sexta-feira, 14 de agosto de 2009

27. Prazer, prazer, prazer! Sou um hedonista!



Voltei. Estou aqui de novo neste tecladinho preto, na escuridão com um som eletrônico de fundo e vamos lá. Sou um hedonista. Hedonismo para quem não sabe, é uma filosofia dos gregos ou romanos, não importa o que importa é ser hedonista. Hedonismo é uma filosofia que diz contrariando o catolicismo que o homem não veio ao mundo para sofrer e sim para os prazeres. Os prazeres da carne, os prazeres do espírito, os prazeres da gula, que contraria todos os pecados capitais e é isso. Concordo totalmente com esta filosofia. Que prazerzinho no meio da noite acordar com aquele frio, agarrar no corpo quente da parceira, puxar as cobertas. Que prazer a solidão opcional e que nos leva a grandes reflexões. Que prazer chocolate, churrasco,, cerveja, um bom vinho, um bom queijo e papos com amigos. Andar de mãos dadas ali aonde a onda beija a areia e a única testemunha é a luz do luar, esticar a canga da parceira e praticar aquela trombada de epidermes, o sexo rápido, socado e depois cair de costas na areia. A respiração forte, o sêmen a escorrer das pernas da parceira, os lábios pedem a boca e ela deita com a cabeça no teu peito, a brisa vindo do mar te traz para a realidade. Se vai para o carro, liga-se o motor e caminha-se para algum boteco que tenha ostras, camarões fritos. O corpo bronzeado e uma casa em cima do morro com aquela facha em V prateada saindo da lua, e no terraço você e um bom livro, uma luz fraca. O barulho de algumas folhas caindo, a reflexão sobre um comentário do autor. No ouvido um I-pod aonde você pode ir desde um Beethoven passando por um Bruno e Marrone, aquela musica maravilhosa que diz da dor de corno, da alegria da amada que sai do chuveiro, do gado mugindo no pasto, ou um Chico Buarque dizendo em sua genialidade, saudades é arrumar o quarto de um filho que já se foi, ou como sabia cantar Tim Maia ao dizer, as vezes esqueço que o amor é quase uma dor, ou um samba enredo que diz, tire tua alegria da avenida que eu quero passar com minha dor, Ou Geraldo Vandré, quem sabe faz hora não espera acontecer. Ou então o meu amor é o meu melhor amigo, ou eletrônica batendo no fundo. E um dvd tocando e dançando em balé clássico espanhol, um belo tango. Um filme de sacanagem com muita putaria. A beleza de um lindo sapato nos pés de uma mulher alongando suas pernas, um busto quase pulando fora da blusa, uma boca vermelha pedindo um beijo. Lá na parte do Tim Maia esqueci de dizer que quando ele diz que não bebe, não cheira e não queima, mas que as vezes mente um pouquinho. E a volta da mulher amada na rodoviária quando abre a porta do ônibus aquele cheiro de gente misturado com cheiro de laranja, biscoito e suor humano. Uma mãe descendo com sua cria enroscada nos braços e a amada explode num beijo e um abraço no seu homem, nordestino e pedreiro que já consegui na favela 3 quartos e com orgulho diz que o seu patrão vai dar um emprego de domestica para ela e ai podemos trazer nossas crias. E ai ela na sua inocência de quem acabou de chegar na cidade grande vê uns PMs gritando e ameaçando bater com um cacete em um jovem aparentemente fora de si, com os olhos vidrados. E ai a mulher pergunta ao marido o porquê daquela briga e o marido diz: “é porque ele estava cheirando farinha” “Nossa, se elas souberem que a gente come com feijão eles mata nóis”. E o passear na livraria Saraiva nos shoppings de São Paulo e poder mexer e ver e folhar todos os livros, todas as revistas. Depois caminhar pela Avenida Paulista de madrugada, ir ao restaurante Sujinho comer o bistecão mais gostoso do mundo. Na Avenida Consolação que durante o dia é toda iluminada. Estou certo sim é toda iluminada durante o dia, porque lá tem a maior concentração de lojas de abajur e luminárias do Brasil. O pegar o carro no meio da madrugada, descer para Maresias, ir ao Sirena curtir um som. Comer uma pizza na pizzaria a firma. Acordar com a cara na areia e som ainda estourando no ouvido. Ir para o Hotel tomar um banho quente e amar a parceira vendo o sol nascer. Tenho que citar também o cachorro quente, a tortinha de maça do Mc’Donald, o pãozinho quente com manteiga e o cafezinho preto logo cedo em qualquer padaria e discutir com são-paulino e agüentar a gozação que nos loucos pelo corintianos estamos só perdendo. “ Volta Gordo!” Correr pelo Ibirapuera logo cedo. Almoçar com a família de domingo, ver que os filhos já não são mais criança, são homens feitos, olhar os netos. Sonhar com um mundo melhor para eles. Passar a mão no rosto e sentir que esta na hora de fazer a barba. Bem, a vida é maravilhosa, não se precisa ter uma Ferrari na garagem para ser feliz como alguém disse nos comentários. Outra coisa boa pra cacete é acordar na madrugada, abrir o Blog e ver os comentários, os elogio, as criticas, os idiotas que não tem nada na cabeça e querem escrever e ai escrevem merda, os comentário lindos que chega a encher meus olhos de lagrimas. Apertar o mouse em cima da setinha e ver que os acessos já passam de 23 mil. Olhar minha cachorrinha de nome Docinho, deitadinha ao meu lado, é uma Maltes que me acompanha a todos os lugares que vou, fica ao meu lado 90% do dia, só pede ração, aguça e um afago com a mão fazendo carinho. Nunca comentei com vocês sobre essa cachorrinha que tanto gosto. Vou ter que falar da ex. Essa cachorrinha eu dei para a ex. Após varias vezes ver que a cachorrinha ficava mais largada na casa das amigas do que com ela a trouxe para minha casa e quanto prazer, quanta alegria que uma simples cachorra pode dar ao seu dono. Senhores aqui eu não citei nem 0,00001% dos prazeres que você pode encontrar na vida. Não te esqueças do ditado do Oscar: Não vim ao mundo para ser normal, vim ao mundo para ser feliz. Entenderam agora como ser hedonista é inteligente, é bom. E vai que o céu não existe, puta perda de tempo. Porque é pecado ou porque querias agradas o outro. Não esqueçamos que os outros são milhares, milhões de pessoas querendo influenciar tua vida. Trace tua meta, vá em frete, não escute opiniões que possam te desviar do teu caminho. Erre, de com a cara na parede, pois só assim iras achar as portas e abri-las para seguir teu caminho. Bom, já estou acabando o texto. Esta exótico, não quis colocar muita lógica, pois as coisas boas se sente. O que me inspirou esse texto foi alguém nos comentários dizer que se tivesse uma Ferrari não estaria digitando na internet. Tenho na garagem uma Mercedes S500 e um Jaguar e as vezes vou para o centro de metro para ver gente, sentir o cheiro de gente, ver expressões no rosto de gente. Como é bom GENTE. Até amanha..


Obs nº 1: Estou impressionado como a Globo repentinamente começou a se preocupar com os fieis que foram explorados pelo Edir Macedo e sua turma. Por alguns momentos eu ate achei que foi porque a concorrência da Record já estava começando a incomodar. Mas isto é delírio da minha parte. A Globo esta realmente preocupada com os charlatões que exploram os inocentes e esta caindo de pau encima do Edir Macedo. Em partes ate concorde que esse fanatismo religioso quando usado para explorar a miséria dos menos dotados de senso critico é realmente canalhice. Opa, acabo de me lembrar das indulgências que a igreja católica vendia, das barbaridades da Santa Inquisição e dos milagreiros que se dizem santos. Opa, e Buda que pesava 200 kg e pregava o autocontrole. Tem também os que estão se matando no oriente médio e colocando a culpa em deuses e Jesus dizia: Amais-vos uns aos outros. E Deus nos deu o livre arbítrio de questionar se ele existe. Globo, em outros canais, outros charlatões também estão explorando a desgraça dos menos favorecidos. É só pegar o controle remoto e no meio da madrugada correr os canais, não requer pratica nem habilidade.
O homem do Baú da felicidade mais conhecido como Silvio Santos sabe o que é tentar a Globo, em outros tempos também tomou um ferro. Finalizo dizendo que o Brasil tem muito a agradecer ao Senhor Roberto Marinho que iniciou a Globo transformando-a em um dos maiores meios de comunicação do mundo, mas que também tem alguma falhas. E como digo, errando, corrigindo as falhas é que se cresce. Mas a Globo também tem muito que agradecer ao Brasil, pois nos brasileiros é que fizemos da Globo um dos maiores meios de comunicação do mundo. É concordo estou meio redundante, mas é que eu quero dizer que a Globo é a Globo e ponto final.


Obs nº 2: Minha alcachofra queimou por causa de vocês.

15 comentários:

Anônimo disse...

Oscar é uma pena, você ser redundante
Já esta chato ler seu blog, você poe o titulo do texto falando de hedonismo e acaba falando da globo. E ate uma falta de respeito com o leitor, tchal fui estou escluindo seu blog da minha lista de favoritos.

Anônimo disse...

Sou seu fã cara!!!!! vc é o cara!!!!

Anônimo disse...

Acho que ERA mais 'o cara' quanto não deletava comentários...
Agora, quanto a começar o texto com um tema e terminar com outro, isso eu acho até interessante, acho que nos suspreende de uma maneira positiva. Mas cortar deletar comentários!?... Ãh, Ãh!!!...
Madruga

Anônimo disse...

Não falei que uma ferrari na garagem nos faz mais feliz, lembrando , ou relendo pode perceber que disse que se eu tivesse uma ferrari na garagem nao gastria meu tempo tentando ajudar uma pessoa que não quer ser ajudada, quer apenas falar, e não ouvir ninguém.
Se vc tem mercedez acho digno do seu trabalho e que cada um faça por mercer ter o seu "mercedez"seja ele um fusquinha, mas que seja feliz!
Não venho aqui para ofender ninguém.Mas o que mensura a riqueza de alguem??COmo disse um blogueiro no comentario do texto anterior, sobre um lap top.Ter lap top é ser rico?Então, sou pobre, porque nunca quis ter um.
O que acredito, é que seu alvo não somos nós, poucos que escrevemos aqui, e sim, a massa, e voce nao gastara seu tempo simplesmente fazendo um texto:
1- Fl,,,- Obrigada pelaas palavras de carinho
2- Dei,,,- Vc é dez! VAleu..
3- Davi,,.,valeu pelas palavras..
4- xurupita...etc..
Agradecer a essas pessoas é prazeroso também!!

Rodrigo disse...

Prezado Maroni,

Inicialmente parabéns pela sua habilidade de trasnformar situações, filmes, imagens, flashes, sensações em palavras!

Através do seu texto estilo "entrecortado" foi possível obter as pausas necessárias para viajar no passado e relembrar nesta tarde de sábado as identicas situações prazeirosas situadas ao longo do texto.

AS memórias sem esse estilo não tem o mesmo sabor da lembrança, visto que a somatórias destas sensações com as devidas pausas constitui o equilíbri perfeito para perceber o quanto foi prazeiroso cada momento e o quanto foi prazeirosa a vida como um todo.

Maroni, o que eu não consigo entender é a falta de sensibilidade de leitura ao entender que este post está longe de ser um texto acadêmico, com respeito às medidas retóricas e à redação técnica.

O Blog, nesta situação, tem a quase finalidade de trasmitir sentimentos como uma página de um diário, como aqueles dias de chuva no litoral em que nós pensamos em milhares de coisas ao mesmo tempo, etc.etc.

Já que você gosta deste estilo de texto...prazer...eu também gosto...por isso vou comentar acerca da sua cachorrinha e parabenizá-lo pelo cuidado que você reconhece ao seu cachorro...como diz aquele velho ditado....quanto mais conheço o ser humano mais gosto do meu cachorro.

Confesso que ao longo do texto cheguei a cogitar que a sua intenção era a generalização dos prazeres, como um padrão social a ser seguido para o alcance da felicidade. Mas o final do texto (antes das observações) deu-me a sensação oposta, visto que mesmo que nossos sonhos e objetivos estajam distantes temos que nos dar a chance de alcançá-los pois, caso contrário, sempre viveremos sob o manto negro da dúvida da derrota.

Enfim, para terminar, sua suposta redundância tem uma justificativa, pois ao mesmo tempo em que sabemos que a Globo está fazendo um excelente papel de investigação, relatando ao público o resultado do andamento da ação penal, ao mesmo tempo sabemos que há um motivo comercial muito forte para essa imposição (Rede Record).

Ao mesmo tempo, Maroni, sabemos que o ser humano prefere resolver o problema podando a árevore e não cortando a raiz, posto que apenas "pegaram pra Cristo" a Turma do Edir Macedo e CIA, sendo que isto não resolve o problema presente em diversas outras entidades.

O grande problema é que pegar um pra Cristo é um espetáculo circense que a imprensa gostar de apresentar e você sabe muito bem disso...

Mas enfim, chega por hoje, parabéns pelo Blog e por sua personalidade forte e ao mesmo tempo equilibrada. Espero um dia ter a oportunidade de conversar melhor com você.

Um grande abraço,

Rodrigo
rodrigoabreuro@gmail.com

Anônimo disse...

MARONI , VC Ñ PODE MEXER NO SEU BLOG , E , TIRAR COISAS ENGRAÇADAS QUE ESCREVEM ,ISSO Ñ É DEMOCRÁTICO . O LEGAL, É JUSTAMRNTE ESSE MUNDO INCRÍVEL DE VISÃO DE VIDA . VC ESTÁ FAZENDO COM QUE AS PESSOAS DEIXEM DE ABRI-LO POR Ñ TEREM MAIS TESÃO .CUIDADO , MAIS UMA VEZ VC VAI RESPONSÁVEL PELOS SEUS ATOS .PORQUE O MUNDO TEM QUE GIRAR SÓ QUANDO VC PERMITE . OLHA SEU LADO MANIPULADOR , DAQUI ALGUNS DIAS , SÓ TEM MEIA DÚZIA DE GATOS PINGADOS COM INTERESSE NO SEU BLOG.OS TEMPOS MUDARAM......O MUNDO MUDOU ,QUE BOM .

Anônimo disse...

eu quero que a sua alcachofra vai tomar no cú.

Erly Junior disse...

Amigão virtual, são de texto como o postados hoje é que eu vejo como vale a pena ser seu amigo virtual, ler seus comentários e viver a vida. Cara nunca se esqueça que "A EMOÇÃO NÃO TEM PREÇO"... ha...se eu pudesse voltar a minha infância para rever minhas emoções.... um forte abraço.

Anna Flávia disse...

Sinceramente, o senhor não conhece o Catolicismo.

Anna Flávia Schmitt, Rodeio, S.C.

Anônimo disse...

TODO DIA ENTRO NESSA BOSTA COM A ESPERANÇA DE VER ESSE CU DELETADO.ESSE CAFETÃO É UM CUZÃO. AGORA aPAGA ESSA BUCETA DE COMETÁRIO SEU cafetão de puta pobre

Anônimo disse...

Havia, aliás, há, um blog de uma ex-garota de programa, chamada Vanessa de Oliveira; blog que no início era muito interessante, pois ela postava textos inteligentes e interagia com os visitantes, mostrando-se interessada na opinião de seus leitores. O tempo foi passando , ela foi se distanciando, negligenciando mesmo, deixando claro seu pouco (ou nenhum) interesse pelas opiniões dos que regularmente a visitavam, e o pior é que começou a ignorar justamente aqueles visitantes mais maduros (não os meros bajuladores ou infantis); desconsiderava quase totalmente os comentários dos que mais davam a real importância às suas postagens. Notei que seus leitores foram se afastando também, restando hoje um número muito inferior àquele que havia inicialmente. Percebo que as pessoas aqui (muitas delas) já estão sentindo que vc está pouco se lixando para elas também, de forma idêntica à Vanessa de Oliveira...
Leitor de blogs

Anônimo disse...

Demorou a apostar, mas esse texto ficou mto bom! bem reflexivo! em meio a suas palavras podemos sentir sabores, cheiros, sensações... ficou mto bom! ficou a sua cara Maroni! de fato me leva a refletir a vida...

Thabata Paolla disse...

Achei perfeito, acho que o viver intensamente é aceitar diferenças e saber fazer delas coisas produtivas! Sendo feliz da forma que deseja com responsabilidade claro!

Anônimo disse...

BOA TARDE ESTOU TENTANDO ENTRAR EM CONTATO POIS SOU DONO DE UM HOTEL FAZENDA E ESTOU TRANSFORMANDO EM CENTRO DE TREINAMENTO PARA CLUBES DE FUTEBOL, TENHO MUITAS DUVIDAS E GOSTARIA DE CONSELHOS SE POSSIVEL, POIS PARA MIM VOCÊ É UM DOS MAIORES ADMINISTRADORES E EMPREENDEDOR DO PAÍSQUALQUER COISA MEU E-MAIL É walter.magnani@ig.com.br. fico se possivel no aguardo de sua resposta.
ABRAÇO

Anônimo disse...

Acabei de ler sua postagem e gostei do que li. Humildemente, acho que vc deve ser um cara legal. Só não acho que seja hedonista. Quase tudo que te dá prazer não diz respeito ao prazer material simplesmente. São coisas pequenas que preenchem nossa vida, causando bons sentimentos. O TEU prazer parte de vc, não do mundo, meu chapa. sorte sua. Além disso, hedonista que se preze não divide prazer com ninguém. O mundo está aí pra gente usar, é o que pensam. Não há partilha, só usufruto. Não vi isso em vc. Só pra ser provocativo, a julgar pela sua enorme capacidade de sentir, de amar, de partilhar, acho que vc é mais cristão que muito fanático por aí. Sugiro que tente entender os princípios cristãos pelo seu próprio filtro, não pelos olhos de uma igreja corrompida sob qualquer denominação. O prazer cristão vem da liberdade e da opção de fazer do mundo um lugar viável, acho eu. Senti isso depois que li recentemente os Evangelhos, morrendo de vergonha, já que nunca fui afeiçoado a religião institucional nenhuma. Vai por mim, não precisa ser cristão pra achar que Jesus foi sim, um cara legal. Pena conhecermos ele pela boca de terceiros filhos da puta.
Prazer em ler seu post.
Edgar Rocha.

Postar um comentário