sexta-feira, 6 de novembro de 2009

54. Virgindade e Aborto. Grandes fontes de sofrimento por preconceito.




Você também é responsável por isso, pela sua passividade, as ditaduras compostas por políticos por fanatismos religiosos fazem isso se tornar rotina.



Moçada, estou aqui de novo. Para alguns sou um velho, arrogante, metido, presunçoso e com um português de merda. Para outros sou um homem experiente, vivido, malandro e putanheiro. Maravilha. Opinião é igual a cú, cada um tem a sua. E respeito. Mas ninguém pode negar que, tenho 58 anos, comecei do nada, construí um pequeno império, sou formado em psicologia, seis anos de consultório, bem sucedido em tudo que fiz, não sou humilde, tenho 27 anos de noite, não tenho preconceitos, já fui preso 6 vezes, não tenho vergonha de dizer, quem deve ter vergonha é quem me prendeu injustamente, pois o lado serio da nossa justiça sempre mandou me soltar, mas sempre fui absolvido e meu país sempre fez justiça comigo. Amo a liberdade total, principalmente de pensamentos. Odeio as hipocrisias. Acredito que podemos fazer um mundo melhor com pequenos atos.

O fato de eu não ter preconceitos é que há uns 12 anos atrás me caiu um livro nas mãos com o titulo “O homem que vivia sem preconceitos”. Fiquei fascinado com este livro e ao terminar de ler refleti:

Como será viver sem preconceitos?

E a partir desta data comecei a minimizar dentro de mim todos os preconceitos. Isso é impossível, mas muitos deles consegui manipulá-los pela razão. Comecei a dirigir a minha vida por processos reflexivos e comecei a ficar fascinado. Posso dizer à vocês como é bom viver sem preconceitos. Senhores, é mentira, este livro nunca existiu!

Após ver o sofrimento, as frustrações e as injustiças, começo a perceber que os preconceitos são simplesmente formulas de manipular o meio. É uma estratégia, é uma ferramenta, dos autoritários que se acham superiores por uma insegurança ou interesses pessoais e tentam manipular segundo seus valores. O que mais incomoda os autoritários que pode ser um pai, uma mãe, um irmão ou uma irmã mais velha, um tio ou uma tia, ou a família, as instituições religiosas, os políticos, e assim é um querendo dominar o outro, mandar no outro e viver pelo outro. Ah, como é bom viver ou tentar viver sem preconceitos. Como existe beleza nos que são diferentes de mim. Bem diante disto gostaria de fazer aqui alguns comentários sobre dois temas, virgindade e aborto. Há uns tempos atrás uma amiga me procurou perguntando se eu sabia de alguém ou de algum local que fazia aborto, pois ela estava grávida de 2 meses e estava desesperada. Respondi que não sabia e que no Brasil o aborto é ilegal e que o assunto é complicado. Eu particularmente sou contra o aborto e a favor do aborto. Pode parecer incoerente ser a favor e contra. Nos meios religiosos, principalmente nos paises mais subdesenvolvidos o aborto é um tabu e um dogma religioso indiscutível. Eu tenho consciência que é uma vida que esta sendo gerada dentro daquele útero. Há dois meses atrás a menstruação da Maíra atrasou por uns 25 dias. Ficamos preocupados, mas foi um aspecto hormonal e depois de alguns dias seu período menstrual se estabilizou. Bem o que temos aí são duas situações. A primeira é de uma moça grávida de 27 anos que veio me procurar e a segunda Maíra com um ciclo menstrual desregulado.

No primeiro caso, o feto já estava formado, aquela moça carregava dentro de si um ser a crescer a cada hora, e a cada dia. O seu parceiro nem mesmo ficou sabendo da gravidez, pois os vínculos eram muito frágeis. Mas o que quero enfatizar aqui é o sofrimento daquela moça, uma gravidez indesejada, um pai que teoricamente não existe, uma alteração emocional fortíssima, o corpo dela se preparando para ser mãe, o útero crescendo, o seu ato sexual conduzido por uma irresponsabilidade ou por algumas horas de prazer transformam essa mulher. Ela não fez porque quis. Deitada sozinha em sua cama na madrugada entra em desespero, o psicológico de mãe começa a exercer um domínio, a sociedade a vê como uma vilã, os  religiosos a condenam, e as leis não lhe dão conforto, pois esta tendo dentro de si o crescimento de um ser que ela não quer e poderá atrapalhar a sua vida, se esse vier a nascer não recebera o amor e a segurança material necessária, essa moça se desestrutura, se sente solitária, cai na mão de curiosos, corre o risco de morrer por infecções como ocorre com milhares de adolescentes e mulheres no Brasil, ela continua solitária e o filho continua indesejado crescendo dia a dia. Percebem o sofrimento e a angustia dessa moça por preconceitos por normas e regras hipócritas. Sim, sei que ali esta sendo gerada uma vida. Mas o que fazer, agir como o avestruz que diante dos problemas enfia a cabeça no buraco e com isso tem a sensação que isso, o problema, não mais existe. Essas hipócritas religiões condenam o uso do preservativo, que o sexo só pode acontecer nos períodos férteis e que como controle de natalidade deve-se praticar o coito interrompido que nada mais é que no meio da relação o homem tirar o pênis e ejacular fora como se isso fosse mais humano e mais justo para o casal. De sexo, teoricamente esses religiosos não deveriam entender de nada, pois eles devem praticar o celibato e para eles qualquer “buceta molhada ou pau duro é coisa do diabo, e gay é uma aberração da natureza.”




Não tenho o que falar. Quero que você reflita.


A religião prega o amor ao próximo, o respeito a vida, não vou citar aqui os casos de pedofilia dentro de instituições religiosas, nem mesmo as taras e perversões camufladas da sociedade, tudo deve acontecer no mar de rosas de amor ao próximo e de respeito a vida.

Mas aquela mulher engravidada, se praticou o aborto irá carregar pela vida um enorme complexo de culpa que poderá afetar o seu relacionamento interpessoal e ate a sua vida sexual.

Não esqueçamos os dados estatísticos assustadores aonde a grande maioria dos abusos sexuais em adolescentes e mulheres são praticados no seio da família. Não estou aqui desvalorizando a família. Eu particularmente considero que família é um grupo de pessoas que se mantém unidos por laços afetivos.

Citei como segundo exemplo o caso da Maíra e que quando sua fase menstrual se regularizou, simplesmente eliminou os óvulos não fecundados. Os meus espermas quando lançados no útero da Maíra não fecundam por um controle hormonal, com uso de anticoncepcional.

Pergunto:

Vida. O que é?

Alma. O que é?

Amor ao próximo é deixar aquela mulher na solidão com um feto não desejado?

Não estou aqui querendo “cagar” regras ou ser o dono da verdade. Estou usando deste texto para levá-lo a reflexão sobre este tema que é tão complexo. Sou a favor do aborto e sou contra o aborto.

Fica aqui registrado o meu respeito e carinho por toda mulher que infelizmente teve que praticar aborto e carrega isso como complexo de culpa. Saiba que você não é só e que milhares de outras mulheres tiveram que tomar essa atitude e que o assunto é muito delicado.

Agora vamos falar da segunda parte desse texto. Virgindade. Sou contra a virgindade e a favor da virgindade. É , é incoerente. É difícil citar exemplos ou falar sobre virgindade no sentido cultural. Na África chegam a cortar o clitóris das meninas no inicio da puberdade para que elas não venham a sentir prazeres na sexualidade. Ainda existem pais que jogam suas filhas para fora de casa quando perdem a virgindade. Ainda existem cafetinas que vendem virgindade como troféu.  As religiões vêem na virgindade um troféu, uma benção divina, uma demonstração de santidade. Eu particularmente gosto das mulheres que gozam gostoso, que gostam do cacete do homem, que sentem prazer no ato sexual com amor e ate sem amor. Gosto de mulheres, de fêmeas que gostam de machos. Respeito as lésbicas e os gays, é uma forma de opção sexual, pois como já disse em textos anteriores a sexualidade com  fins reprodutivos não ultrapassa a 1%.

Mas voltando a vocês virgens. Não vejo nenhum mérito em serem virgens, mas também não vejo nenhum demérito manter a virgindade, pois se ainda não aparecer o homem certo por amor e tesão ou só amor, ou só tesão que também é valido, não se entreguem! Guardem esse tesouro para quem merece ou se faça por merecer. Mas não se esqueçam que a virgindade é só um pedaço de pele que funciona como um selo. O não ter mais o selo faz você uma mulher tão digna quanto a que tem o selo, pois a dignidade da mulher não esta na virgindade, esta no caráter, na sensibilidade, no amor e na capacidade de gerar a vida quando decidido em comum acordo entre dois seres. Bom finalizando o texto. A relação entre aborto e virgindade é que vocês mulheres em um ato de carinho, de amor ou de atração física se entregam ao homem, este lhe tira a virgindade e vocês poderão ser felizes por horas, por meses, por anos ou pela vida toda.

Não importa! O que importa é ser feliz!

Acima citei o meu respeito e carinho as mulheres que tiveram que fazer aborto e agora também digo do meu respeito as mulheres que se mantém castas esperando o homem certo. Vocês mulheres me sensibilizam, a sociedade as querem virgens, após a perda da virgindade vocês devem se transformar em fogosas amantes e se engravidarem a culpa e só dela serão humilhadas, escorraçadas e excluídas da sociedade e se fizerem um aborto carregarão o complexo de culpa por toda uma vida. É minhas amigas, a sociedade é muito delicada com suas hipocrisias. Eu as amo por serem mulheres. De vocês eu vim ao mundo, com vocês eu convivo, com vocês eu dou e recebo prazer, com vocês formamos nossas famílias, temos nossos filhos e tentamos ser felizes. Ignorem os preconceitos, fodam, trepem, chupem os paus dos seus machos, abram as pernas, deixem que eles acariciem seus peitos, os suguem em uma ato de simbologia materna edipiana. Troquem carinhos, sacanagens, fantasias.

Vocês virgens quando acharem o homem certo, aquele que bate no coração e que te de somente tesão, e se vocês já tiverem maturidade entreguem-se, nos corredores dos prédios, nas garagens dos carros, nos motéis e nos drive-ins, no matinho. Não importa o lugar! O que importa é o prazer, é o se sentir mulher. Nós machos, os verdadeiros machos, os homens, os cavalheiros, os gentlemans as amamos.


O que me inspirou a fazer este texto foi minha filha que perdeu a virgindade com 15 anos com amor

e hoje é uma mulher de 30 anos, realizada e feliz. O meu neto que foi planejado e veio com muito amor e que se este fato não tivesse sido planejado hipoteticamente poderia ter acontecido um aborto, e teríamos matado o meu neto, a minha maior fonte de felicidade. Assunto complicadíssimo. A novela das 21 da Globo, Viver a vida que enfatiza entre outro temas polêmicos da nossa sociedade, a virgindade. Me inspirou também aquela minha amiga que me procurou desesperada querendo fazer um aborto e a alteração do ciclo menstrual da Maíra.


Obs 1º: Este homem que não quer ser humilde pede a vocês comentários de mulheres, homens, gays, lésbicas, bissexuais, freiras, padres, bispos, putas, virgens, ex-virgens, seres sedentos de amor, seres frios sexualmente, pois somos nós que povoamos o mundo.

Agradeço antecipadamente todos os comentários que vocês farão.

Iniciei este blog com o objetivo de demonstrar as injustiças que fizeram comigo. Depois falei que roupa suja deve-se lavar na calçada ou aqui neste blog, e hoje uma das coisas que muito me fascina neste blog são os comentários e as perguntas.



Obs 2º: Já passamos dos 77.000 acessos, isso é o que importa.



Obs 3º: Por respeito a você mulher, por respeito a vida não se esqueça do seu anticoncepcional, ou então do preservativo e só se entregue a quem te respeita como mulher. Se de o direito que Deus ou a natureza te dotou. Saibam que vocês mulheres tem uma capacidade de orgasmo muito superior a nós homens. Removam os preconceitos, tirem os bloqueios. Nunca deixe que os complexos de culpa vindo de hipócritas, falsos moralistas ou de homens inseguros em sua sexualidade comprometam esse seu corpo tão lindo. Você pode ser gorda, magra, alta ou baixa, feia ou linda. Isso tudo é casaca, é aparência, pois a essência, a semente esta em você.

Nenhum ser humano tem direitos sobre o outro, o que vale é o dialogo, o convencimento por lógica, por amor, ou cumplicidade. E o melhor caminho para o orgasmo é o respeito, mas não se esqueça que o primeiro que deve te respeitar é você mesma.

Se você se respeita, os outros te respeitarão.







Em meu ponto de vista ser cristão é tomar atitudes. Quem me ensinou foi o pai do cristianismo um grande cara um homem que não tinha preconceitos que não tinha templos e que não cagava regras e sua principal frase era “AMAIVOS UNS AOS OUTROS “



Oscar Maroni.

201 comentários:

«Mais antigas   ‹Antigas   1 – 200 de 201   Recentes›   Mais recentes»
Anônimo disse...

Até que enfim apareceu o dono do blog.
Otimos temas Oscar, li e reli umas 3 vezes.
Aborto é um assunto sério mesmo e esta ai mais um absurdo da religiao querer impedir que alguem decida o que é melhor para si mesmo. Um absurdo sem tamanho.
Acho que cada um deve fazer e agir da forma que pensa ser melhor para si proprio. Eu sou mulher e não sou capaz de praticar aborto, não por religião, nem por crenças, mas tenho medo daas consequencias fisicas e psicologicas. Uqerendo ou não é uma vida que né. Eu não sigo nenhuma religiao e posso dizer que GRAÇAS a isso não sou mais virgem porque guardar pra depois é perder muito tempo de prazer. Rs!!!

Anônimo disse...

Sou a favor do planejamento familiar. Sou católica, mas reconheço os excessos por parte dos nossos dirigentes espirituais.O Aborto deve ser empregado com responsabilidade e coerência. Deus deu o dom da Ciência por alguma razão... Devemos usá-lo para o nosso Bem,mas com limites.
Sexo faz parte da vida. Dogmas de comportamento são freios morais para tentar segurar aonda do ser humano, só isso.

Anna Flávia Schmitt, Rodeio,S.C.

Anônimo disse...

Maroni,

Tenho uma curiosidade que há tempos estou tentando compartilhar com você, mas não encontrava o contexto apropriado. Agora que você voltou a falar em preconceito, nos termos acima, penso que é o momento.
Você não acharia estranho sua namorada escrever num blog que transou com 2 mil homens? Não ter preconceitos inclui permissividade máxima? Como você encara o adultério, se é que esse conceito tem algum sentido para você? Você diz que comeu 2 mil mulheres, o que se conclui que grande parte destas enquanto você estava casado.
Uma amiga minha trabalhou no Bahamas com sua namorada e assistiu de perto a "troca" de posto. Mas o que ela achou interessante é que a primeira coisa que você fez foi tirar sua namorada da batalha, o que leva a crer que até mesmo você tenha preconceito em relação à "mais antiga das profissões". Ou não? Não faço a observação como uma acusação, não tenho direito e interesse nisso, mas valeria a pena você expor sua opinião sobre o tema. Penso que muitas mulheres, como eu , precisam pensar sobre um namorado com tanta predisposição para puladas de cerca .
Obrigada,
Carolina Fróes

Anônimo disse...

A garota aí em cima escreve bem. Se você tivesse um filho gay, como você conviveria com isso?

Alexandre Almendros

Anônimo disse...

Lhe mandei um e-mail, virgem...2009, leia e responda. Ou deixe algum e-mail para que eu possa entrar em contacto, obrigada.

Anônimo disse...

Alexandre, tomo a liberdade de responder: a orientação sexual é o quê menos imposta aos olhos de Deus. Deus não condena ninguém pelo o quê se faz na cama. Se fosse assim, todos estariam perdidos...
Toda e qualquer religião deve estar de portas abertas para todos sendo eles LGBTS ou não.

Anônimo disse...

A garota ai de cima escreveu bem mesmo!
Acho que ele só quis dar para ela uma vida de rainha.

Anônimo disse...

Esqueci de assinar: Anna Flávia Schmitt, Rodeio, S.C.

Ah! Outra coisa, saliento que as mulheres mais corajosas do mundo são as meninas de programa. Elas se predispõem a uma profissão super perigosa que direta e indiretamente colocam o corpo delas a risco defendendo as mulheres de família e as que se julgam como tais.

Maria Madalena foi a única agraciada a enxugar o sangue, o suor e as lágrimas de Cristo.

Anônimo disse...

Mas apesar disso tudo, sempre rezo ao Pai do Céu que chegue o dia que ninguém mais precise se prostituir.

Anna Flávia Schmitt, Rodeio,S.C.

Anônimo disse...

Quem ama não se prostitui. Só uma sociedade doentia como a nossa ensina essas garotas de programa a dizer que amam seus namorados. Amor, o verdadeiro amor, é antes de tudo auto-estima, amor próprio que não vende o corpo e a alma. Hoje, parece que acabaram os "conceitos", só existem "pré-conceitos", ou seja, você tem que ser a favor de sexo livre, 2 mil transas, ser a favor de prostituição, dizer que "tudo bem", cada um na sua. Ora, não sei de prostíbulo onde não haja corrupção, trapaça, desrespeito, droga e assim por diante... Mas, ora, tudo bem, não sejamos preconceituosos. Cada um na sua!
Seria necessário que alguém tivesse a coragem de dizer na televisão, por exemplo, que a pornografia é burra. Não é só uma questão de moral. Mas de inteligência. Uma mulher que se reduz a uma vagina é burra e incompetente.Um homem que se reduz a um pau merece o desprezo dos outros homens.
Fazer da prostituição um trabalho é uma prova maior ainda de incompetência. Estando ou não em um prostíbulo de luxo.
Por outro lado - e isso é ainda mais burro - a mesma garota que fala em autonomia, de direito, de liberdade, muitas vezes, principalmente se for gostosona, é a primeira a dar um golpe em um trouxa por aí e engravidar para ganhar pensão. O tipo loura-gostosa-namorada-de-jogador-de-futebol, na primeira oportunidade, vai engravidar ou dar entrevista para dizer que quer um filho do otário.
Respeito a Anna Flávia, por ter a clareza de dizer que reza para que ninguém precise se prostituir. Mas não concordo com ela ao dizer que as garotas de programa são corajosas. São, antes de tudo, capitalistas no pior sentido, a acabam reforçando a ideia de que tudo e todos estão à venda.

Suzanna L.Magalhães

Anônimo disse...

Maroni: você deixaria sua filha trabalhar no Bahamas ou pra ser puta só a filha dos outros?

Erly Junior disse...

Aborto e virgindade... Com esse tema vai estourar os 100.000 acessos. Que tema em amigão? Continue postando porque a NET precisa de diversidade. Um forte abraço a todos e bom final de samana. erlyjr.

Anônimo disse...

.

Anônimo disse...

GENNNTE, COMO A COLEGA Suzanna L.Magalhães REPETE A PALAVRA BURRO. SERÁ UMA TARA INCONSCIENTE PELO ANIMAL DEVIDO AOS SEUS DOTES? FREUD EXPICA TUDO COLEGA.

Anônimo disse...

Oscar, se você é tão despido de preconceitos assim, que tal postar uma foto beijando algum outro homem? ou até mesmo do seu ânus sendo penetrado! :D

Anônimo disse...

Está ai uma boa questão. Ser despido de preconceito siguinifica ter que fazer a coisa em si. Como por exemplo dar o rabo para dizer que não tem preconceito comtra os gays? Pode um homem ser bem macho e dizer que ele não tem preconceito? Ou será que para ser livre de preconceito tem que nessessariamente dar o cú? Umas questãos interessantes para por em palta.

Danilo B. disse...

Vamos por partes, aborto:

Também sou contra e a favor. Contra depois da 10ª semana e a favor antes disso.

Até a 10ª não existe feto, existe um embrião que é um esperma crescido, do tamanho de um caroço de arroz. Ainda não tem cérebro formado e, por esse motivo, não sente dor durante o aborto. Logo, sou a favor nesse caso.

Outra coisa que me irrita é esse respeito excessivo pela vida humana. "Ah, matar um embrião do tamanho de um caroço de arroz é pecado, mas matar animais que sofrem e sentem dor para comer sua carne, vestir seu couro ou pelo prazer de caçar, aí tudo bem".

Pra puta que pariu com essa hipocrisia, essa maldita arrogancia humana. Os humanos acham que Deus criou o universo todo para o seu próprio benefício, inclusive os animais. Aí criam leis baseado em suas crenças pessoais, e eu que sou ateu, sou obrigado a aceitar? Por quê?

Quem é "pró-vida", deveria parar de comer carne antes de ser contra o aborto. Hipócritas do caralho!

Agora ou ler a parte da virgindade.

Oscar Maroni Filho disse...

Maroni Responde
Comentário anônimo de 6 de Novembro de 2009
22h33min e 23h42min

Comentaram que como eu sou um homem sem preconceitos deveria tirar uma foto beijando outro homem ou que não ter preconceitos significa dar o cu e que dar o cu seria uma forma de se despir de preconceitos.
Respondendo.
Curioso, quando se fala de viver sem preconceitos aparece alguém achando que se deve dar o cu ou ter relações sexuais. Cara, parece que você alem de ter uma forte tendência a querer dar o cu ou beijar um homem é também meio lerdinho de raciocínio e não entendeu o texto. Mas olha, fica aqui o meu recado. Se você não beija um homem ou não dá o cu porque tem preconceitos entre para a turma das minhas amigas, as Bibas de Pirituba. Elas devem ter relações homossexuais por gosto, por opção de sexualidade, entendeu cara. Vá a luta.
Eu não me relaciono com homens ou pratico sexo anal somente por dois motivos, prefiro as mulheres e não tenho vontade. Não é por preconceito como parece que ocorre com você. Vá a luta cara. Se a tua tendência é o homossexualismo, seja feliz.
Abraços.

Oscar Maroni

Danilo B. disse...

Agora, tanto sobre a virgindade quanto sobre o aborto, me pareceu que vc ficou em cima do muro. Sinceramente, não combina com vc, que parece ser totalmente desprovido de qualquer hipocrisia.

Mas enfim, só estou aqui para dizer que fiz uma homenagem linda pra vc lá no meu blog e vc nem foi responder. Entra lá no www.crussificados.com.br e veja a cruSSificação do dia 4 de novembro. Lindíssima homenagem. Hahahaha

Oscar Maroni Filho disse...

Maroni Responde
Comentário anônimo de 6 de Novembro de 2009
17h28min

Pergunta se eu concordaria que minha filha fosse puta.
Obviamente não concordaria. Ela tem um poder aquisitivo razoável e não precisa vender sexo para sobreviver. Mas se eu tivesse que escolher entre a minha filha ser uma mulher fria, mal amada, sexualmente não resolvida que aos sábados tivesse que dar para o seu marido rapidinho porque a pizza chegou, se ela tivesse que usar KY porque ela não sente tesão pelo seu parceiro, se ela fosse uma mulher frustrada, ou então tivesse que ser freira, viver em um convento, enganando a si própria, em outras palavras, se ela tivesse que ser uma mulher triste eu preferia que ela fosse uma puta alegre e feliz.
Em um outro comentário perguntaram de como eu me sentiria se um filho meu fosse gay. Olha tenho três filhos macho bem resolvidos, mas se algum deles fosse gay eu iria ficar triste, não pelo fato de ele vir a ser gay, mas sim pelo sofrimento que ele iria ter nessa sociedade hipócrita, preconceituosa e que descrimina o ser humano pela sua sexualidade. OK!

Oscar Maroni Filho disse...

Maroni Responde
Comentário de Carolina Froés de 6 de novembro de 2009.
14:48

Carolina, primeiro se a minha namorada tivesse dado para 2 mil homens eu a amaria do mesmo jeito, mais até do que uma fria e mal resolvida sexualmente, pois eu gosto de mulher que gosta de sexo, que troca comigo prazeres, pode ser só por atração física ou por amor. Não importa! Mas continuo achando que o sexo com amor é o mais gostoso, não porque eu acredito que as mulheres só gozam ou sentem prazeres com amor. É que com amor e com a convivência existe a cumplicidade. Olha, eu vivo na noite há 27 anos, conheci mulheres e homens maravilhosos, conheci muitas profissionais do sexo e já me apaixonai por algumas. Não tenho vergonha de falar, pois após 58 anos de existência bem vivida conclui que amor é amor e pode ser eterno enquanto dure, Vinícius de Moraes. Sexo é uma fonte de prazer, importante, mas é 1 hora e meia do seu dia, o que importa são as outras 22 horas. Sobre a minha namorada que freqüentou o Bahamas e que a tirei da noite não sei a qual você esta se referindo, mas pode ser verdade e te digo que não a retirei por preconceito e sim porque se ela estava comigo não precisaria de uma outra fonte de renda. Sou polemico sim, gero situações de questionamentos de reflexões. E sobre alguém ai de cima que vem com aquelas ladainhas de que sexo deve ser com amor, saibam que isto é uma forma a mais que a sociedade e os machistas encontraram para reprimir a sexualidade de vocês mulheres. Vocês podem sim e devem ser livres e sentir prazer também no sexo sem amor. Essa postura moralista esconde a submissão da mulher ao porco machista que diz:
“Com a minha mulher não, ela é a santa do lar. Essas sacanagens só faço com as vadias.”
Já assisti esse filme. Enquanto ele fazia as sacanagens com as vadias, a santa do lar que também é mulher e que também precisa se sentir desejada e que também tem fantasias estava procurando alguém que não queria uma santa e sim uma mulher.
Esse meu texto e essas suas perguntas serão em breve motivo de um único texto, pois essa historia de que sexo só deve acontecer com amor é muita subjetiva e vocês mulheres ficam em uma situação delicada. Como mensurar esse sentimento subjetivo ao amor.
“agora ele esta me amando, posso dar para ele.”
Quantos homens não enganam as mulheres com juras de amor para seduzi-las.
Por favor, amadureçam. Se sintam gente, deixem de ser receptáculos de sêmen, excluam esse chavões, os tempos são outros, se dêem ao respeito e se dar ao respeito é também ser livre sexualmente.
Sobre o adultério eu digo que ele não existe, é simplesmente uma mulher ou um homem que foram buscar em outra relação o que não estavam encontrando. Faltou dialogo, faltou respeito, caíram na rotina, perdeu-se o tesão. O erro esta na mentira, no fazer escondido e com isto só se distanciam mais e a relação caminhará para o fim.

Anônimo disse...

O ser humano, de uma forma geral, é bem vagabundo e ordinário; esse negócio de matar animais para satisfazer-se e dizer que a Bíblia apóia isso é uma das coisas mais hediondas. Que vão pros quintos dos infernos esses indivíduos com suas Bíblias ou escrituras sagradas da puta que pariu. Vão tudo à merda. Em nome de todos os animais que morreram (e muitos de forma violenta) para sustentar essa escória da natureza que é o ser humano. Não tenho coragem de me matar de tanta revolta e vergonha de fazer parte dessa classe, dessa espécie; mas vivo frustrado e tentando minimizar os meus pecados.

Anônimo disse...

Oscar Maroni responda meu email, mandado hoje,
por favor. agradeço! virgem302009

Oscar Maroni Filho disse...

Maroni Responde
Comentário de Suzanna L. Magalhães de 6 de Novembro de 2009 17:14

Suzanna, o seu texto é ate engraçado. Primeiro você fala de mulheres vaginas e homens paus. É realmente, enquanto se esta trepando, fodendo ou tendo relações sexuais, a mulher saudável fica com a sua vagina ardente de desejo e molhada e os homens ficam com o pau, cacete ou pênis duro, pingando de tesão. Parece que você não conhece bem o assunto. Depois que nos, seres normais trepamos, almoçamos, jantamos, trabalhamos vemos televisão, lemos livros, conversamos com nossos filhos. Sabe Suzanna, sexo é 1 hora, 1 hora e meia. E também parece que você confunde tudo com Brasília. Lá sim é um antro de corrupção de tramóias, de trapaça. A noite ou as casas noturnas são locais aonde pessoas normais, saudáveis e em paz com a vida vão para se divertir, conhecer pessoas, beber, transar com profissionais. São as mesmas pessoas que você encontra nos supermercados, nos escritórios, nos metros e nas praças publica. Não são seres de outros planetas que só surgem para fazer outras promiscuidades.
Beijos meu amor. Viva mais se divirta mais.
Suzanna com todo respeito, te aconselho em uma dessas noite se masturbar, se dar ao prazer, ou transar com quem você deseja ou então se vista linda, perfumada, arrume um companheiro, ou ate o seu marido e sais para dançar, vá a um motel, transe, trepe, realize as suas e as fantasias dele e veras como a vida é boa.

Anônimo disse...

Claro, Maroni, que, com sua mão pesada, você só mesmo poderia dar esse tipo de resposta. Preconceituosa, e cheia de non-sense, como as fotografias que você pendurou no seu post. Fora de contexto: provavelmente as crianças na África passam fome porque as mães não abortaram. Você sim é um aborto, um aborto em termos de lógica e argumentação. Outra vez, como acontece quando você é posto contra a parede, você sai pela tangente, fala de Brasília, como se você fosse uma ratazana de outra linhagem.

Suzanna N. Magalhães

Anônimo disse...

muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

Anônimo disse...

Suzanna, ninguém é obrigado a concordar com o outro. Acho que as meninas(os) de programa são corajosos, sim. São pessoas que vendem a dignidade deles por um preço determinado,a dignidade do ser humano não tem preço. Essa classe profissional é refém de uma sociedade maluca que levou a todos eles se venderem da pior forma possível, mas também da melhor forma possível, porque mui diferentemente da maioria das pessoas eles não enganam a que vieram. Quando eles optam pelo casamento, pela maternidade e paternidade, a maioria deles opta por amor verdadeiro, e não por interesse.
Maroni,estou brava com você. Não fale das freirinhas! Conheço mulheres estonteantes que são felizes vivendo a vida religiosa.Por pouco deixei de ser uma delas... Mas penso no futuro em voltar abraçar esta caminhada.
Conheci Irmãs que foram vedetes na 2ª Guerra Mundial que usaram do poder de sedução para salvar muitas vidas.

Anna Flávia Schmitt, Rodeio,S.C.

Anônimo disse...

Acabei de voltar de um puteiro aqui na Rua da Consolação. Estou muitíssimo satisfeito por comer uma bucetinha, e a menina ficou felicíssima por ganhar uma grana ao dar a buceta... Nessa relação, todo mundo saiu ganhando (inclusive o puteirinho); só haveria perda se um terceiro (qualquer instituição do poder público) se intrometesse. O problema só existe se: enquanto a gente mete o outro se intromete. Cada vez que como uma nova mulher, o meu estado de espírito, o ânimo, a minha disposição, melhora muito. Meu combustível é sexo, as gps, por sua vez, movem-se pela grana, cada um tem a sua motivação na vida. O ruim é que há pessoas que têm como objetivo na vida perturbar a estabilidade dos outros.

Anônimo disse...

Anna, claro que você pode e deve sustentar seu ponto de vista. Coragem é uma das virtudes mais dignas, mais fortes e até invejáveis do ser humano. Coragem é uma mãe pobre sustentar sozinha seis filhos, como muitas aqui em São Paulo, e não permitir que nenhum caia na delinquência. Coragem é acordar todo dia e ter um projeto de vida que não se esgote no egocentrismo tolo e inócuo de uns tantos. Desculpe-me, Anna, garotas de programa não são corajosas, elas têm, isto sim, um estômago de camelo, basta para isso observar os clientes da maioria. Além disso,elas têm um oportunismo que, hoje, já não é tão maior que muitas por aí que posam de boas meninas, mas não passam de umas caras de pau sem precedentes.

Um abraço,
Suzanna L. Magalhães

Mari disse...

Nossa,hj to adorando os comentários!Concordo com td q a Susanna disse e acrescento,é mais facil ser puta q levantar cedo e ir à luta!Gostaria de saber tbm o que o Sr Maroni faz de caridade,de ajuda ao proximo???Postou fotos chocantes,mas tenho curiosidade em saber se ajuda aos necessitados,tira um domingo pra visitar asilos ou orfanatos,afinal,ao meu ver,ser desprovido de qquer tipo de preconceito é tbm estender a mão a quem quer que seja.Aguardo resposta

Pablo disse...

Oscar,
Ontem no banheiroo da the box voce me flou sobre essa sua nova paixao pelo blog.. achei animal e fiz questao de vir aqui dizer que eu admiro a sua coragem e personalidade..os textos sao otimoooos muito sinceros, tem que ser assim mesmo!! HAHA QUE ESSES PROXIMOS 15 OU 20 DIAS PASSEM LOGO. QUERO VOLTAR PARA A DISNEY !! HAHAHA

um abraco!

Anônimo disse...

Hj em dia tudo gira em torno do politicamente correto,mas é só fachada,pq no fundo,todos são preconceituosos,mas não dá pra escancarar,né!Basta olhar o video daquela médica tendo ataque de histeria no aeroporto,xingando tds de mortos de fome e "nego".Vai me dizer q uma vez na vida vc não pensou o mesmo??Confesso q me senti muito mal com o episódio,pq somos irmãos,mas assim como já fui chamada na rua de "loira burra",tambem já PENSEI..."tinha q ser preto"..é a vida gente!!Mas só pra que não haja dúvidas,meu marido é negro e ADORO a raça!!Foi só um exemplo q quis dar!

Anônimo disse...

Esse apedeuta, que atende pelo nome de Oscar Maroni, não poupa nada nem ninguém para se promover. Mistura alhos com bugalhos e expõe a figura de crianças martirizadas pela fome em um texto, aliás, barbaramente primário, sobre aborto. A Suzanna, acima, tem toda a razão para ver tudo isso com estupefato. Na cabeça desse auto-proclamado psicólogo, cujo texto sobre Darwin, no post anterior, é um atentado ao bom senso, misturar sua vida promíscua com assuntos diretamente ligados à barbárie da geopolítica faz tanto sentido quanto exibir sexo anal e a vulgata da vulgata da vulgata da teoria do evolucionismo. Não sei se esse cidadão é de fato psicólogo, se o é, qual teria sido a faculdade que lhe concedeu diploma. A Uniban? De qualquer forma, sua imperícia, ao articular conceitos, coloca-lhe de imediato na condição de charlatão ou impostor.

Glauce Feltrin - psicóloga

Anônimo disse...

Direto no queixo!

Anônimo disse...

Glaucinha, você não entendeu: o OM é psiricólogo - onanista ocupacional. Beleléu formado pela Faculdade Subjetiva.

Oscar Maroni Filho disse...

Maroni Responde para Anna Flavia, Suzanna L. Magalhaes e Carolina Froés.
Eu as conheço pouco, a Anna Flavia parece que é uma mulher muito influenciada pela igreja católica e política de esquerda. A Suzanna L. Magalhães parece que é moralista, não aceita a prostituição, faz comentários sobre Marias-Chuteiras e considera doentia a sociedade que aceita garotas de programa e fez com comentário muito inteligente sobre o que é coragem quando cita uma mãe que sustenta sozinha seus filhos, também diz que as fotos que eu coloquei no texto estão fora do contexto. E a terceira mulher, a Carolina Froés tem até uma amiga que freqüenta o Bahamas e comenta o que eu acho de uma mulher que teria tido 2 mil homens.
Em primeiro lugar quero dizer que tenho um carinho, respeito por vocês e pelos pontos de vista. Entendi mas não concordo. Quero simbolizar vocês 3 como mulheres para eu passar o meu recado. Esse texto fala de aborto e virgindade e teoricamente, no meu ponto de vista, são duas agressões a dignidade da mulher. Esses aspectos moralistas e esses chavões de que prazer para mulher só deve ocorrer com amor vem de uma cultura de machos porcos e chauvinistas que vêem a mulher um objeto. Esse amor para sentir o prazer é hipócrita, é falso e é uma forma de manipular a sexualidade de vocês mulheres através da historia. Vocês mulheres tem os mesmos direitos que nós homens, inclusive o direito ao prazer e orgasmo, mesmo sem amor. Um símbolo disso é a garota de programa que muitas vezes goza e não tem amor pelo cliente, ou o oposto, uma mulher idosa que não se motiva pelo sexo, mas continua amando o seu parceiro. Então que fique claro, sexo é sexo, amor é amor. Se os dois acontecerem juntos é melhor, mas para vocês mulheres
pode acontecer separadamente. Vocês podem gozar, ficarem de vaginas molhadas, sentirem tesão sem amor e sem complexo de culpa. Ok!
Na noite de sexta para sábado, eu e Maíra e um casal de amigos fomos a uma balada chamada The Box, bebemos, dançamos, demos risadas, voltamos para casa, transamos, sentimos os prazeres do físico, os sabores do amor, as silhuetas a se movimentar sensualmente em meio as sombras e luzes e agora a noite eu e Maíra, destruídos jogados no sofá comendo um misto-quente com Toddy, olho para esta mulher ao meu lado que esta com suas pernas entrelaças nas minhas, os cabelos emaranhados, o sorriso nos lábios e eu digo à ela:

“Já percebeu que nós somos dois em um, que vivemos agarrados, penetrados um no outro, as narinas se cheiram o dia inteiro, os cheiros sintéticos dos perfumes, os cheiros naturais vindos dos nossos corpos, o suor durante as transas, a troca de saliva no beijo, a penetração deliciosa, os gemidos do orgasmo e depois de mas de 1 hora e méis de transa e após deliciosas gozadas o corpo vazio de sexo sentimos prazer de estarmos juntos e os nossos espíritos se entrelaçam platonicamente?”

Eu penso que amor também é quando após o orgasmo físico sentimos prazer na alma de estarmos juntos. Caminhar de mãos dadas pela praia, termos planos de vida, fantasias sexuais na cumplicidade e se não houvesse o amor entre eu e ela porque que o prazer nela ou em mim teria que ser errado, pecaminoso ou condenado pela sociedade?
Reflitam!!!

Obs 1: Sobre as fotos que a Carolina Froés diz que não tem nada haver com o texto ela não entendeu. Essas fotos dessas crianças me incomodam e me tiram à paz. Carolina, a África é uma das maiores demonstrações da vergonha humana aonde o domínio principal se dá por religiões e políticos autoritários ditadores que se mantém no poder pela força, pela guerra, pelo pânico na população e por chantagens religiosas. Conheço boa parte do mundo e vi isso na África. E essa miséria também foi instalada por paises europeus brancos que exploravam os negros na época da escravidão com o apoio da igreja católica.

Anônimo disse...

OM entrou aqui,respondeu quem o enfrentou,mas ainda não respondeu às minhas perguntas!Aguardo!!Mari

Anônimo disse...

Oscar, você é redator da revista Caras? Ou é autor daqueles romancinhos americanos que vendem em banca? Você descrevendo transa é igual a cantor de bolero bêbado. Chama o seu motorista, o Lindomar Castilho, e faz uma menage-a-trois.

Oscar Maroni Filho disse...

Maroni Responde Glauce Feltrin - psicóloga

Glauce, se voce realmente é psicóloga consulte um pouco aspectos da profissão referente à ética, pois a sua postura de por em questionamento a minha pessoa e as minhas atitudes em relação à profissão é no mínimo antiética. Se você possui alguma duvida sobre a minha formação ou minhas posturas você deveria no mínimo me denunciar a um órgão competente de fiscalização na área da pscicologia, como o CRP, Conselho Regional de Psicologia e ali fazer denuncias. Não é ético fazer comentários sobre um colega nas condições publicas em que nos encontramos. Ao agir dessa forma você esta sendo desonesta para com a profissão e para com seu colega. Você como uma psicóloga, deve ter estudado e ter conhecimento das varias correntes dentro da psicologia, e que psicologia não é matemática. Aqui, Oscar Maroni, psicólogo pode ter abordagens e ponto de vista que divergem do seu e isso não lhe dá o direito de desrespeitar o meu ponto de vista, quando muito você pode questioná-lo, pois você tem sua opinião, eu a minha. Carl Gustav Yung (pai da Psicologia Analítica) tinha posturas diferentes de Freud. Freud tinha conceitos diferentes de Skinner. Teorias de Freud são questionadas. No século passado existia a lobotomia e clientes eram tratados com eletro choques. Percebe a diferença dos tempos e de posturas?
Humildemente tenho consciência que não sou, nem mesmo de longe, a grandeza destes gênios da psicologia, mas é só para você perceber como pontos de vista existem e que aqui nesses textos discutisse principalmente valores morais e que são muito subjetivos nessa sociedade. Muitas das minhas considerações são mais de fundo filosófico. E agora falando de ser humano para ser humano ou de internauta para internauta. Estou usando desta fabulosa maquina chamada internet, neste blog com o objetivo de me expor, trocar idéias, pensamentos, sensações e interrelaçoes pessoais.

Oscar Maroni Filho disse...

Oscar Pergunta
Mari. estou em duvida sobre a sua pergunta, nao achei na relação. Coloque novamente.

Tem tambem um comentario que intitula da Virgem 302009 que me meandou um email. Gsotaria que esta virgem, se for o caso relatasse suas perguntas aqui no blog. Pode ser ate anonimo e eu acho que fica melhor pois ai outras pessoas tambem poderão fazer comentarios e eu considero isso o grande barato deste blog.

Anônimo disse...

Senhor,

Você não é um colega, e jamais será. Se foi, envergonhou nossa classe, pois deve ter reduzido ciência a obscurantismo ou a puro impressionismo. Basta ler sua resposta para ver a fragilidade de seu raciocínio: para defender o besteirol que você escreveu nos dois posts referidos, evocou as figuras de Freud, Jung e Skinner, os quais você deve ter conhecido na Enciclopédia Barsa.
É de uma humildade de fato muito generosa você se reconher distante deles... Ora, senhor, vá fazer análise ou volte para a Escola, onde lhe ensinarão os rudimentos da ciência ou pelo menos a folhear o Dicionário de Laplanche & Pontalis.

Glauce Feltrin - psicóloga

Anônimo disse...

Essa mulher é boa de porrada.

Oscar Maroni Filho disse...

Maroni Responde Glauce
Senhora Glauce, lhe pergunto que direitos, quais posturas e quais são os seus critérios de analises sobre os meus pontos de vista. Você deve ser mais uma dessas mocinhas recém formadas inexperientes e que achaque porque tem um diploma na mão e leu alguns livros de psicologia já se acha gabaritada para fazer analises e questionar o meu ponto de vista. Saiba que psicologia também é vivencia, experiência e reflexão.
Gostaria que você citasse o estado ou ate a cidade de onde é o seu CRM ou aonde você esta registrada como psicóloga, pois eu quero fazer uma representação contra a sua pessoa por aspectos éticos. Sinceramente considero que você não é psicóloga. É muito prepotente, é muito dona da verdade e ai percebe-se que não enxerga um palmo alem dos seus livrinhos. Senhora Glauce, tenho aqui 80 mil acessos neste blog, concordo que alguns podem e devem divergir do meu ponto de vista. Insisto, encaminhe seu CRM para que eu possa fazer uma representação e ai você fazer a sua defesa.
Exijo respeito pela minha pessoa, pela minha formação acadêmica e pela faculdade em qual fui formado. O meu endereço é rua dos Carinás, 612 bairro de Moema em São Paulo-SP Cep 04086-011.
Se tiveres ética me enviará por correspondência seu CRM.
Meu registro é da cidade de São Paulo, sou formado pela universidade Paulista UNIP e sou a segunda turma de formandos de minha Universidade.
Exerci durante 6 anos e dei aulas de Psicologia Experimental por 2 anos.

Obs: Tentarei localizá-la através de seu nome e sobrenome no CRP, pois você deve saber que o processo inicial se dá com uma representação junto ao Conselho Regional de Psicologia e o próximo passo é uma representação na esfera criminal. Como aqui estamos em um blog e o que você diz pode ser anônimo eu estar usando nome falso por isso peço que encaminhe por correio as suas afirmativas são graves e terás que arcar com a responsabilidade das suas atitudes.

Anônimo disse...

Pra Manage-a-trás eu vou querer hora-extra.
Lindomar Castilho

Anônimo disse...

Senhor,

Lamento pelos seus alunos. Com tanta truculência, você deve tê-los trancado em seu laboratório e submetido-os a uma lavagem cerebral com a leitura de alguma apostila de sua autoria.
Prepotente é você que exige meu CRP sem adiantar o seu. No CRP-SP, você não está cadastrado.
Por enquanto, até prova em contrário, você é um médico-monstro, vítima de uma lobotomia. Ah, por que você usa a segunda pessoa? Para parecer mais formal ou essa é mais uma das suas fantasias suprematistas? À distância, parecem as mesmas que você utiliza para caluniar quem se atreve a contrariá-lo.

Glauce Feltrin - psicóloga

Anônimo disse...

Também achei a mulher muito prepotente. Ela até que falou com eloqüência, mas pisou no tomate ao partir para ofensas. Não soube se manter no nível elevado de educação para expor seus pontos de vistas e de discordâncias. Vai mais maneiro de outra vez que você vais se sair melhor, ‘doutora psicóloga’. Tenho pontos de convergência e divergência em relação ao Maroni; mas vou respeitá-lo em qualquer circunstância. Vejo que a maioria se mostra desequilibrada ao criticar o Maroni. No fim, acabam perdendo a razão.

Anônimo disse...

‘Opus 6’
Anna, o Serviço de Inteligência Religiosa do Vaticano (‘Opus 6’) vai recrutá-la para missões secretas aqui mesmo no Brasil (Em SP). Você, no papel de freira, usará o seu poder de sedução para descobrir o que há por trás (e pela frente) de algumas religiosas das novas ordens. Já lhe podemos adiantar que o Primeiro Ministério dos Abades Independentes da Ordem de São Paulo está fazendo uma coligação sacrílega com as Irmãs Augustianas (do Setor Bela Cintra). Contamos com sua habilidade e seu carisma (e principalmente poder de sedução) para desvendar todo o mistério, revelando-nos o segredo das novas ordens e tudo o que eles e elas fazem às escondidas de Deus. Sabemos que você irá se entregar a esta missão de alma e corpo. Temos certeza de que muito mais corpo do que alma. Confiamos em você, pois é a nossa principal ‘freira-agente’. Aguarde, faremos contatos.

Anônimo disse...

Olha, acho que o Maroni tá muito mais para ouvir elogio do que crítica. Ele não para com essa coisa besta de a todo momento dizer que é psicólogo. Isso demonstra uma insegurança nele muito fodida. Tenho dois primos que são psicólogos, um estudou em Londres, e nunca ouvi um deles falar do título. Penso que a psicóloga aí em cima deve ter ficado puta com essa mania dele. Talvez ela tenha exagerado um pouco na mão, mas acertou em várias coisas.

Anônimo disse...

AS GAROTAS DE PROGRAMAS SÃO CORAJOSAS,FORTES,FELIZES E REALIZADAS SEXUALMENTE E ANNA COMO VC MESMA FALOU CONHEÇEU DUAS FREIRINHAS QUE JÁ USARAM SEU PODER DE SEDUÇÃO P SALVAREM,EU TAMBÉM JÁ SALVEI,QUANTOS HOMENS CORNOS VÃO AOS PUTEIROS QUERENDO SE MATAR E AGENTE FAZ ELES FELIZES E IMPORTANTES,ASSIM TAMBÉM AJUDAMOS O PRÓXIMO!!EXISTEM GAROTAS E GAROTAS!!!O QUE IMPORTA É O CARÉTER DE CADA UMA!!!NÃO PODE GENERALIZAR!!!

Anônimo disse...

Inclusive, imagino que todos nós estamos mais para ouvir elogios do que para críticas. Mas devemos exercitar cada vez mais a nossa paciência em aceitar as críticas e não nos envaidecermos (demais) com os elogios. Agora, quanto ao Maroni, poucos ainda não sabem o quanto ele é meio exibicionista (eu, apesar de ter certa admiração por ele, estou ciente de que exibicionismo é o seu forte. Ou deveria dizer: ‘o seu fraco’?). Eu o vejo mais parecido com o ‘Luís XVI’, um rei mais bonachão, mais engraçado, do que o ‘Luís XIV’, o ‘rei-sol’, mais autoritário e bem mais prepotente. O problema é que as pessoas, tão cansadas de prepotência e arrogância, acabam querendo guilhotinar o pobre coitado que tiver na vez. Sinceramente não tenho visto (em entrevista para tv e mesmo aqui no blog, salvo aquela vez que ele quis cortar os comentários hilários) prepotência da parte dele; tenho visto só um exagerado (mas muitíssimo engraçado) exibicionismo. Eu o vejo mais como uma pessoa que foi frustrada em alguma fase de sua vida e agora extravasa; mas nada que perturbe as pessoas. Eu, sinceramente, não o invejo em nada; muito pelo contrário, fico até contente de que alguém tenha carros, casas e fazendas e tenha comido um monte de mulheres. O que eu tenho de fazer? Lutar para comer um monte de mulheres (e se puder também ter uns carrões e casonas). Se ele não pisar em nós pequenos, por mim tá tudo bem. Acho que deveríamos nos preocupar mais com nós mesmo, do que com a autopromoção do Maroni. No que ele pode incomodar tanto? Acho que ele até nos favorece, pois a manutenção desse blog nos dá uma ótima oportunidade de interagirmos entre nós, com comentários das mais variadas espécies. Ele pode se achar, e se dizer, Deus, mas não sou em quem vai ‘endemonizá-lo’, ‘satanizá-lo’. Ele, pelo que vejo, tá aqui pra net, assim como Enri Cristo está para as igrejas evangélicas. Para mim é tudo uma piada.

Anônimo disse...

As palavras do colega acima foram as mais inteligentes que já li neste blog. De fato, o Maroni é bonachão e inimputável, como as crianças, os muito idosos, índios, entre outros. O OM é o Eric Cartman, o gordo do South Park: egoísta, truculento, manipulador, racista, anti-semita e... adorável. Ás vezes o OM é aquele professor dessa cidadezinha do Colorado, o que manipula um fantoche dele mesmo e conversa com o boneco.
Graças (provavelmente de forma involuntária) às aberrações que o OM escreve aqui, rimos das fraquezas humanas, dos seus desvãos, das suas pequenezas, mas também nos vemos nesse grande espelho deformador que é o OM. Só por isso. ele merece 100 anos de perdão. Que Deus te guarde, OM.

Anônimo disse...

Sabe qual o problema de muitas mulheres? É não assumir completamente a sua opção de não botar sua buceta a juros, quero dizer, de não botar sua buceta para render. Se as garotas de programa não se importam de ‘se doarem’, ou ‘se venderem’, ou melhor ainda, de ‘se alugarem’, para a satisfação de nós machos, por que as outras têm de se meterem? Porque, acho eu, elas invejam o ganho (remuneração) mais rápido(a) das gps. Elas, por certa inveja, querem que as outras ‘se fodam’ verdadeiramente. As gps trabalham sim! A questão é que elas ganham mais, são mais bem remuneradas, do que as exploradas em muitos empregos ditos ‘convencionais’. As invejosas e covardes não aceitam que as gps de um puteirinho vagabundinho ganhem de trinta a quarenta reais a hora. Elas, as invejosas e covardes, querem ver as outras sendo exploradas por patroas domésticas; querem ver moças trabalhando em casas de família para ganhar num mês o que uma gp de um puteiro simples tira em aproximadamente doze horas de serviço (dois ou três dias de trabalho). Mulheres invejosas e covardes: vão se fuder!
(E vocês, ‘puritanas’, não venham com essa conversa de que não são ‘covardes’ porque enfrentam a vida acordando cedo para trabalhar. Se isso lhes convence, tudo bem, continuem assim; mas não têm motivos para criticar as outras, basta continuarem na dureza que vocês escolheram; e, as gps, continuarem na dureza delas. Cada mulher que pegue no duro do jeito que quiser e não encha o saco de ninguém.)

Anônimo disse...

Já vi traficante usando o mesmo argumento que o cidadão acima: trafico porque não vou trabalhar pra burguês.

Anônimo disse...

Primeiro lugar, em minha opinião o traficante não é um criminoso! Essa é a minha opinião e tá acabado. Onde está o crime? No uso? Em minha opinião também não. O crime está em não segurar sua onda, em não sustentar o seu (dele) vício e depois vir perturbar os outros. Uma coisa (a droga) inevitavelmente leva a outra, a droga necessariamente leva à perturbação da ordem, ao prejuízo de terceiros? Não! O drogado que se foda (ou não); não tenho nada a ver com o vício dos outros, não tenho nada a ver com quem vende ou com quem usa. Ponto final. Só se me (nos) roubar para usar é que a pessoa deveria tomar paulada e ser isolada definitivamente. Pronto, simples. Quanto ao cidadão que disse que o argumento do traficante se assemelha ao da gps, acho que a insubordinação dele (do traficante) tá valendo, é justa, sim. (Eu acho isso mesmo, e só espero que os poderosos não queiram me processar e prender por ter essa opinião.). A questão é até onde poderia isso poderia ser levado, até onde isso poderia ser estendido? Poderia uma pessoa roubar, furtar, fraudar, enganar... para não ter que trabalhar para burguês? Acho que aí é que não. Mas se insubordinar em muitos casos (em minha opinião) é legítimo. Por exemplo: prostituir-se (se é que se pode dizer que isso seria insubordinar-se), virar vendedor ambulante... E eu sei que isso vai chocar a ‘opinião pública’, mas vou dizer: e até comercializar droga. Eu não vejo o traficante como inimigo meu ou de minha família. Uso ou vendo drogas? NÃO! Tenho filhos (filhas)? Tenho. Gostaria de que ele(a)s usassem ou vendessem drogas ou qualquer substância ilícita? NÃO! Porém, não acho que o caminho é a ‘força pública’ (o ‘poder público supremo’) impedir a comercialização de substâncias ilícitas. Acho que essa prepotência (na verdade uma violência) ocorre porque os argumentos dos pais e dos ‘formadores de opinião’ são péssimos; as pessoas não conseguem convencer do contrário, aí usam a força, querem dissuadir no grito. Não uso drogas porque não me convence, porque os argumentos de meus pais me convenceram a não usar; e conto com os meus argumentos para que meus (minhas) filho(a)s não usem também. Agora me perguntem se eu conto com o poder público para me auxiliar no afastamento de meus (minhas) filho(a)s das drogas (???). Pra mim tem que ir à merda tanto o poder público quanto os traficantes. O primeiro por ser autoritário, o segundo por ser espertalhão, aproveitador (aproveitador/espertalhão, só isso). Distância dos dois, se possível. Poder público: só para Saúde, Educação, Habitação, Transporte... Mas onde se encaixa a Segurança Pública? Para os crimes já elencados: Roubo, furto, agressão, fraude... (De forma geral, força só contra força; argumento contra argumento. Os traficantes podem falar o que quiserem de lá, que eu falo aos meus filho(a)s daqui. Aí, o argumento melhor que vença.). O que eu acho de vendas de substâncias ilícitas? Para mim não é crime...

Anônimo disse...

...Prostituição e incentivo a esta, bem como sua intermediação? Também não é crime, por mim nada disso seria considerado crime. Crime só quando um está ludibriando, extorquindo ou obrigando outra pessoa a fazer algo contra a sua vontade ou privando-a de fazer (se o que o referido ato não implicar em verdadeiro prejuízo ao outros). Pode (deveria poder) uma pessoa se matar ou usar droga até não agüentar mais? Deveria poder. Acho só que as pessoas deveriam ser dignas e não deixar dívidas nas costas dos outros antes de se matarem. Só isso. Mas voltando argumento do advogado dos burgueses: os espertalhões querem que os pobres se curvem, humilhem-se, sujeitando-se aos patrões exploradores. Quem me causa mais nojo? Um ‘comerciante de substâncias ilícitas’ ou um patrão explorador? Não tenha a menor dúvida que o segundo, pois o primeiro, enquanto ‘comerciante de substâncias ilícitas’, não vai me causar prejuízo algum; para mim é indiferente a existência ou não do primeiro. Como me livrar do primeiro (enquanto comerciante de drogas)? Com minha consciência e desprezo pelas drogas. Como livrar os meus (minhas) filho(a)s deles? Com os meus ensinamentos e com o interesse deles em ouvir-me. Preciso do poder público para me afastar das drogas? Só uma sociedade muito doente vale-se de poder público (polícia, MP, Forças Armadas e o escambau) para acabar com ‘traficantes de drogas’. Tem mesmo que ser uma sociedade tão bosta igual a esta, que tem Luciana Ginenez com ‘formadora de opinião’; uma sociedade tão merda que acredita em Deus e tem nas ‘sagradas escrituras’ o caminho da salvação. Uma sociedade tão podre onde o MP tem a pachorra de interferir na educação familiar e OBRIGAR os pais a colocarem seu filhos em colégio para ensino regular sob o pretexto de ‘abandono intelectual’. Ah! Vá pra puta que pariu, todos vocês que se intrometem na vida dos outros! Qual é minha obrigação? Pagar impostos e não perturbar ninguém (e na minha vizinhança ninguém tem queixa de mim; não incomodo ninguém). Qual é o núcleo ‘imexível’ de uma sociedade? A família. Se esta estiver ruim, meu amigo, já era! Cabe ao poder público APENAS dar condições às famílias de educar, mas não determinar normas nenhumas de conduta. Que normas seriam essas? Não usar droga, por exemplo. A cada um, uma atribuição: aos pais, ensinar; aos filhos, ouvir e aprender; ao poder público, garantir a inviolabilidade do lar; e, ao pessoal daí de fora da família, tentar seduzir para por em prova os argumentos, ensinamentos, dos pais e a capacidade de aprendizagem dos filhos. Enquanto o campo de batalha, para convencimento, mantiver-se no campo do discurso, que vençam os melhores discursos sem o uso da força. Força só contra força. Mas acho que os pais e os caras do governo (do Estado) são tão incompetentes que têm de apelar para a violência mesmo e cair de porrada em cima dos ‘tenebrosos traficantes’. Traficante é bem vagabundozinho, não tenha dúvida, mas acho que é bem menos do que muitos ‘burguesinhos’ na categoria de patrões e que são garantidos pelo Estado. Racinha vagabunda!

Anônimo disse...

...E outra coisa: agora o Maroni até vai ter que me desculpar, mas acho que esse negócio de conversinhas com psicólogos a torto e a direito uma tremenda babaquice. Psicólogo, aliás, psicóloga, pra mim é puta. É verdade. Pra mim, pra eu me sentir cada vez melhor, nada como uma boa passada na zona pra dar uma trepada. Só isso. Em alguns casos, para algumas pessoas, pode até ser de alguma ajuda conversinhas com analistas (em casos extremos). E livrinho de auto-ajuda? Isso pra mim é piada. Religião? Outra piada. Só vale a putaria? Claro que não. Vale aquilo que pode motivar e estimular a pessoa, mas cada um deveria descobrir por si só o que as motiva. Essas pessoas que vivem se apoiando em psicanalistas, livro de auto-ajuda, pastores de igrejinhas evangélicas ou ‘personalidades’ que estão em evidência na mídia são tão imbecis que sei lá, viu!? Seria eu quem teria respostas às perguntas das pessoas e em mim que elas deveria se apoiar? Obviamente que não. Seria o Maroni, a solução para os problemas delas? Também acho que não. Seria outro sujeito, digo, profissional, que possuísse o ‘CRP’ (ou coisa que o valha)? Em minha opinião, acho que não. Acho que elas mesmas têm que procurar suas respostas sozinhas. Amém?! Amém!... No fim viram todos uns ‘cordeirinhos’ dos que se projetam em algum tipo de palanque. Continuo mandando todos os ‘formadores de opinião’ tomarem no cu!

Anônimo disse...

Quem sou eu?
Resposta: O 'Cidadão acima' (‘acima’, no que se refere à seqüência de comentários) do nobre cidadão que comentou às 2:43; portanto, há de se deduzir que meus comentários foram às 2:35, 4:51, 4:54, 5:24 e agora, horário que eu ainda nem sei qual vai ser (rs rs rs...).

Lila disse...

esse simpático senhor q postou sobre mulheres terem inveja de prostutas só pode estar com algum distúrbio!Vc fala isso pq provavelmente não é sua senhora e nem sua filha que é puta!Quero ver vc ser corneado todo dia com 5 homens diferentes se vc vai ter essa postura...Como dizia meu pai "comer minha mãe todo mundo quer,mas dar pro meu pai não parece UM"...Na casa dos outros tudo pode!!

Anônimo disse...

O senhor metralhadora giratória MAG .45 das mensagens em série adota, sempre que vem aqui, uma atitude "pour épater le bourgeois", como se também ele não fosse um burguesinho do Colégio Bandeirantes. Trata-se de mais uma personagem na sala de espelhos do Circo do Maroni. Este é o parlapatão-mor cercado por 1200 simulacros.

Oscar Maroni Filho disse...

Oscar Pergunta Para
Glauce Feltrin- Psicóloga

Doutor Glauce, tenho um furúnculo ao lado do ânus e hoje cedo minha companheira Maíra com um algodão e uma pinça espremeu o furúnculo. Saiu pus. Quando vi aquele pus comecei a pensar em você Doutora Glauce. Depois eu e Maíra com duas raquetes elétricas, aqueles de matar moscas saímos tentando exterminá-las com choques elétricos que vem das raquetes. Depois de matar 4 moscas e Maíra matou duas fui para a frente do espelho e olhei o meu físico e me senti muito bem pois voltei a fazer academia. Pergunto. O fato d e eu pedir para Maíra espremer o meu furúnculo, tenho alguma tendência ao homossexualismo? O fato de eu ter matado eletrocutando 4 moscas e Maíra duas me da o direito de considerar que os machos ou homens são superiores as fêmeas ou mulheres? E finalizando. Ao me olhar no espelho sou uma pessoa exibicionista?
Gostaria imensamente que você que sabe de tudo, que entende de tudo e que com meia dúzia de palavras tem a capacidade quase que milagrosa de fazer avaliações clinicas me dissesse se eu devo ou não procurar seu consultório para começar a fazer terapia, pois essa sua capacidade excepcional de analisar e fazer criticas as pessoas é um dom que deus lhe deu ou deve estar em alguns dos seus livrinhos de psicologia simplista e barata. Agradeço antecipadamente se você puder atender humildemente este medíocre, pequeno, burro, e analfabeto psicólogo.

Oscar Maroni Filho disse...

Gostaria de deixar claro que este blog tem por objetivo a exposição de opiniões sem regras e sem normas, usando o que eu considero de mais importante na internet, liberdade de expressão. Acho muito interessante quando aqui surgem opiniões das mais diversas. Desde o rapaz que trepa com algumas putinhas em alguns prostíbulos da Consolação e defende esse direito, ou o rapaz que encontrei no banheiro da balada The Box sexta-feira que fez um comentário elogiando o meu blog, aqui já te agradeço.
As opiniões divergem como eu já falei diversas vezes “opinião é igual a cu, cada um tem a sua”
Gostaria de ouvir comentários um pouco mais maduros sobre este meu ultimo texto. Sei que toquei em tabus ao mexer com religiões ou cutucar feridas da sexualidade feminina. Mas sinceramente gostaria de ouvir comentários sobre o quanto as religiões podem ser nocivas ao ser humano e a sociedade no instante que prega a passividade e a submissão a dogmas idiotas. E comentários também sobre amor e sexo pois em seis anos de consultório estes ouvidos ouviram o quanto vocês mulheres se frustram com a sexualidade hipócrita e a repressão sobre os seus impulsos do sexo dirigidos ao prazer.
Não sou, não quero e não concordo em ser visto como um carneiro neste rebanho conduzido por um pastor. Tenho cérebro, neste cérebro conteúdos, tenho livre arbítrio e quero questionar o pastor. Os tempos são outros. As religiões tem que se adaptar a sua época. E as mulheres não são objetos sexuais nas mãos dos homens. Este blog tem e terá o objetivo de quastionar.

Erly Junior disse...

Uma discussão muito interessante surgiu neste blog a respeito de prostituição. Minha gente... a prostituição, hoje, não só é legalizada no direito positivo quanto também na maioria maciça de nossa população. Pois, pense bem, a prostituta pode contribuir na previdência social como autônoma, a prostituta tem sua função reconhecida nos principais bancos de dados de instituições públicas (são tratadas de meretriz), entre outros beneficios que recebem, portanto elas não precisam se legalizar para ter respeito. Elas tem respeito, implícito da maioria dos brasileiros. Claro que sempre vai existir quem discorde, seja por questões morais ou religiosas, mas o fato é que temos que nos adequar a essa realidade, pois a profissão é mais antiga do qualquer outra nossa, né? um forte abraço a todos. erlyjr.

Anônimo disse...

A maior das fomes é a espiritual. Os homens criaram a iniquidade e não Deus, que nos presenteou com os seus campos e a sua Glória. Acima de sua cabeça há um Deus, senhor dos furúnculos, e mesmo você, na sua horrenda desfiguração, será por Ele julgado um dia. Você é bem menos que a matéria purulenta que seu corpo imundo expeliu do seu ânus; menos que os insetos com quem você não consegue conviver, embora seja um deles, sua barata esbranquiçada e acanalhada. Portanto, não se atreva a julgar a Igreja, instituição que você não conhece e onde nunca pisou. Como também não conhece o significado da fome, a que vitimou as crianças que você expõe como bibelôs em seu mundo de podridão, tudo por conta de um capricho exibicionista e criminoso.
Continue no seu antro, como continuaremos em nossas Igrejas, e nenhum pastor irá criticá-lo, até porque você não merece a saliva gasta para isso.

Fábio Emerich Assunção

Anônimo disse...

Fabio......não perca seu tempo aqui no blog do nosso idolo.......pois se voce ainda nao leu......OPINIAO É IGUAL A CU>>CADA UM TEM A SUA!!!!!
Se voce não quer gastar saliva para criticar maroni, porque gasta entao seu tempo, seu teclado....ai ai ai ja ta na hora do culto!!!
Deixa eu ir levar o dizimo p pastor...já volto!!!

Anônimo disse...

Acreditar em Deus nao tem nada haver com a biblia, muito menos com o que o pastor fala. Tem gente que não precisa buscar a verdade dentro das igrejas pois sao auto suficientes para enxergar e sentir o que é a verdade de fato!
Deus é um só.
Quem voces pensam que sao para querer julgar um outro alguem, quem voces pensam que sao para axincalhar quem nao lhe faz gosto.
Parem com isso! Que perda de tempo!
A vida é muito mais que isso aí que voces estao falando.

Anônimo disse...

Alguém escreveu que o Maroni é o Eric Cartman, o gordo do South Park, mas depois dessa delicadeza dele contar que tem furúnculo no cu, só mesmo lembrando do Marronzinho, um dementado que foi candidato a presidente em 1989.
Assistam a um vídeo com esse grande homem, e digam se não é a cara e o espírito de porco "Maronizinho":

http://www.youtube.com/watch?v=4m_zKo3Uimw

Anônimo disse...

Maronizinho, você vai se lançar a candidato à presidência da república? Qual seria sua plataforma política? Casa de massagem seria empresa estatal? O Bahamas receberia algum subsídio?

Anônimo disse...

Maronizinho, o Alvorada tem esse nome porque é uma espécie de campo de tiro ao alvo? E o Planalto? São os projetos da alta cúpula? E o plano piloto? Uma homenagem ao Ayrton Senna? E a Esplanada dos Ministérios? O encontro dos ministros no parlatório para expor suas ideias?
"Revista à Guarda" é apalpar soldado no meio da rua?
No seu plano de governo, tem um lugarzinho aí para o "Dia Nacional do Furúnculo"? O Bahamas seria a Nova Casa da Dinda?

Anônimo disse...

Maronizinho, só queria saber se,na condição de "barata esbranquiçada e acanalhada", você se sente discriminado como minoria?

Anônimo disse...

O internauta que disse que o Maronizinho é "inimputável" , tome lá muito cuidado. O candidato vai pensar que é alguma coisa como supositório, pois ele dá muita atenção pra essa parte do corpo dele.

Anônimo disse...

Maronizinho, você endireitaria a ‘Granja do Torto’? Ou você acha que a granja deve continuar sendo do torto mesmo, para que os pintos continuem com suas leves inclinações sejam para a esquerda, sejam para a direita?

Anônimo disse...

Tua mulher que vá se acostumando: hoje ela limpa furúnculo do teu cu, amanhã, tua fralda geriátrica, velho safado e porco.

Anônimo disse...

NOSSSSSSA!!! QUANTA BAIXARIA ESTE ÚLTIMO COMENTÁRIO. VÁ TE BENZER BAIXO ASTRAL.

Anônimo disse...

E os elegantes comentários das bibas de Pirituba, heim? Elas andam meio sumidas. O Maroni precisa dos seus incentivos. Elas não têm nenhum remedinho para furúnculo que possam receitar para ele, tadinho?

Anônimo disse...

Os gays e bibas de Pirituba são lords perto desse excremento.

Anônimo disse...

Leitores deste blog, sou sociólogo e professor.
Li comentários no blog do Sr. Maroni e fiquei curioso. Hoje eu entrei, li e reli vários textos e alguns comentários. Esse homem é um gênio, ao ler o texto em que ele faz um deboche a Psicóloga Glauce Feltrin me arrebentei de tanto rir. A ironia do furúnculo na bunda somado ao matar 4 moscas é uma genialidade irônica de tirar o chapéu. No tocante, aborto, virgindade e religião esses temas, principalmente religião, existe uma profundidade no seu texto. Realmente, na formação desses povos a religião e a política como formas autoritárias os coloca em séculos de atraso sobre a humanidade. Maroni, continue a sua linha de raciocínio e suas analises, não são comuns, as pressões são e serão grandes, mas precisamos em nosso país de literaturas mais ousadas e desvinculadas de regras pré-estabelecidas. A sua proposta de conduzir leitores deste blog a reflexões de temas polêmicos é muito boa.

Anônimo disse...

Não sou sociólogo mas me impressiona a capacidade do Maroni de levantar textos que eu nunca havia pensado. Aqui em São Paulo no escritório onde trabalho, nas primeiras horas do dia o tema são os textos e a cabeça do Maroni. Não sei se ele é gênio, mas comum ele não é.

Anônimo disse...

Sou vidente e vejo que o próprio Maroni e asseclas escreveram os dois últimos textos. Os textos são inautênticos e, o primeiro, conduz ao raciocínio tresloucado, de que escatologia, no sentido excrementício, é escatologia, no sentido axiológico ou epistemológico.
O sociólogo-psicólogo traz em sua escrita o traço da sintaxe de nosso herói pantagruélico.

Anônimo disse...

Ah ah ah... Esses aí de cima é que são gênios da comédia ah ah ah... Também estou me acabando de tanto rir. Sutileza e ironia nota dez.

Anônimo disse...

Aliás, esses três aí.

Anônimo disse...

O Maroni deveria deixar de lado esse negócio de puteiro e abrir um circo.

Danilo B. disse...

Qual é, OM? Vai processar uma mulher só porque ela é idiota?

Pra alguém que fala um monte de merdas sem se preocupar com o fato de estar ferindo a inteligência, moral ou honra de alguém, vc até que está sendo bem preconceituoso, hein?

Ignore as criticas, porra! Ou as rebata, mas sem perder a linha.

P.S.: Pelo amor de deus, continue falando suas merdas a vontade. É da hora ver os moralistas histéricos te xingando aqui. hahahaha

Danilo B. disse...

Fábio Emerich Assunção, vai tomar no seu cu largo vc e esse seu discursinho nazista de católico! Vá tomar no cu vc e sua igreja!

Oscar Maroni Filho disse...

Maroni Comenta.

Se sou gênio não sei, se sou louco não sei, mas sei que é um tesão ver tanta merda, tantas coisas boas e tanta liberdade de expressão. Mas o grande tesão que me deixa com o pau do espírito duro é que nos temos uma media de mais de 1500 comentarios e já ultrapassamos 79 mil acessos. O idiota aqui ou gênio, pois não importa a opinião que emitem sobre a minha pessoa. O importante é que eu alcancei o que me propus cutucar, tirar da apatia, provocar iras, revoltas, ascos, elogios, agradecimentos, comentários idiotas e inteligentes, reflexões, irritar os hipócritas religiosos. Eu vim ao mundo para jogar merda no ventilador e ficar olhando as pessoas se limpando, com isto já provoquei alguns movimentos, no mínimo limpar a merda dos olhos. Como disse Galileu Galilei a Santa Inquisição:

“Podem de bater, já não sinto mais as dores, agora sou realmente livre e nunca vou negar a minha teoria. A terra não é e nunca foi o centro do universo. O que vocês falam nas igrejas são mentiras para iludir os ignorantes e os que acreditam em milagres, pois enquanto oram não vêem a realidade, sonham com o céu, se esquecem da miséria que se encontram aqui na terra.”
Trecho da peça Galileu Galilei, ator Cláudio Correa e Castro em 1994 no teatro Oficina, pois não podiam satirizar a política atual mantida pelo exercito e manipulada por uma minoria.
Saibam que nessa época os principais jornais de São Paulo ironicamente publicavam receitas de culinária para ironizar o sistema que os censuravam.
Reflitam!
Hoje nos temos o presal, bio diesel, fome zero, Amazônia intocável e assim se passam os anos.
Muda-se os porcos, mas as gamelas continuam sendo escarafunchadas com a lavagem.
Sonhe com o céu, esqueça a fome, a miséria, a injustiça, a corrupção, as escolas, os hospitais. Pesem no pos morte e se iludam.

O ópio, o circo e religiões.

Anônimo disse...

O Danilo tá danado. Xingou a mãe de careca e o pai de cabeludo. Vai ser 'crussificado' de cabeça para baixo. Valha-me Deus.

Anônimo disse...

MARONI QUANDO SE ESTÁ DOENTE SE VAI AO MÉDICO,MAS TD BEM,JÁ QUE VC FALOU DO SEU FURUNCULO,VC DEVE SABER E MUITA GENTE SABE QUE ISSO É PROVENIENTE DE SUJEIRA NO SANGUE POR AGENTES QUÍMICOS,E SUJEIRA NO SANGUE,INGIRA ALIMENTOS DEPURATIVOS DO SANGUE COM PERA,MAÇÃ...E TENHO UMA RECEITINHA DA VOVÓ,MAS É MUITO BOA,AQUECA UMA COLHER NO FOGO COM UM POUCO DE ÓLEO E PEGUE UMA FOLHA DA PIMENTA,É VC VAI NUM PÉ DE PIMENTA ,PEGA VÁRIAS FOLHAS,POR DIA VC PODE FAZER ISSO TRES VEZES,BEM ESQUENTA O ÓLEO NA COLHER,ESPERA FICAR NUMA TEMPERATURA MORNA P FRIA ,QUE NÃO SEJA MUITO QUENTE LÓGICO E COLOCA EM CIMA POR 20 MINUTOS ,POIS A FOLHA SUGA O PUS.É VERDADE E FUCIONA!!!BLOGUEIRA.

Anônimo disse...

ESCLARECENDO,MOLHA A FOLHA NO ÓLEO MEIO QUENTE ESPERA ESFRIAR 20 SEGUNDOS E COLOCA EM CIMA DO FURUN...DEIXA POR 20 MINUTOS,EM 3 DIAS JÁ ESTÁ SEQUINHO E MAIS FÁCIL DE SAIR O CARNEGÃO,MODO POPULAR DE SE FALAR.E TOMA BASTANTE ÁGUA!!!AGUA LIMPA O SANGUE!!!PRNCIPALMENTE EM JEJUM!!

Oscar Maroni Filho disse...

Maroni Agradece

A receita que vocês me passaram para o furúnculo, acreditem ou não, me comoveu, sinceramente.
Como nos seres humanos somos capazes de atos tão nobres e as vezes tão medíocres. O ódio e o amor. A escuridão e a luz. Nesse caso o carinho da receita do furúnculo foi um ato de afetividade que me sensibilizou. Não sei se foi um homem ou uma mulhrer mas agradeço o gesto de carinho. Pode parecer esquisito, mas essas atitudes me fazem acreditar que deus existe. A minha raiva são as religiões que usam da miséria humana para se promoverem e se manterem no poder.
Agradeço.

Anônimo disse...

Olá Maroni meu nome é Kelly, blogueira/escritora publicitária com pós em tradução.
Não acho que vc seja chato ou que tenha um portugues de merda.

Acho que vc só peca no tamanho dos textos e numa certa confusão de assuntos...

O ideal seria textos menores e de assuntos especificos....
Blogs são para leitura dinâmica e numa linguagem mais direta, para cativar o leitor.
Adorei seus textos sensatos, direto e sem preconceitos.
Beijos

Anônimo disse...

FINAL DE SEMANA QUENTE NO MOCÓ DO MARONI. PORRADA PRA TUDO QUE É CANTO. MAS ENTÃO, MARONI, VOCê VAI DIZER OU NÃO O Nº DO SEU CRP PRA PSICÓLOGA? TÔ ACHANDO QUE VOCÊ NÃO TEM CRP. SAQUEI ISSO AGORA. VOCÊ COLOCA SEMPRE O Nº DO RG. SE TIVESSE CRP, FALANDO A TODA HORA QUE É PSICÓLOGO, IMAGINA O QUE VOCE IA FAZER: IA TATUAR NO TEU BRAÇO, COMO AQUELA MARCA DE BOI QUE VOCÊ TEM TATUADA TAMBÉM ALI.
DITA LÁ O CRP QUE EU E A GALERA QUEREMOS ANOTAR E PROCURAR NO CONSELHO.

Anônimo disse...

O Maroni agora é candidato a alguma porra. Ele é o Maronizinho, reencarnação do Marronzinho.

Anônimo disse...

Kelly, "blogueira/escritora publicitária com pós em tradução".: Correção: português (oxítona); "O ideal seriam textos": concordância verbal.

Anônimo disse...

Essa daí fez tradução/intérprete e publicidade onde o OM fez psicologia.

Anônimo disse...

Furúnculo, receita pra você espremer o maroni: pinga três gotas de crp nele, que ele sai correndo.

Anônimo disse...

Suzanna, procuro ser compreensiva com as pessoas... Cada um tem a sua forma de sobreviver. No meu entendimento, tudo faz parte do processo social; até o seu ponto de vista... Eu sou uma pessoa que procura enxergar o quê seres humanos têm de melhor.
Maroni, não sou radical, não tiro os méritos das religiões.Mas enxergo aquilo que elas têm de pior. Realmente, recebi uma base de esquerda na formação da minha personalidade porque foi um comunista que abriu as portas da espiritualidade para mim, e minha Mãe foi educadora popular no Araguaia. Ela esteve no calor da guerrilha do Araguaia praticando alfabetização subversiva conforme o pensamento do regime político que regia na época.
Sim, percebi que você é a favor da vida. Mas entendo que o aborto é necessário muitas vezes dependendo da situação, como viveu certa vez uma menina de 9 anos que foi abusada e um Arcebispo chegou a condenar os médicos que praticaram a cirurgia._ se lembro certo, quase os médicos foram excomungados. Não me lembro muito bem desse caso, mas cheguei a condenar a atitude desse Arcebispo.Rezo para que um dia ninguém precise abortar._e que a vida em geral seja respeitada.Me considero uma católica iluminada porque não comungo de radicalismo e ignorância.
Não vejo que a esquerda é a solução para os problemas de qualquer país.Tanto a esquerda quanto a direita se levadas sem democracia, são aberrações para a vida de uma nação.Um bom exemplo é o comunismo chinês, tenho verdadeiro horror como o povo de lá é tratado.
No meu entendimento, governo de centro é hipocrisia!_é utópico. Maroni, a minha ideologia é a do Bem. Eu amo o ser humano como ele é.E vejo que a tua ideologia é igual a minha. Pessoas como eu e você, são pessoas que defendem a vida.

Anna Flávia Schmitt, Rodeio,S.C.

Anônimo disse...

Pra quem defende sarney,Dilma,Renan calheiros,dizer q não é comunista?Me poupe,minha filha!!Ama tds,gosta de todos até daqueles q cometeram abusos na ditadura,como estupros,assaltos em banco,assédio moral....vc sabe de quem estou falando,esses q vc tanto defende.Acorda Anna!

Anônimo disse...

Oscar Maroni,
Escrevo este texto porque fui citada por você. Em primeiro lugar, obrigada por sua atenção e dedicação em responder a duas colegas e a mim. Na verdade, escrevi aquele primeiro comentário, porque queria saber o que você achava daquela situação hipotética de sua namorada, digamos, expor-se em termos de números em ambiente público como um blog. Segundo, queria saber o que você pensava sobre adultério, se é, como frisei, que esse conceito tem algum sentido para você. O que não comentei na ocasião, e o faço agora, é que estive lendo uns posts anteriores e um deles, em especial, chamou-me a atenção. Sou jornalista, trabalho com jornalismo digital e por conta disso edito muitas fotos. Gostei da fotografia em que você aparece ao lado de seus filhos e de sua antiga esposa. Você e ela, com o mesmo gesto, abraçam as crianças. O menino menor tem um leve sorriso e um olhar muito puro; a menina já era uma mocinha e também esboça esse sorriso leve e iluminado que as crianças sabem dar.
Pois é, por aquelas suas contas das tais 2 mil transas, conclui-se que muitas delas tenham ocorrido durante o casamento. Não faço julgamento moral (embora me dê o direito de ter oponião sobre isso), mas há ali uma mulher conivente com suas ligações amorosas? Tenho uma família linda, com pais e irmãos amigos e companheiros, que me ensinaram valores e indicaram alguns caminhos por onde me guio ainda hoje. Lembrando de minha família e vendo a sua, assim tão generosamente entregue a um retrato, fico confusa e não saberia dizer se aquele pai e marido que ali estão é o mesmo homem que se apresenta nos outros posts, em situação tão inflamada quão polêmica, para dizer o mínimo.
A tal garota com quem convivi e que conheceu a sua atual namorada de passagem - apenas para esclarecer - dividia comigo e uma outra amiga um apartamento. Até que um dia ela deixou a faculdade e foi trabalhar na sua casa noturna e em outra semelhante. Naturalmente, não vou revelar a identidade dela, mas não posso deixar de registrar que sua entrada "na noite" acabaria por levá-la à quase loucura em 10 longos meses de trabalho. Não está aqui nenhum juízo de valor sobre a profissão, afinal, algumas ou muitas garotas de programa estão aí colhendo os "dividendos" de seu trabalho. O significado disso não importa discutir aqui. Mas voltando à minha amiga, e aproveitando que alguém disse que garotas de programa não são corajosas, também sou levada a concordar, pois o que essa minha amiga relatava era que a maioria tinha um lar desestruturado ou em vias, outras eram drogadas, e muitas, talvez por desilusão, tinham se unido a outras mulheres, passando a viver um relacionamento homossexual. Diante desse painel, acho que não há ali coragem, mas algo como desorientação, desapreço pelo trabalho, falta de auto-estima, ou simplesmente ausência de valores.
Está aí o que tinha para dizer. Muito obrigada outra vez.

Anônimo disse...

Uff, acabei me esquecendo de assinar: Carolina Fróes.

Oscar Maroni Filho disse...

Maroni Responde
Comentário de 9 de Novembro de 2009
12h22min de Carolina Froés.

Carolina, você me parece um pessoa muito simpática e de um bom nível, quando eu a citei no meu texto referente a aspectos morais sobre sexualidade, o meu objetivo foi por em questionamento da sexualidade feminina se pode existir o prazer independente de amor, e eu acredito que sim, e que valores morais e hipócritas são nocivos e ate mesmo para manutenção das famílias. Tenho uma família maravilhosa, sou separado, convivo com uma moça e me dou muito bem com ela. Sou radicalmente contra qualquer imposição de valores morais, dede que as pessoas sejam maiores de idade, a liberdade é fundamental. Imoral é muito subjetivo, principalmente sobre sexualidade. Quantas garotas de programa, droga, falta de objetivo de vida, de valores morais. Discordo de você. Droga e outras situações suas existem em faculdades, escritórios e é um cancro que existe na sociedade e esses aspectos negativos que você citou sobre garotas de programa existem nos mais diferentes contextos sociais. Sobre a moça que você citou ser sua amiga e que foi minha namorada, pois eu me tornei uma pessoa publica e observo que falam muito da minha pessoa, me arrumam namoradas, fazem comentários, mas muitos deles não tem fundamento. Quando você se torna relativamente publico o que não falta são pessoas dizendo que conheceu e falam isso e aquilo.
Finalizando, o meu blog tem textos cujo objetivo é cutucar, levantar discussões e levar as pessoas a reflexão.

Anônimo disse...

Maroni: acho que se você não anunciar o número do seu CRP muita gente vai começar a achar que você não tem.

Anônimo disse...

Maroninho quanta saudade , estivemos fora do ar porque nosso computador pifou , mandamos consertar e está tudo bem . Lemos muitas coisas no blog , mas , o que chamou nossa atenção foi o seu furúnculo, ficamos com peninha de vc , pois sabemos como doi , cuidado porque quando sai um , em seguida sai mais. O que vc precisa fazer é procurar um médico para que ele receite um antibiótico específico para essa determinada bactéria que ele detecta através de um exame específico de sangue , acredite que é isso o mais correto . Do resto é saudade de vc e alegria de saber que vc está ativo no blog . Um beijo no seu coração . Bibas de Pirituba.

Oscar Maroni disse...

Maroni responde, Novembro de 2009 14:48 Carolina Fróes

Carolina ficou uma parte pendendo em um de seus questionamentos onde você diz “Penso que muitas mulheres, como eu , precisam pensar sobre um namorado com tanta predisposição para puladas de cerca”.
Quando você referiu-se a mim que tranzei com mais de duas mil mulheres. Sinto decepcionar a vocês, namoradas que acreditam que os namorados são fieis, doce ilusão. Revista veja do ano passado “78 % dos homens traem e 58% das mulheres também”. Eu em 25 anos de noite só conheci 2 homens fieis, um era brocha e outro estava mentindo.
Este meu blog tem como objetivo principal refletir sobre estas hipocrisias que vivemos! Como diz um ditado argentino “você menti e eu finjo quer acredito”, e assim vamos vivendo. Desta forma comporta-se nossa sociedade, tapando o Sol com a peneira, colocando panos quentes e fingindo que não vê. Assim e na política na religião e no relacionamento entre casais.
Por traz de toda esta falsidade e hipocrisia existem falsos valores Moraes que levam a desestruração afetiva entre casais, corrupções e podridões na política e ilusões religiosas de que tudo ficara melhor com orações, promessas, águas bentas, dízimos e abalizes de provérbios e pontos de vista de 2000 anos a traz. Que ocorria em sociedades ignorantes dentro de cavernas que escreviam em papiro e nem mesmo conheciam a ciência toda sua ignorante era justificada pela religião.
Não sei se me fiz entender em apenas um texto sendo este assunto tão complexo


Oscaer Maroni

Anônimo disse...

Ao besta fera que postou uma mensagem caluniosa no presente 9 de novembro de 2009 11:58 recomendo que busque ocupações laborativas ao invés de ficar proferindo calúnias contra pessoas da minha linhagem.CUIDE-SE!

Anna Flávia Schmitt, Rodeio,S.C.

Anônimo disse...

Anna eu concordo com a pessoa que blogou as 11:58 , vc tem síndrome de comunista , refaça seus valores senão vc vai virar uma Fidel Castro de saias .

Anônimo disse...

QUANTA SAUDADE ........!!! AS PESSOAS ERAM MAIS FIEIS ÁS OUTRAS..............FIDELIDADE É UMA PALAVRA CADA VEZ MAIS DISTANTE.......LAMENTÁVEL .PESSOA SAUDOSISTA.

Anônimo disse...

Como espectador e eleitor, agora quero saber: cometeram ou não os crimes a eles imputados? Esse debate pode ser longo...
Para iniciar a ‘audiência’, teremos a palavra da promotoria; logo após a acusação se manifestar, a advogada, Anna Flávia Schmitt, poderá fazer a defesa dos acusados.
(eh eh eh... Isso é sempre divertido.)

Anônimo disse...

MARONE!!!!VC JÁ FOI NO MÉDICO???VAI LOOOGO!!BLOGUEIRA DA RECEITINHA DA PIMENTE,MAS AS BIBAS FALARAM QUE É MELHOR VC IR E ELA TEM RAZÃO!!BLOGUEEEIIRA

Anônimo disse...

A MAÍRA TEM FACULUULDADE DE MEDICINA OU FOIU POR AMOR QUE VC DEIXOU ELA TE CULTUCAR LOGO NO FURUNCULO ??KKKISSO É Q É CONFIANÇA !!!!BLOGUEIRA DA RECEITINH ADA PIMENTA KKKKKK

Anônimo disse...

Anninha, minha queridinha companheirinha, que tal você vir aqui para São Paulo, hospedando-se em meu ‘kiPutz urbano’, para estudarmos com calma a implantação do comunismo no Brasil (poderíamos iniciar por aqui, na Av. Paulista mesmo, com a desapropriação dos imóveis pertencentes aos maiores grupos financeiros), um retorno ao socialismo no leste europeu e por fim a reconstrução do muro de Berlim, afinal, já faz vinte anos que estamos sem aquele grande ‘marco’. Venha, companheira, venha.
Armando Trotsky da Silva

Anônimo disse...

MARONI FOI AO MEDICÚ?!

Anônimo disse...

Juventude do DEM lembra Juventude Janista, Juventude Hitlerista ou qualquer coisa de direita, jamais comunismo. Anna, a estranha pertence à Juventude do DEM, movimento curipira com pés voltados para o passado.

Anônimo disse...

Conheci um cara que foi empalado pela amante a quem confiara a purgação de um furúnculo anal. Tome tento, OM.

Anônimo disse...

Já se passaram 48 horas que o OM foi desafiado a revelar o número do seu CRP, e até agora nada...

Anônimo disse...

O que é um furúnculo para quem tem cú de ferro ? KKKKKKK

Anônimo disse...

SR. Armando Trotsky da Silva gostaria de fazer parte do comunismo no Brasil, hospedando tambem no seu 'KIPUTZ' junto com a minha amiga Anna Flávia para implantarmos o mais rápido possível a desapropiação dos imóveis na Paulista . Um grande bj, MINISTRA DILMA.

Anônimo disse...

SE A DILMA FOR EU TAMBEM VOU PARA O 'KIPUTZ' . MARTA SUPLICI

Anônimo disse...

Coitado do OM, se espremerem mais, vai sair um 'CRP' (Carnegão Rico em Pus).

Anônimo disse...

ah gente !!! se a marta suplici for eu vou tambem , ser a primeira dama do 'kiputz'. dona mariza

Anônimo disse...

O KIPUTZ VAI SER O MAIOR PUTEIRO DO BRASIL..........RS..RS..RS..RS..

Anônimo disse...

Gente respeitem as "otoridades" ha..ha..ha..

Anônimo disse...

'KIPUTZ'!!! Que beleza!!! Claro que podem vir, afinal aqui é uma verdadeira casa de portas abertas, é igual a coração de 'Mãe Joana', sempre cabe mais uma. Faremos uma ótima coligação.

Anônimo disse...

duro vai ser para comer essas barangas no kiputz. kkkkkkkk

Anônimo disse...

O PORTEIRO DO KIPUTZ VAI SER O SARNEI, SERÁ QUE O VELHO AGUENTA? RS..RS..RS..

Anônimo disse...

Bandeira na cara e tudo pelo Brasil!!!

Anônimo disse...

o jose dirceu vai ser o tesoureiro ....chi aí fudeu ..........kkkkkkk

Anônimo disse...

Se ele não agüentar a gente atocha 'Marimbondos de fogo' no rabo dele.

Anônimo disse...

O zé vai cuidar das finanças do caixa 3. Ou 4. Ou 5...

Anônimo disse...

KIPUTZ A NOVA CASA NOTURNA DE S.P. , ONDE VC FODE AQUELES QUE TE FUDERAM .....HA..HA..HA..

Anônimo disse...

isso é um marcketing excelente , vai formar fila na porta.kkkkk

Anônimo disse...

E viva o 'Kiputz' o primeiro puteiro comunista e esquerdista do Brasil .

Anônimo disse...

A nova gana do OM é comer 2 mil políticos, a começar por MA e RR. A cada um deles, o OM vai dizer que foi injustiçado e que o Blat introduziu o próprio em seu cu oscarmaroniano.

Anônimo disse...

Estava há pouco minutos assistindo ao vídeo daquela aluna, da Faculdade Uniban, que foi estupidamente vaiada por usar um vestido bem curto. Acho que os caras que vaiaram devem ser viados, e as mulheres que se manifestaram contra, muito despeitadas. Ela, essa tal de Geyse, ficou provocante, digo, sensual, com aquele vestido provocativo. Pergunto: E daí? Isso é motivo para vaiar a menina? De jeito nenhum. Isso seria motivo para os homens (digo ‘homens’ de verdade) elogiarem-na e incentivá-la a encurtar cada vez mais o vestido, ou saia. Como pode ter tanta gente imbecil, a ponto de desencorajar a garota de se expor assim?! Como eu disse no início, isso é coisa de viados ou de invejosas... Se a faculdade tomar medidas punitivas contra a gostosa exibidinha, poderá mudar de nome, chamando-se Faculdade Taliban, em vez de ‘Uniban’. VTNC!!!
‘Libertas quae sera tamen’. Um dia todas andarão peladas.
Maroni, o que seu furúnculo acha disso tudo?
Boa noite a todos.

Anônimo disse...

Correção:
‘Elogiarem-na e incentivarem-na’.
(Acho que assim fica melhor. Ênclise em vez de próclise. E como seu sempre digo, ‘consulte sempre um professor de gramática’. Mas a questão mais importante não é a regra de gramática, é a regra de conduta/civilidade. Aliás, o mais importante mesmo é o furúnculo oscarmaroniano pensa sobre tudo isso.)

Anônimo disse...

Correção na correção:
‘...é o QUE o furúnculo...’

Anônimo disse...

72 horas se passaram e nada de CRP. Vamos começar achar que o registro do OM como psicólogo é como guarda-noturno: dizem que existe, mas ninguém nunca viu.

Marronzinho - Candidato a deputado estadual, pastor alemão, sociólogo e filho da puta.

Anônimo disse...

Com gente cafona, costumo evitar a dialética._como dizem os comunas.Bom, evitem de atribuir títulos estranhos a minha pessoa. Cuidem das vossas vidas.Ô mulherzinhas...

Anna Flávia Schmitt, Rodeio,S.C.

Erly Junior disse...

Anninha Flavia, minha visinha, tá lembrando quando você disse para mim que era para não se stressar? Pois bem, acho que esse conselho valeria para você agora. Ok... um beijo no teu coração. erlyjr.

Erly Junior disse...

Amigão virtual, a respeito do tema virgindade, gostaria que você me respondesse do porquê que tal assunto mexe tanto com o imaginário masculino. Pois, como homem, observo que mesmo os mais liberais e os mais cabeças abertas tem certa atração por serem o primeiro (todos concordam que é assim desde os homens da caverna, certo?). Antes que me chamam de porco machista pelas feministas de plantão, gostaria de dizer que essa pergunta é só uma curiosidade. Aguardo resposta. Um beijo todos os blogueiros. erlyjr.

Erly Junior disse...

OBS; a todos os blogueiros. erlyjr.

Anônimo disse...

Maroni: dá pra você dizer qual é o número do seu CRP? Acabei ficando curiosa. Essa é uma nova polêmica em torno de você?

Anônimo disse...

Cú= 2CM DIAMETRO
Reto= 30CM
Pinto=16CM.
ESTÁ RESPONDIDO O CRP. AGORA DEIXA DE CHATA.

Anônimo disse...

Que porra é essa agora de CRP? Alguém pode explicar?

Anônimo disse...

...e sobre o apagão? Só sei que quando caiu a luz aqui em casa, pesei: 'Eletrecista filho da puta, fez merda!' (o ap. aqui tá passando por reformas, inclusive parte elétrica).

Anônimo disse...

E para o/a internauta que perguntou o que é 'CRP', adianto que daí tá surgindo uma nova querela em torno da formação acadêmica do OM. Seria ele um ‘pseudo-psicólogo’?
O número do ‘CRP’, pelo que me parece, é um número de cadastro, de licença, que autoriza os profissionais da área da psicologia, a clinicar; é expedido pelo Conselho Regional de Psicologia. Se você realmente não sabia nada, agora melhorou um pouquinho, pois é mais ou menos isso aí que eu disse. Maroni ou a Glauce Feltrin lhe darão maiores detalhes e/ou explicações mais adequadas, se eles tiverem saco para isso. Agora deixe-me terminar este texto, antes que caia a energia outra vez (apagão), fazendo-me perder tudo que escrevi, e comece a xingar muuuuuuito.

Anônimo disse...

Talvez tenha dado um apagão na memória do OM; por isso que ele não se lembra do número do CRP. Já pensou? Um cara que, a cada três linhas, escreve que é psicólogo e, de repente, esquece o que significa CRP?
Só uma observação que me ocorre agora. Justamente uma mulher (isso é ironia?) coloca o cara contra a parede... Uma amiga (só mulher para ter saco para isso) me escreveu na segunda-feira e disse que contou 94 vezes a palavra "psicólogo" nos posts, do primeiro a este aqui.

Anônimo disse...

POIS É EM QUE PODE TE PREJUDICAR MARONI,VC COLOCAR AQUI SEU CRP??CONSULTE SEUS 20 ADVOGADOS E NOS RESPONDA!!

Anônimo disse...

O Adamastor Pastorinho vai dizer que o nº do CRP é 666 666.

Anônimo disse...

Não, acho que o CRP do Maroni é 6969 6969.

Anônimo disse...

cade o CRP, cade o CRP deve estar junto com o chineeeeeeeeeeeeeeelo

Anônimo disse...

O NUMERO DO C.R.P. É OOO OOO PORQUE O MAROOONI NÃO TEM.

Anônimo disse...

eu acho q o n° do CRP é 24242424-24

Anônimo disse...

O número do CRP do OM: 7882 - os números da discagem PUTA no telefone.

Anônimo disse...

O MARONI QUER QUE TODOS QUE ESTEJAM INTERESSADOS NO C.R.P. DELE , SE DIRIJAN AO SETOR RESPONSAVEL , ENFIEM UM NABO NO CÚ , TOMEM SEUS LUGARES E COMECEM Á CHUPAR UMA ROLA BEM GROSSA E BOA VIAGEM PARA PUTA QUE PARIU.

Anônimo disse...

Cara falou e disse .....kkkkkkk.

Anônimo disse...

O cara da letra grande, acima, é mais um dos vira-latas da matilha de plantão do OM.

Anônimo disse...

ele está com razão , parem de encher o saco com assunto idiota ........que merda.

Anônimo disse...

isso é uma tremenda babaquice , virem a página pô.

Anônimo disse...

Bando de babacas................rs..rs..rs...

Anônimo disse...

OM primeiro o pau não era seu

segundo não vimos até agora os DOC. que você dis que provam a legalidade do Bahamas

terceiro não tem o CRP

quarto não vimos aqui o ganhador do concurso que da nome ao macaco

Anônimo disse...

Não tem que virar a página porra nenhuma! O cara se apresenta como psicólogo, tenta falar como psicólogo, baseia muito o que diz na suposta experiência desenvolvida como psicólogo; quando foi preso, ficou em cela especial por, supostamente, ser pelo menos bacharel em psicologia, portanto, nada mais natural que prove, com documentos, que é psicólogo. Claro como água. Isso não é perseguição, mas direito dos internautas que prestigiam o cara e, em parte, porque supõem que ele seja psicólogo. Afinal, ele já repetiu isso 6.459 que é psicólogo e deve ter impressionado alguns.
Isso é tão importante que, caso OM esteja mentindo, levanta suspeitas sobre sua versão sobre vários fatos relatados aqui.
Agora é com você, OM. Quem mente sobre a própria formação acadêmica e profissional poderá mentir sobre muitas outras coisas.

Anônimo disse...

O 'IUB' tem algum curso de psicologia por correspondência? Se tiver, acho que vou fazer. E aí, OM, vamos? Acho que em quatro anos a gente se forma, e eu e vc seremos 'doutores'. Pessoal, tenha paciência, sim!? Logo-logo, acho que até a próxima postagem dele, ele mostra um ‘CRP’ expedido pelo ‘IUB’ pra vocês... Tenham um pouquinho de paciência. Que gente apressada!!!...

Anônimo disse...

Curso de parapsicologia com o padre Adamastor... Ôps!, com o padre Quevedo, serve?

Anônimo disse...

Conheci uma família de dentistas; dois irmãos, aliás, um irmão e uma irmã, eram dentistas, tinham realmente licença (isso é o que eu suponho, pois nunca as vi, mas como tinham um grande consultório, acredito mesmo que fossem). Acontece que o pai, segundo a própria filha dele, não tinha cursado odontologia porra nenhuma; dizia ela, que o pai aprendeu ‘na raça’. O velho clinicava havia um tempão. Isso se torna um direito adquirido, e o cara passa a ser uma espécie de ‘tiradentes’? Ou é exercício ilegal da profissão e não tem conversa? Se for isso (exercício ilegal da profissão), é de deixar a gente de boca aberta, não é não? Pois o velho tinha uma clientela de dar inveja. Se eu disser que o tiozinho caiu na profissão de pára-quedas, é uma boa associação, pois a família, o sobrenome, também estava ligado à confederação de pára-quedismo. Tem uns caras que são aventureiros mesmo, já vão metendo as caras, vão se aventurando na profissão e se intitulando profissional da área. Dizer que é psicólogo sem o ser é ‘café-pequeno’. Tá limpeza. OM, continue ouvindo as pessoas e palpitando na vidas delas, num pega nada. Mas o que você acha de começar a fazer umas operaçõezinhas no coração também. Encara uma de cardiologista? Vai firme, ‘Dr. Oscar Zerbini’, confiamos em você, meu chapa! Rs rs rs...
(Se os cara começar a pedir pra você CRM e o caralho a quatro, você dá um perdido neles)

Anônimo disse...

OM, se não tiver curso de psicologia no Instituto Universal Brasileiro, faz de encanador mesmo.

Anônimo disse...

ESSE CARA QUE ESTÁ PREOCUPADO COM A FORMAÇÃO ACADEMICA DO MARONI É UM DAQUELES QUE JÁ ESTÁ COM O NABO ENFIADO NO CÚ E FAZENDO UM BOQUETE EM UMA ROLA GROSSA. HA..HA..HA..HA..

Anônimo disse...

essa é boa , esse cara é muito chato, quem sabe com uma rola na boca ele se distrai kkkkkkk

Anônimo disse...

Concordo com vcs , isso ñ interessa para nós, o Maroni ñ tem consultório de psicologia aberto e nem consulta pessoas , esse cara é xarope rs..rs..rs..

Oscar Maroni Filho disse...

Moçada deste Blog. Fiquei triste pois vocês duvidaram que eu sou Psicólogo. Me senti ofendido.
Vocês não acreditaram em tudo que eu disse, mas tudo bem gente maravilhosa. A característica principal deste nosso blog é falarmos o que pensamos, questionarmos, lavarmos a roupa suja na calçada ou neste blog. Já esta com mais de 80.000 acessos, 3.800 comentários. Tudo bem , vocês ganharam. Desce mais uma porcas de batata frita, me traga um chope. Continuando o papo. Amanha vocês ficarão estupefatos com a vida do Maroni. No meio de mais de 280 fatos, 280 caracteres ou 280 demonstrações da verdade vocês terão que achar o meu diploma. Será mais ou menos como procurar Wally, aonde esta o Wally. No caso será o meu diploma de psicólogo. Como vocês são desinformados e inocentes o CRM poderia ser citado aqui qualquer numero. O meu CRM não existe, pois não estou exercendo a profissão há anos e não iria ficar pagando uma taxa para o conselho sem necessidades. O meu diploma estará escondidinho neste blog e vocês terão que achá-lo amanha e quem achar ganhará 2 vale-ingressos para Hotel Bahamas Club e se for mulher poderá ir com uma amiga e caso queiram eu colocarei 2 seguranças para protegê-las do tipo assim, ninguém toca, ninguém mexe, elas poderão dar os dois ingressos aos namorados, pois ninguém trai ninguém..hahaha...ou poderão dar os ingressos a dois amigos. Aguardem amanha uma inesperada surpresa do gênio ou idiota, do mentiroso ou do que só fala a verdade, do exibicionista ou do humilde, vocês escolhem.
Beijos
Boa Noite,
Maroni.

Anônimo disse...

SERÁ QUE ESSA PESSOA QUE ESTÁ QUERENDO VER O CRP DO OM ESTÁ PENSANDO NAQUELE CRP AZUL? (AQUELE DA FOTO APELIDADE DE BIC)

Anônimo disse...

SE EU FOSSE O MARONI NEM ME PREOCUPARIA DE PROVAR NADA PARA PARA ZÉ BUCETA NENHUM. CARA OTÁRIO ESSE QUE ESTÁ COM A ROLA NA BOCA E O NABO NO CU . HE..HE..HE..

Anônimo disse...

esse cara o zé buceta está querendo dar para o maroni kkkkkkkk

Anônimo disse...

Dá logo e para de encher o saco da gente .

Anônimo disse...

Mas agora falando sério, vocês viram aquela loira da UNIBANdido? Eu a achei bem gostosinha. Será que ela sai na Play Boy? Fiquei com muito tesão por ela. Amanhã vou rodas uns puteiros e ver se acho uma parecida. Queria comê-la, mas como eu nem a conheço, e, se a encontrasse, sei que devido ao ibop que ela alcançou o preço estaria em alta, contentar-me-ei com uma genérica mesmo. (...) E os caras xingando a loirinha gostosa!?!?!? Só podia ser viadinho da UNIBANdido mesmo!

Anônimo disse...

"Anônimo disse...
OM, se não tiver curso de psicologia no Instituto Universal Brasileiro, faz de encanador mesmo.

11 de Novembro de 2009 21:04"

Eu entendi 'enGanador', em vez de 'enCanador' kkkkkk...
Ele não faz curso de 'encanador' porque senão ele entra pelo cano...

Anônimo disse...

Maroni, você como um bom psicólogo, já deveria saber que ninguém tá duvidando de nada. O pessoal aqui só tá zoando e exercitando a ‘perturbação da ordem’. A gente só quer encher o saco mesmo. Por falar em ‘encher o saco’, cadê a Anna, heim? Tô com saudades dela. Tinha um tal de ‘fodão da internet’ versus outro internauta... Se não for os ‘engraçadinhos’, fica meio ‘xoxo’ aqui; fica parecendo o blog da Luciana Gimenez... O legal é quando um assunto/comentário sério floresce, quero dizer, sobressai-se a inúmeras abobrinhas; aspecto completamente solene espanta mais pessoas do que atrai. Mais cedo ou mais tarde, alguém olha aquela triste foto de um habitante lá da ‘Migéria’, ou sei lá de que país da África, e acaba desenvolvendo algum assunto sério...

Anônimo disse...

'Se não forem os engraçadinhos'

Anônimo disse...

E VC FICA SÓ VENDO OS LEIGOS EM MEDICINA PEDINDO SEU CRM NÉ MARONI??ENGRAÇADINHO!!POXA E ONDE ESTÁ A DRA PSICÓLOGA TÃO INTELIGENTE??SUMIU??!!MARONI VC DEVE SE DIVERTIR MESMO C ESSE BLOG KKKK

Anônimo disse...

Aos que têm saudades de mim, também tenho saudades de vocês. Erly, meu querido, a minha questão de responder a quem me ofende é para alertar aqueles que acham que não sei responder e não tenho boca para me defender, é só isso. Amigo, valeu pela preocupação! Responder as ofensas faz parte da minha estratégia, mas te nha a certeza de que não carrego isso para a minha vida pessoal.Erly, adoro este blog, admiro a garra do Maroni e todos que me dão força aqui.

Um beijo de bom final de semana,

Anna Flávia Schmitt, Rodeio,S.C.

Anônimo disse...

Eu ñ entrei mais no blog porque fiquei decepcionada em saber que o Erly é casado , entrei em depressão e precisei me tratar com Zolof , foi a treva ...... agora estou me refazendo do choque e voltando á minha normalidade , nem tudo é perfeito . blogueira do Maroni.

Anônimo disse...

eita .......erly!!! arrebentando corações pega leve cara . rs..rs..rs..

Anônimo disse...

Erly vc é responsável por tudo que conquista, e agora chupa essa manga .....kkkkk

Anônimo disse...

Maronão, meu querido, não é verdade que você poderia citar qualquer número de CRP.
Basta você dizer (mas não vai) o número e a gente confere neste link:
http://www.crpsp.org.br/crp/psicadastrados/Default.aspx

Se você fosse um pouco mais "transparente", mas não é, você ,pelo menos, diria o seu CRP antigo.

Beijo na careca

Anônimo disse...

O PROBLEMA MAIOR AGORA É O LADO SENTIMENTAL DESSA MOÇA QUE SE APAIXONOU PELO NOSSO ERLY , ENTROU EM DEPRESSÃO E NÃO SABE COMO RESOLVER TUDO ISSO . ERLY GOSTARÍAMOS QUE VOCE SE MANIFESTASSE E COLOCA-SE SEUS PRÉSTIMOS Á DISPOSIÇÃO DELA , OBRIGADO PELA ATENÇÃO. SEGURANÇA DO BLOG

Anônimo disse...

gente o zé buceta voltou para encher o saco outra vez com o CRP ele ñ se satisfaz com a rola na boca. rs..rs..rs..

Anônimo disse...

Eu acho que ele esta querendo mais uma rola no cu .

Anônimo disse...

ele gosta.................kkkkkkk

Anônimo disse...

Ah...!!!! ele quer mais uma rola para segurar e bater uma punheta guloooooooooooooso.

Anônimo disse...

esse cara da rola naum sossega .

Anônimo disse...

ERLY ERLY ERLY ERLY ERLY aonde esta que naum aparece kkkkkkk

Anônimo disse...

Ih... os gayzinhos do maroni estão soltos.

Anônimo disse...

É uma merda mesmo, eu nasci pra ser cantor de churrascaria! Eu canto, mas enquanto isso os outros que comem. Ôh, seu Erly, deixe uma pra mim, vai! Todas querendo dar pra você, m'ermão!?! A Anna me despreza tanto que nem me dirige a palavra... A outra blogueira anônima só pensa em dar pra ele... Elas me ‘deixaram na mão’, portanto vou ter que... Sei lá... Encher a cara ou ‘bater uma’.

Anônimo disse...

Quem mandou um beijo na careca do OM não especificou se era na de cima ou na de baixo. Por isso ele não vai dizer ‘CRP’ porra nenhuma!!!

Anônimo disse...

É vero! Todas querendo dar por Erly e nenhuma se abrindo pra mim. Entrei em depressão. Acho que vou me tratar com Orloff

Anônimo disse...

Como alguém pode dizer que o Maroni não é transparente (ver coment. das 13:30)?! Claro que ele é! É tão transparente, mas tão transparente, que a gente nem o vê. Alguém viu o Maroni por aqui?

Lilith disse...

Eu acredito, que sexo feito por desejo, é passageiro, mais cedo ou mais tarde passa, pode durar alguns minutos, algumas horas.
Sexo por sexo é um ato mecanico.

Sexo, com amor ou outro sentimento, é bem mais significativo, pois os sentimetos sejão quais forem são fortes.

Prostituição, ok sem problema, desde que não tenha exploração, desde que seja feito com proteção, e desde que a mulher não seja tratada como um simples objeto.

Opinião é igual impressão digital cada um tem a sua.

O legal de tudo é compreender alguem, mesmo sem concordar.

Se o Oscar mostra diploma, mostra provas, muda alguma coisa? vao gostar mais dele ou menos por isso?

Eu sonho com um mundo onde todos são aceitos pelo que são ou deixao de ser no momento, que são.

Obrigada

Lilian

Anônimo disse...

a sua paga pau......se liga

Erly Junior disse...

Um beijo pra todas (só para elas)... erlyjr

Anônimo disse...

Líliam, um rapaz que vai a um prostíbulo para sair com uma prostituta, como ele deve tratá-la para que ela não seja um ‘objeto’? Gostaria que especificasse mais como um homem deve tratar uma mulher (no caso de uma meretriz ou um ‘ficante’) para que ela não se sinta um ‘objeto’. E um homem, numa relação sexual e bem superficial, pode ser tratado como um ‘objeto’ pela mulher? Se as condições de igualdade entre homens e mulheres estão estabelecidas, não deveria ficar tudo ‘quite’, cada um sai com seu orgasmo e cada um ir para o seu lado feliz da vida?
(Essa sua conversa parece coisa de Lilith, sem dúvida nenhuma)

Anônimo disse...

Quem és tu alma que se sente desprezada? Como me referir a ti se nunca te vi ou me dissestes o teu nome? Mas saiba de uma coisa, sempre te amei.

Anna Flávia Schmitt, Rodeio,S.C., CEP:89136-000

Lilith disse...

Anna, rapaz que vai em um prostibulo, deve tratar uma mulher, com respeito acima de tudo, Usar e abusar dela, e depois descartar, issso é tratar ela como objeto.
Um homem rude, que não faz um elogio, para uma mulher que se matou no fogão, que cuidou dos filhos, e ele só quer saber de roupa, comida e sexo, ou esfrega esfrega, porque esse ato deve ser feito totalmente sem sentimento, como um mercador que tomar a sua mercadoria, e usa e deixa segundo a sua vontade, e nunca perguntar como a mulher se sente, seus sonhos e vontades isso é tratar como objeto.
Sim um homem também pode ser tratado como objeto pelas mulher, e de qualquer forma, tratar seres humanos como objetos nunca é bom.
Sim, teoricamente, cada um com seu orgasmo e sair depois disso ok.
O problema é que esse momento, de qualquer forma é efêmero, e transitório, para onde vai o orgasmo, depois do sexo, duas horas depois, três dias, uma semana? é tudo tão passageiro.

sobre a conversa que sem duvida nenhuma, é coisa de lilith, quem sabe não é amiga, temos poucas certezas na vida beijo.

ps sobre os objetos, é complexo sabe...
sera que é valido eu usar uma pessoa para ter um prazer rapido, e passageiro,e pagar por isso, quanto vale um abraço, um beijo, uma boa palavra, um sorriso, essas coisas são gratuitas,
é como a raposa do livro pequeno príncipe dizia, o essencial é invisível ao olhos, e por ai vai

obrigada

Lilian

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 201   Recentes› Mais recentes»

Postar um comentário