é conveniente ou não? Não condeno os homossexuais, mas sinceramente não adoto suas (acho que agora o ‘suas’ cabe bem) práticas e nem as admiro. Então, esse negócio de ‘dar o cu’, tão enfatizado por você, que se limite ao seu meio... Boa sorte, Trigueirinho.

Anônimo disse...

‘Admirável Mundo Igualitário’. Meu caro, um mundo para ser harmonioso, não necessariamente precisa manter uma equiparação entre os homens e mulheres. As diferenças são o que o tornam interessante. Provavelmente você foi bombardeado com teoriazinhas moderninhas, mas ridículas e infundadas, em faculdade. Claro que desejam propalar tal idéia, pois com mais mulheres oferecendo sua mão-de-obra no mercado de trabalho, o valor desta cai consideravelmente, assim os empresários pagam menos. Por isso que o salário mínimo nunca vai ser o que era antes, quando foi instituído e tinha por objetivo sustentar também a mulher. Agora, com as mulheres todas ‘emancipadas’, as dificuldades de acesso ao mercado de trabalho vão aumentando. Sinceramente prefiro as putinhas, que cumprindo o seu papel, não tiram a vaga de muitos em diversos setores da economia. As prostitutas fazem direitinho aquilo que uma mulher nasceu (isso biologicamente falando) pra fazer: Dar pro homem. O resto é papo-aranha de mulheres (ou ‘intermediários’) que vislumbram a ‘aurora’ de um ‘Admirável Mundo Igualitário’...
Acho que a única coisa que você, amigo, tem de interessante é sua inegável cultura, que ainda não o faz uma pessoa amadurecida e de personalidade, por isso essa sua pendência aos ditames de uma modernidade comprometida apenas com o desenvolvimento econômico (mulheres no campo de trabalho).
Ah! E antes que o ‘amigo’ faça ilações equivocadas, eu não digo isso por ter sido preterido, no meu campo de trabalho, em benefício de alguma mulher, não rs rs rs... É por realmente achar que, devido às diferenças biológicas, as ocupações e atribuições de cada indivíduo deveriam ser bem diferentes. Hoje vemos mulheres exercendo até a magistratura e pilotando avião, vejam só!!!! (???).

Anônimo disse...

‘Admirável Mundo Igualitário’. Meu caro, um mundo para ser harmonioso, não necessariamente precisa manter uma equiparação entre os homens e mulheres. As diferenças são o que o tornam interessante. Provavelmente você foi bombardeado com teoriazinhas moderninhas, mas ridículas e infundadas, em faculdade. Claro que desejam propalar tal idéia, pois com mais mulheres oferecendo sua mão-de-obra no mercado de trabalho, o valor desta cai consideravelmente, assim os empresários pagam menos. Por isso que o salário mínimo nunca vai ser o que era antes, quando foi instituído e tinha por objetivo sustentar também a mulher. Agora, com as mulheres todas ‘emancipadas’, as dificuldades de acesso ao mercado de trabalho vão aumentando. Sinceramente prefiro as putinhas, que cumprindo o seu papel, não tiram a vaga de muitos em diversos setores da economia. As prostitutas fazem direitinho aquilo que uma mulher nasceu (isso biologicamente falando) pra fazer: Dar pro homem. O resto é papo-aranha de mulheres (ou ‘intermediários’) que vislumbram a ‘aurora’ de um ‘Admirável Mundo Igualitário’...
Acho que a única coisa que você, amigo, tem de interessante é sua inegável cultura, que ainda não o faz uma pessoa amadurecida e de personalidade, por isso essa sua pendência aos ditames de uma modernidade comprometida apenas com o desenvolvimento econômico (mulheres no campo de trabalho).
Ah! E antes que o ‘amigo’ faça ilações equivocadas, eu não digo isso por ter sido preterido, no meu campo de trabalho, em benefício de alguma mulher, não rs rs rs... É por realmente achar que, devido às diferenças biológicas, as ocupações e atribuições de cada indivíduo deveriam ser bem diferentes. Hoje vemos mulheres exercendo até a magistratura e pilotando avião, vejam só!!!! (???).

Anônimo disse...

que caras chatos!!!!

Anônimo disse...

Desculpe me meter, mas a culpa é do homem. O homem abriu esse espaço quando começou a ser desonesto e quando em epoca de guerra pois mulher pra pilota avião. É isso que da. Se o homem nunca tivesse abrido essa porta elas nunca teriam entrado. Agora vai ser muinto dificil espulsa elas daqui.

Anônimo disse...

OQUÊ LEVOU OM A FAZER ISSO? www.youtube.com/watch?v=JfWszsIPebo

Anônimo disse...

O colega amante das putinhas fala em duplicata talvez para corporificar em seu discurso sua soberania sobre as mulheres. Quem sabe ele esteja inconscientemente dramatizando o "coitus ininterruptus" tão praticado quanto alucinado. A própria voz em eco faz-lhe bem, sua caixa de ressonância de macho potente fá-lo (?) vibrátil, irascível, rizomático, espalhadiço, preenchedor de todo espaço vaginal. Ele não come, mete, não trepa, escala. Uau!

Neno Trigueirinho - Cipó - PR

Anônimo disse...

IGNORANTE DAS ''23:18HS'' Ñ É ABRIDO É ABERTO , PROCURE ESTUDAR MELHOR A LÍNGUA PORTUGUESA , SEU BURRO !!!

Anônimo disse...

a mulher quer dar e cobrar, o cara quer comer e pagar...pq q tanta gente gosta de cuidar da vida dos outros?

Nao gosta? nao frequente...simples assim!

Postar um comentário